Pequeno grande econtro de teatro para crianças de todas as idades em Curitiba

No mês de agosto, Curitiba será palco para um grande evento no Teatro Zé Maria (R: Treze de maio, 655) que trará uma oportunidade de compartilhar a produção teatral direcionada ao público formado por crianças, professores, e claro, famílias, incentivando assim a criação de novas plateias. A Cocotte Minute Produções em parceria com a Cia. do Abração promovem entre os dias 09 a 14 de agosto, o Festival de Teatro para Crianças Pequeno Grande Encontro – XI edição, patrocinado pelo Ministério do Turismo, COPEL e IOPInstituto de Oncologia do Paraná com o apoio do Teatro Guaíra, da ATINJ/PR – (Associação de Teatro para Infância e Juventude do Estado do Paraná) e da ProCult Eventos, que assinam também a curadoria do evento.

O festival contará com 11 apresentações gratuitas, de 06 espetáculos de várias companhias, entre elas: Cia do Abração (Curitiba); Andrômeda Artes (Curitiba); Analua Produções (Curitiba); HG Produções (Curitiba); Karma Cia de Teatro (Itajaí/SC); Cia Julia Sigliano (Buenos Aires/Argentina); Cia Tupi Pererê (Curitiba); e EssaÉ Cia (Joinville/SC). O evento será acompanhado pelo olhar da pesquisadora gaúcha Michele Rolim.


Além das apresentações teatrais, o público poderá visitar (somente às sextas, sábados e domingos) no hall do teatro, a exposição interativa “Teatro Feito à Mão”, criada pelo bonequeiro Sérgio Tastaldi e executada pela ESSAÉ Cia., que oferece ao público a oportunidade de manipular os bonecos e criar, a cada momento, um novo espetáculo.

Para completar a programação de atividades da temporada de 2022, terá também o lançamento do livro “O Baile do Palhaço e da Bailarina”, de Guga Cidral, no dia 14.08, após a última sessão. Como atividades formativas, serão realizadas ainda uma mesa redonda com os artistas participantes da mostra que terá mediação da pesquisadora Michele Rolim e também terá a palestra “História do Teatro para Crianças em Curitiba”, com Fátima Ortiz, na sede da Cia. do Abração. 

A diretora da Cia. do Abração Letícia Guimarães comenta que o evento pretende voltar atenções ao teatro feito para crianças. “É uma oportunidade de propor a criação de um novo espaço, onde se possa mostrar, refletir e repensar esta linguagem, mantendo uma pesquisa contínua sobre este ramo do fazer teatral, disseminando novos pensadores, fazedores e pesquisadores sobre o teatro direcionado à criança, bem como para renovar e fortalecer a formação de plateia deste segmento”.

O Pequeno Grande Encontro de Teatro vai prestar homenagem a Simão Cunha com a entrega do Troféu Simão Cunha aos artistas participantes. Ator, diretor e arte educador, com especial atenção ao teatro para crianças, morreu em janeiro de 2019 e obteve parte de sua formação no Teatro Infantil durante 10 anos na Cia. Do Abração (2007 a 2018). Simão estava fazendo Mestrado em Teatro Infantil na Universidade Federal da Bahia e era um reconhecido artista e pesquisador deste segmento, que se dedicou na arte do nosso Estado e em Estados do Nordeste, com sua Companhia Mororó. Seu legado é de inestimável valor. Reconhecê-lo é também ajudar a cunhar a nossa história e importância do Teatro Infantil.

O evento proporciona ao público de escolas públicas o acesso gratuito às apresentações. Neste aspecto, o teatro surge como fator de integração social, possibilitando às crianças, que muitas vezes nunca assistiram uma peça de teatro, um outro olhar ou até uma possibilidade de ver e rever a própria infância com mais sensibilidade. Dentre a programação prevista, a mostra de espetáculos terá 100% de ingressos gratuitos, revertendo à população produtos culturais de qualidade. Durante a semana, as apresentações serão oferecidas às escolas públicas. No final de semana é aberta ao público em geral. Os interessados deverão retirar seus ingressos com 30 minutos de antecedência, sujeito à lotação da casa.  

A décima primeira ediçãotem o patrocínio do Ministério do Turismo, da COPEL e IOP –Instituto de Oncologia do Paraná através da Lei Rouanet e o apoio do Teatro Guaíra.  

Pensar a Arte

O Pequeno Grande Encontro de Teatro Para Crianças de Todas as Idades – Espaço para Mostrar, Refletir e Repensar o Teatro para Crianças, agora na proposta de sua décima primeira edição, tem a finalidade de promover a qualidade artística desenvolvida pelos grupos teatrais que se dedicam ao fazer teatral dirigido a crianças de todas as idades, através de apresentações teatrais, proporcionando intercâmbio das pesquisas em novas dramaturgias dirigidas a este público.

O evento marca a participação da ATINJ PARANÁ – Associação de Teatro para Infância e Juventude do Paraná e traz como público alvo crianças, artistas, arte-educadores, estudantes de teatro e pedagogos, que juntos refletirão sobre a necessidade de se pensar e produzir um teatro de qualidade para um público tão especial.

COMPANHIAS PARTICIPANTES

COMPANHIA DO ABRAÇÃO (CURITIBA) – A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado em 2001, por Letícia Guimarães e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, embasados em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

ANDRÔMEDA ARTES (CURITIBA) EM PARCERIA COM A CIA. DO ABRAÇÃO – Criada por Rayssa Gualberto, que é figurinista e produtora, e desenvolve, desde 2016, trabalhos relacionados com produções teatrais na cidade de Curitiba, no estado do Paraná, fundamentalmente, em parceria com a Cia. do Abração, pesquisa as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

ANALUA PRODUÇÕES (CURITIBA) EM PARCERIA COM A CIA. DO ABRAÇÃO – A Analua Produções Artísticas foi criada no ano de 2017 pela atriz e produtora Ana Sercunvius, que desenvolve, desde então, trabalhos relacionados com produções teatrais na cidade de Curitiba, no estado do Paraná, fundamentalmente, em parceria com a Cia. do Abração, pesquisa as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

HG PRODUÇÕES (CURITIBA) EM PARCERIA COM A CIA. DO ABRAÇÃO – A HG Produções foi criada no ano de 2018 pela produtora e atriz Heloisa de Souza Giovenardi, que desde 2014 trabalha com a produção cultural de espetáculos e Festivais teatrais na cidade de Curitiba, Paraná, fundamentalmente, em parceria com a Cia. do Abração, pesquisa as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

KARMA CIA DE TEATRO (ITAJAÍ/SC) – A Karma Cia. de Teatro, fundada em 2013 em Itajaí, Santa Catarina, nasceu da inquietação da atriz Pietra Garcia e dos atores Leandro Cardoso e Mauro Filho em construir um caminho próprio na cena teatral contemporânea, buscando uma linguagem autoral. A companhia desenvolve atividades fundamentadas no trabalho do ator, nas intersecções entre performance, dança e teatro e na criação e apresentação de espetáculos.

CIA. JULIA SIGLIANO – BUENOS AIRES/ARGENTINA: Começou a traçar seu caminho há 13 anos com espetáculos solos, para adultos e famílias. Contando suas próprias histórias e pesquisando maneiras, estéticas e técnicas. Julia Sigliano também trabalha, desde 2011, na Companhia francesa Philippe Genty. Com formatos adaptáveis a todos os espaços e experiências possíveis, a Cia. já viajou para países como Argentina, México, Guatemala, Belize, República Dominicana, Colômbia e Espanha.

CIA. TUPI PERERÊ (CURITIBA) – É um grupo formado por atores e músicos brincantes. Cantando e encantando crianças de todas as idades, o grupo tem projetos artísticos voltados à infância, sempre com um olhar crítico para análise de suas produções: como entender o teatro e a música para crianças. Com aprofundamento pedagógico, os integrantes exercem dupla função, além de artistas, ainda se dedicam às salas de aula como professores. Muitas das histórias, contadas e cantadas, surgem dos materiais vividos e das experiências que colhem nesse trabalho direto com a criança. Ela sopra o caminho, os sentidos.O vínculo com as personagens nos jogos simbólicos, nas histórias e nos enredos de vários lugares, que enriquecem nossa cultura, são materiais humanos e artístico-culturais extremamente importantes, porque é deles que vêm as canções, mantendo vivas as tradições que enriquecem o universo lúdico das crianças.

ESSAÉ  CIA (JOINVILLE/SC) –  A Essaé Cia. surgiu em Joinville em fevereiro de 2010 com o objetivo de abordar diversas linguagens cênicas e opta por trabalhar com diretores convidados. Desde a sua fundação a Cia já tem participações em eventos, projetos e festivais em diversos estados, atingindo um público  de mais de 15 mil espectadores.

RESUMO DOS ESPETÁCULOS DO FESTIVAL

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS – DIA 09/08, terça-feira, às 10:00h e 14:30h

ÂNDROMEDA ARTES em parceria com CIA. DO ABRAÇÃO – Curitiba/ PR

Sinopse – A peça conta a história de Alice, uma menina inquieta, ávida por aventuras e novidades, cansada da forma como sempre são contadas as fábulas para crianças, dorme, no meio de uma enfastiante narrativa, contada por sua irmã. Em seu sono, começa a sonhar. Inicia-se uma aventura idílica e nesta, encontra com um coelho apressado, que carrega, como um tesouro, pensamentos novos, coloridos e lindos. Estes pensamentos são histórias que Alice nunca havia antes escutado ou lido. Alice, sonhando, encontrará estranhas, loucas e belas criaturas. Em meio à jornada psicodélica de Alice, ela é acordada por sua irmã. É tanta novidade, são tantas histórias novas… E aquele mundinho chato e conservador de Alice é inundado por uma incrível sensação de liberdade. A liberdade de quem sonha e consegue se expressar, mostrando ao mundo que sempre há novas possibilidades de imaginar e recontar as nossas próprias histórias. A liberdade é o nosso país. O nosso país das MARAVILHAS!!!

Duração: 50min

Classificação – Livre

O MÁGICO DE OSS – DIA 10/08, quarta-feira, às 10:00h,14:00h e 15:30h

ANALUA PRODUÇÕES Artísticas em parceria com CIA. DO ABRAÇÃO – Curitiba/ PR

Sinopse Na nossa história, a protagonista, Doroti, uma menina egoísta e dominadora, briga com seus amigos e se sente incompreendida por seus avós. Em um ataque de fúria, a menina egoísta que acredita que a vida que leva é sem graça e sem cores, se vê abduzida por um furacão que a transporta para um lugar mágico e colorido. Na jornada psicodélica de Doroti, ela encontra um espantalho sem cérebro, um homem de lata sem coração e um tigre covarde. Todos se unem para encontrar o único que poderá dar-lhes o que cada um necessita: o poderoso Mágico de OSS, o único capaz de dar um cérebro, um coração, coragem e o caminho de volta para casa. Porém, em nossa história, toda esta viagem, todos estes encontros, tudo foi apenas projeção do subconsciente de Doroti que, com a viagem, transcendeu suas fraquezas e conquistou virtudes.

Duração: 50min

Classificação – Livre

ESTÓRIAS BRINCANTES DE MUITOS PAIZINHOS – DIA: 11/08, quinta-feira às 10:00h e às 14:30h

HG PRODUÇÕES Artísticas em parceria com CIA. DO ABRAÇÃO – Curitiba/ PR

Sinopse – O foco temático apresentado na peça é a relação entre pais e filhos, ressaltando o respeito que devemos ter pelas diferenças individuais de cada ser humano, quer seja ele pai ou filho.

Os “Tingas”, três simpáticos e oníricos personagens, buscam um Pai que oriente para a escolha de caminhos e “dê um jeito” no mundo, que todos temos o dever de cuidar. Nesta estória de afeto e respeito à diversidade de um mundo “bagunçado” apresentam-se às crianças várias figuras paternas desde o pai biológico ao adotivo, aquele que educa em casa e na escola, o pai escolhido por afinidade e até mesmo a própria “mãe-pai”, entre outras diversas formas de afeto paternalista.  De forma lúdica, se possibilita a compreensão de diferentes aspectos da relação pai e filho, de suas abstrações e metáforas. “Estórias Brincantes de Muitos Paizinhos” é, também, a valorização da diversidade cultural de uma terra/nação, e de cada um de nós, em particular, como resultado do encontro entre o semeador e a terra, o pai e a mãe. Uma viagem lúdica ao interior de nossa terra e de nós mesmos, através de histórias de Pais e Países. Uma brincadeira de encontros e amores com nossa identidade. E, a certeza de que ser pai é antes de tudo uma celebração da vida, do amor e do sagrado.

Duração: 40min

Classificação – Livre

EL MONDO DE DONDO – DIA: 12/08, sexta-feira, às 10:00h e às 14:30h

Cia. Julia Sigliano – Buenos Aires/Argentina

Sinopse – O trabalho é um passeio profundo, sensível e honesto das perguntas que as crianças fizeram sobre o que significa nascer e crescer. Dondo é o protagonista, que se apresenta desde a gravidez e do nascimento até os primeiros anos de sua vida. Compartilhamos com ele os desafios de crescer e aprender.

O cenário gira como um cubo mágico e se transforma em diferentes espaços: barriga da mãe, o quarto do bebê, sonhos.

Através de vários recursos artísticos, o público será surpreendido por este espetáculo de títeres de mesa, de vara, teatro, máscara e desenhos ao vivo.

Uma de suas principais características é a interação do personagem com o público. Crianças e adultos se divertem.

Duração: 60min

Classificação – Livre

CAÊ DIA: 13/08, SÁBADO às 16h

Karma Cia. de Teatro – Itajaí/SC

Sinopse – CaÊ segue a vida na velocidade de sua bicicleta. De lugar em lugar, de caminho em caminho, vai plantando e colhendo sonhos por onde passa. Mas, para quem está na estrada, cada encontro pode ser uma surpresa. Cada parada pode ser uma chance para encontrar algo novo. E cada noite é uma porta de entrada para outros mundos ainda mais surpreendentes..

Duração: 45min
Classificação – Livre

ZUM ZUM ZUM DIA: 14/08, DOMINGO às 11h

Cia Tupi Pererê – Curitiba/PR

Sinopse Zum Zum Zum” dos Pererês é um espetáculo que reúne a música e o teatro. Celebra o tempo, a magia das histórias, o encontro com a poesia, mistérios e enigmas que fazem a terra girar em suas estações.

Os músicos e atores foram provocados cenicamente ao jogo, ao chão, brincando no lugar das infâncias. Lu Paes, diretora residente para a obra, e com grande experiência e pesquisa no método de Viola Spolin, trouxe ao grupo a ideia de viver o momento presente, o acontecimento do teatro como linguagem e brincadeira. Teatro que joga, brinca com o imaginário das Crianças. É uma mistura divertida, personagens e narrativas, música, imagem, tons oníricos.

Zum Zum Zum é de brincar, inventar, continuar.

Duração: 50min

Classificação – Livre

SERVIÇO:

Festival de Teatro para Crianças Pequeno Grande Encontro – XI edição
LOCAL:
Teatro Zé Maria (R: Treze de maio, 655, São Francisco)

DATA: de 09 a 14/08/2022 (terça a domingo)

HORÁRIOS:
– de terça (09.08) a sexta (12.08) – 10h e às 14h30 – apresentações dirigidas às escolas

– Sábado (13.08) – 16h / Domingo (14.08) – 11h – apresentações abertas ao público
INGRESSOS: Gratuitos. De segunda a sexta – as apresentações serão oferecidas às escolas públicas. Sábado e Domingo – aberta ao público em geral. Os interessados deverão retirar seus ingressos com 30 minutos de antecedência, sujeito à lotação da casa.

INFORMAÇÕES: (041) 3362-9595

EXPOSIÇÃO TEATRO FEITO À MÃO

DATA: de 12 a 14.08.2022 (de sexta a domingo)

HORÁRIOS:
Sexta (12.08) – das 9h às12h e das 14h às 18h

– Sábado (13.08) – das 9 às 12h e das 14h às 18h

– Domingo (14.08) – das 9h às 13h

LANÇAMENTO DO LIVRO – “O Baile do Palhaço e da Bailarina”, de Guga Cidral

DATA:14.08.2022 (domingo)

HORÁRIOS: das 12 às 13h

ATIVIDADES FORMATIVAS – MESA REDONDA E PALESTRA com a pesquisadora Michele Rolim e Fátima Ortiz – indicado a professores, artistas e interessados

DATA: 13.08.2022 (sábado)
LOCAL:
CIA. DO ABRAÇÃO (R: Paulo Ildefonso Assumpção, 725)

HORÁRIOS: das 19h às 22h

INFORMAÇÕES: (041) 3362-9595

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mostra Multiartes Cena Hum termina com estreia de quatro espetáculos

Quatro espetáculos encerram, no próximo final de semana, a 53ª. edição da Mostra Multiartes Cena Hum, promovida pela Cena Hum Academia Multiartes e tida como o maior evento de teatro acadêmico do Paraná. As apresentações ocorrem no Teatro Cena Hum, no bairro São Francisco, em Curitiba.

No sábado (09) e no domingo (10), às 15 horas, será apresentada a comédia “No humor, como na guerra”, com direção de Renato Cordeiro. Nela, através de esquetes, um grupo de atrizes desenvolve cenas sobre vários temas diferentes de forma descontraída e divertida, mas também com várias questões reflexivas, como por exemplo a identidade de gênero.

Às 17 horas, será a vez do drama “Rotas Alteradas”, com direção de Janja Rosa. O espetáculo conta a história de crianças em situações limites, como guerra, pandemia e emergência climática. A peça convida a uma reflexão sobre o que é viver uma experiência extrema de sofrimento na infância.

Na sequência, às 19 horas, será apresentado “Cada Vez que Você Diz Adeus Eu Morro um Pouco”, com direção de George Sada. O roteiro gira em torno de um grupo de jovens que se encontra numa ilha para comemorar a ida de um amigo para outro país. Drama psicológico que retrata a adolescência e a maturidade, o espetáculo é uma constante reflexão sobre despedidas que enfrentamos no dia a dia.

Pra fechar, no dia 10, às 21 horas, acontece a apresentação de dança intitulada “O Tempo”, de André Morais e Kapy Costa.

O Teatro Cena Hum conta com apoio de Tintas Verginia.

Serviço:

53ª. Mostra Multiartes Cena Hum

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)

Onde: Teatro Cena Hum (Rua Senador Xavier da Silva, 166, São Francisco)

Mais informações: (41)99943-9396

Teatro Sesc da Esquina recebe “EBA! A Extraordinária Biblioteca de Alexandria”

O Teatro do Sesc da Esquina recebe, no dia 9 de julho, às 16h, o espetáculo teatral infantil “EBA! A Extraordinária Biblioteca de Alexandria”. A peça estava agendada para ocorrer no dia 7 de maio, mas um dos integrantes da equipe de atores testou positivo para Covid-19, sendo necessário o seu adiamento.

Os clientes que já adquiram os ingressos para o espetáculo no dia 7 de maio devem guardá-lo, pois terão validade para a nova data: 9 de julho. Quem preferir, pode procurar o SAC do Sesc da Esquina para realizar a devolução do valor, mediante a apresentação do ingresso e cupom fiscal.

O espetáculo “EBA! A Extraordinária Biblioteca de Alexandria” conta a história de Nico, um duende que se perdeu de sua aldeia e, sem conseguir voltar para casa, foi morar na Biblioteca de Alexandria. O espaço onde ele passou a morar foi uma das mais significativas e importantes bibliotecas e um dos maiores centros de produção do conhecimento na Antiguidade.

Nico tem agora a responsabilidade de proteger os livros e na biblioteca conhece Ritinha, uma rata admiradora da literatura. Ritinha vive uma dileta: roer livros e se formar na Escola Superior de Roedores Especializados ou protegê-los. Quem é chamada a entrar em ação é a barata Doroteia, guardiã de todas as histórias.

A peça aborda a importância da leitura e incentiva as crianças a despertarem o gosto pela literatura.

Os ingressos já estão disponíveis para venda no SAC do Sesc da Esquina.

Ficha Técnica
Criação: Alameda Cia. Teatral
Argumento: Kellyn Bethania
Dramaturgia: Cristóvão de Oliveira, Daphne Garcez, Galvani Junior e Kellyn Bethania
Direção: Cristóvão de Oliveira
Produção: Galvani Junior
Elenco: Fernanda Bahl, Rafael Menezes e Juliana Luz

Serviço
Espetáculo teatral “EBA! A Extraordinária Biblioteca de Alexandria”
Data: 9 de julho de 2022 |  16h
Duração: 50 minutos
Local: Teatro Sesc da Esquina – Rua Visconde do Rio Branco, 969 – Centro
Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 10 (trabalhador do comércio)