Obras do Terminal do Tatuquara estão avançadas; veja como está ficando

O novo Terminal Tatuquara está ganhando forma. Nesta terça-feira (11/8), com a estrutura metálica pronta e a celeridade dos serviços de pavimentação e nas edificações, o local dá a percepção de obra em nível avançado de execução.

A previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas, que coordena o trabalho, é de que o 24.º terminal da Rede Integrada de Transporte Coletivo de Curitiba fique pronto até o fim deste ano. 

Na área de 3,4 mil metros quadrados, neste momento, está sendo feita a preparação para a montagem das formas metálicas para concretagem do pavimento, a implantação das calçadas internas em paver, do piso de acabamento da plataforma e o acabamento das edificações que compõem o novo terminal. Também acontece a continuidade do fechamento lateral do local com chapas metálicas.

“Nas últimas semanas, avançamos bastante com a infraestrutura elétrica e hidráulica, o arruamento do Terminal Tatuquara e ainda foi feita a nova calçada em paver da parte lateral margeada pela Rua Presidente João Goulart. Aliás, estamos também com obras de pavimentação na Rua Presidente João Goulart. Serão 2.345 metros de asfalto novo para melhor atender o trânsito de ônibus e veículos dos moradores da região”, disse Rodrigo Rodrigues, secretário municipal de Obras Públicas. 

A nova estrutura de transporte público terá acessos pelas ruas Olivardo Konoroski Bueno e Jornalista Emílio de Zola Florenzano.

O terminal vai permitir que ônibus de Araucária, Fazenda Rio Grande e de todos os bairros que compõem a Regional Tatuquara (Campo de Santana, Caximba e Tatuquara) tenham lugar para fazer a integração. Não será mais necessário que passageiros se desloquem até o Pinheirinho, pois irão direto pela Rua Presidente João Goulart para a Linha Verde e, daí, ao Centro de Curitiba.

O investimento total no terminal é de R$ 8,2 milhões e o espaço oferecerá estrutura de apoio aos passageiros, como bicicletário com 108 vagas, vestiários e lanchonetes.

Dez linhas, entre elas Rio Bonito, Dalagassa, Pompeia, Janaína, Santa Rita, Rurbana e Tatuquara terão o novo terminal em seu itinerário. Linhas troncais que farão a futura integração com estações estratégicas da Linha Verde – para a ligação direta ao Centro e integração metropolitana – também passarão pelo terminal.

Estágio do trabalho

O andamento do trabalho de construção do Terminal Tatuquara está no seguinte estágio:

– Fundações e estruturas concreto: 100% concluídas;

– Estrutura metálica: 100% concluída;

– Pavimentação interna: 75% concluída;

– Serviços de alvenaria nas edificações: 100% concluídos;

– Serviços de acabamento nas edificações: 70% concluídos;

– Infraestrutura elétrica e hidráulica: 90% concluída;

– Serviços de drenagem: 80% concluídos;

– Fechamento lateral com chapas metálicas: 60% concluído.  

Obra de pavimentação

As obras de pavimentação da Rua Presidente João Goulart começaram no dia 7 De agosto. Os serviços estão sendo executados em duas etapas, sendo que a primeira compreende o trecho entre as ruas Antônio Zanon e Albor Pimpão de Almeida. Na sequência será feito a partir do cruzamento com a Rua Albor Pimpão de Almeida e seguirá até a esquina com a Rua Marcos Bertoldi. 

O trabalho alcançará ao todo 2.345 metros de extensão e deve ser concluído em 30 dias. Além das obras de pavimentação, a via está passando pela implantação de tubos que irão compor um novo sistema de drenagem. A intervenção acontece na esquina com a Rua Jornalista Emílio Zola Florenzano, em frente a uma das entradas do futuro Terminal Tatuquara. 

Nova praça

Em junho deste ano, foi inaugurada a Praça Vovô Vitorino, o novo espaço para prática esportiva e lazer do Tatuquara. O local fica próximo à Rua da Cidadania, à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e ao terminal que está em construção. 

Instalada no ponto de encontro das ruas Presidente João Goulart e Jornalista Emílio de Zola Florenzano, a nova praça conta com quadras de futebol, vôlei e basquete e parquinho. Para facilitar e proteger esportistas, crianças e demais frequentadores, o local é cercado por alambrados de cinco metros de altura. A praça também foi bem iluminada para permitir seu uso durante a noite. 

O nome da praça é uma homenagem a Vitorino Xavier. Natural do distrito de Congonhas, Norte do Paraná, ele foi pioneiro do Jardim da Ordem e do Tatuquara. Deixou marcas na região pelo trabalho social que fez. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pizzaria da Mathilda estreia releitura de sabor clássico

Um dos sabores de pizza mais amados pelos brasileiros ganha sua versão ao estilo napolitano. A Pizzaria da Mathilda estreia sua Portuguesa no dia 04 de outubro, unindo duas tradições gastronômicas para a nova criação. A pizza, que terá valor de R$ 42, sairá pela metade do preço no dia de lançamento, válido para consumo nas três unidades (Juvevê, Vicente e Água Verde), para retirada e venda no site.

Apesar de não ter uma história oficial, diz-se que a Portuguesa nasceu no Brasil, quando imigrantes portugueses adicionaram ingredientes diferentes às pizzas feitas pelos imigrantes italianos. Na receita da Mathilda, os insumos clássicos se aliam ao estilo napolitano que consagrou a pizzaria curitibana. A massa de fermentação lenta, servida individualmente, recebe molho, presunto, basílico, cebola roxa, mozzarella, ovo caipira e azeitona preta.

O estilo napolitano da Pizzaria da Mathilda é celebrado como um dos mais tradicionais, sendo considerado patrimônio imaterial da humanidade pela UNESCO. A Mathilda conquistou o público curitibano ao seguir as regras dessa tradição com as pizzas individuais em sabores clássicos, como Marguerita, e também com criações originais. Renovando o cardápio, traz pedidas favoritas do público como a Portuguesa. A nova pizza Portuguesa estreia nas três lojas no dia 04 de outubro. A Pizzaria da Mathilda conta com três unidades da rede em Curitiba: Vicente (Av. Vicente Machado, 859), Juvevê (R. Rocha Pombo, 265) e Água Verde (Av. dos Estados, 1066). As lojas abrem de terça-feira a domingo, das 18h às 23h. Além disso, os pedidos poderão ser feitos, também, pelo site www.pizzariadamathilda.com.br. Mais informações no perfil oficial no Instagram (@pizzariadamathilda).

População terá ônibus de graça no domingo, dia das eleições

A população curitibana terá ônibus de graça no próximo domingo (2/10), quando será realizado o primeiro turno de eleições majoritárias. Nesse dia, os eleitores vão às urnas votar para presidente da República, governador, senador, deputados federais e estaduais. A gratuidade está prevista no decreto número 1430/2022.

“A ideia é possibilitar que a população possa exercer sua cidadania, se deslocar até os pontos de votação com calma e facilidade e colaborar com a democracia do País”, disse o prefeito Rafael Greca.

Segundo a Urbanização de Curitiba (Urbs), que gerencia o transporte coletivo na capital, a entrada de graça vale para o dia todo nas 254 linhas de ônibus que operam na cidade. A excecão é a Linha Turismo, que percorre os pontos turísticos da capital e funcionará normalmente com pagamento de tarifa de R$ 50 no domingo.

“O transporte coletivo tem importância econômica e social, é caracterizado como serviço de utilidade pública de caráter essencial. Então, nada mais justo que ele se seja gratuito em um momento em que a população exerce sua cidadania, como no dia das eleições”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

No domingo, os ônibus terão reforço e vão funcionar de acordo com a tabela de horário de sábado. A votação acontece das 8h às 17h.