Indústria tem seis vagas abertas para pessoas com deficiência no estado do Paraná

A Votorantim Cimentos, empresa de materiais de construção e soluções sustentáveis, tem seis vagas abertas para pessoas com deficiência no estado do Paraná. As vagas são nas cidades de Londrina, Maringá e Rio Branco do Sul para atuação em áreas operacionais e administrativas. Os profissionais podem conferir as informações sobre cada oportunidade e participar dos processos seletivos nos links direcionados.

Vagas afirmativas para Pessoas com Deficiência no Estado do Paraná:

  • Operadora/Operador de Logística Júnior em Rio Branco do Sul –Inscrições no site
  • Assistente Administrativo em Rio Branco do Sul – Inscrições no site
  • Auxiliar Administrativo em Maringá – Inscrições no site
  • Auxiliar Administrativo em Londrina – Inscrições no site
  • Operadora / Operador de Logística Júnior em Londrina – Inscrições no site

Oportunidade para futuras vagas – As Pessoas com Deficiência que desejam trabalhar na Votorantim Cimentos, mas não encontraram, no momento, vagas abertas dentro do seu perfil, podem se inscrever no Banco de Talentos para Profissionais com Deficiência da empresa. Neste site exclusivo, candidatos e candidatas podem cadastrar seu currículo no banco de talentos para serem considerados em futuras vagas de emprego na companhia, que abrangem as áreas de indústria, logística, comercial, concreto e estratégia.

Com essa iniciativa, a Votorantim Cimentos busca recrutar pessoas com deficiência para oportunidades de trabalho considerando posições administrativas e operacionais em todos os níveis e áreas organizacionais. As principais oportunidades estão em:

  • Indústria e logística: posições para atuar nas operações da empresa como áreas de qualidade, manutenção, mineração, engenharia, segurança e logística.
  • Estratégia: oportunidades nas áreas corporativas, como finanças, RH, jurídico, TI, planejamento estratégico e em outras áreas administrativas.

Em abril de 2021, a Votorantim Cimentos assinou a carta de adesão ao Pacto pela Inclusão de Pessoas com Deficiência, um documento que reafirma o compromisso pela Diversidade e Inclusão. Com a assinatura, a empresa passou a fazer parte do movimento Rede Empresarial pela Inclusão Social (REIS), que atua para reunir e mobilizar empresas no Brasil, promovendo a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho por meio do compartilhamento de conhecimentos e identificação de boas práticas, parcerias e projetos, visando à qualificação profissional e facilitação da contratação desse público.

Na Votorantim Cimentos, Diversidade e Inclusão é uma jornada. Há três anos, a empresa elaborou seu Manifesto pela Diversidade, que deu origem, em 2019, à Cartilha de Diversidade, destinada aos empregados e empregadas, esclarecendo conceitos e condutas com o objetivo de tornar o ambiente de trabalho mais inclusivo. A partir do compromisso global de diversidade, a Votorantim Cimentos também tem trabalhado na sensibilização e promoção de discussões abertas sobre os cinco pilares de diversidade: Pessoas com Deficiência, Gênero, Raças, LGBTQIA+ e Cultura. A empresa usa seus processos de recrutamento e seleção, principalmente de porta de entrada, como exemplos de diversidade e inclusão. 

Sobre a Votorantim Cimentos

Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos é, hoje, uma empresa de materiais de construção e soluções sustentáveis com mais de 12 mil empregados. O portfólio de materiais de construção vai além de cimentos e inclui concretos, argamassas e agregados. A companhia também atua nas áreas de insumos agrícolas, gestão de resíduos e coprocessamento. As unidades da Votorantim Cimentos estão estrategicamente próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e presente em dez países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Luxemburgo, Marrocos, Tunísia, Turquia e Uruguai. Mais informações em www.votorantimcimentos.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

60% dos profissionais não se sentem psicologicamente seguros na empresa em que trabalham, revela pesquisa do Infojobs

O Infojobs, empresa de soluções tecnológicas para RH, realizou uma pesquisa sobre saúde mental no trabalho e trouxe resultados que levam a uma discussão importante sobre o tema nas empresas. O levantamento aponta que 60% dos colaboradores não se sentem psicologicamente seguros na empresa em que trabalham ou já trabalharam. Nesse cenário, 77% afirmam que não existem ações e suporte voltados ao cuidado com a saúde mental dos funcionários.

Entre os profissionais de RH, 79% entendem que essa responsabilidade cabe ao seu departamento, porém mais da metade dos profissionais do setor (57%) não acreditam que as empresas onde trabalham estão se preocupando mais com a saúde mental dos colaboradores e a maioria dos participantes da pesquisa (91%) acreditam que as empresas, de forma geral, não estão preparadas para lidar com a saúde mental dos colaboradores.

Mais da metade (76%) dos entrevistados já precisaram ou conhecem alguém que precisou se afastar das atividades de trabalho por questões relacionadas à saúde mental. Entre esses profissionais, 82% afirmam que a empresa não estava pronta para lidar com essa situação específica. Questionados sobre o pós pandemia, 69% dos entrevistados relatam que sentem exaustão física e/ou mental relacionada ao trabalho.

A pesquisa também apresenta os aspectos mais prejudiciais à saúde mental dos funcionários. Ambiente ou liderança tóxica e abusiva aparece em destaque, com quase metade das respostas (43%), seguido por cobranças excessivas de resultados (17%) e ausência de flexibilidade e reconhecimento (13%).

“A pandemia, o isolamento social e o medo que a Covid-19 causou aceleraram a discussão sobre saúde mental nas empresas, entretanto, apesar de esse ser um tema que ganhou destaque, podemos perceber que ainda há um caminho longo a se percorrer para que os colaboradores se sintam acolhidos em momentos de vulnerabilidade” pontua Ana Paula Prado, CEO do Infojobs.  

Qual é a percepção dos profissionais de RH?

Em contrapartida, 99% dos profissionais de RH acreditam que a saúde mental dos colaboradores deve sim ser uma preocupação das empresas. Quando o enfoque está nos processos seletivos, 93% dos profissionais da área de RH que responderam a pesquisa acreditam que o recrutamento humanizado é uma prática voltada para o cuidado com a saúde mental.

A assistência especializada aparece em destaque entre as práticas voltadas para tornar as empresas mais acolhedoras, onde o suporte com psicólogos aparece em 33% das respostas, em seguida o destaque fica para o direcionamento de lideranças empáticas (21%) e o olhar atento aos sinais dos colaboradores (20%).

Sobre o Infojobs

Com mais de 35 milhões de visitas ao mês e 45 milhões de cadastros, o Infojobs é uma empresa de soluções de tecnologia para RH. A plataforma de oportunidades profissionais e busca de talentos oferece, há 18 anos, ferramentas avançadas para gerir os processos seletivos das empresas e facilitam aos candidatos a vantagem de cadastrarem seus currículos de forma gratuita, contemplando profissionais de todos os perfis. Recentemente, a empresa atingiu o número de 100 mil anúncios publicados, acompanhando a tendência de crescimento das oportunidades no mercado.

Como melhorar sua primeira impressão profissional?

Passar uma primeira impressão que justifique bem quem você é e os seus objetivos profissionais é a primeira tarefa a ser cumprida em uma entrevista de emprego. O desejo de todo candidato é que ela fale por si e garanta a oportunidade sonhada, mas boa parte acaba falhando justamente nestes primeiros momentos cruciais para o olhar do futuro empregador. Entretanto, assim como é possível dar uma má impressão, uma boa conduta também pode abrir portas que te levem mais perto da vaga. Para que seu objetivo seja alcançado, a psicóloga e gestora de recursos humanos, Manoella Dalledone, dá algumas dicas capazes de fazer a diferença frente aos recrutadores. 

Planeje o seu dia!

Se você está em busca da vaga dos sonhos, esse é o dia que você vai lembrar para sempre. Saia de casa mais cedo, assim poderá chegar no horário marcado apesar dos imprevistos que possam surgir. Ter informações sobre a empresa e o cargo, para Manoella, também é fundamental: “Conhecer o básico sobre onde você quer trabalhar e a função que vai exercer, na era da internet, é tão simples quanto apontar e clicar”. Além disso, separar uma vestimenta adequada para a etiqueta da empresa poupa o entrevistador e o entrevistado de possíveis desconfortos.

Respeito: requisito básico

Não esquecer de fazer o mínimo também é importante: desligue o celular, agradeça pelo tempo que está tendo para se apresentar, seja cordial com todos os funcionários independente do cargo, e seja sincero quanto às habilidades que possui e as competências que ainda não domina – mas mostrando interesse em desenvolvê-las.

Tenha domínio da sua fala

Estudar as perguntas e respostas mais comuns de uma entrevista não fazem mal a ninguém, mas aposte num discurso original e não em algo pronto. A especialista também alerta para a empolgação que deve ser mostrada na conversa. “A proposta da empresa e o que ela produz devem fazer sentido ao candidato e despertar nele um interesse genuíno”, comenta. Lembrando que ser confiante não significa falar mal de antigos empregadores ou concorrentes à vaga, e sim falar bem de si mesmo, com humildade e sinceridade.

Assim, o segredo está revelado: quem conhece a si mesmo e confia em suas ações, não precisa temer suas palavras. Seja verdadeiro com os seus objetivos e nunca priorize algo que não esteja de acordo com o modo de vida que você busca cultivar. A empresa busca indivíduos capazes, curiosos e com vontade de aprender. Reflita: algum desses representa você?

Serviço: Manoella Dalledonne

Psicóloga e especialista em gestão de RH

(41) 98817-8756

@manoelladalledonne

www.linkedin.com/company/manoella-dalledonne/

www.manoelladalledonne.com.br

Rua Francisco Rocha, 62, Batel, Curitiba-PR