7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

Se você já andou de ônibus, qualquer que seja a circunstância, você já é uma pessoa melhor.
Quando você tiver um filho, deixe ele andar de busão por um tempo, mesmo que ele tenha condições de ter um carro.

Foto Daniel Castellano/SMCS

Isso porque este meio de transporte forma nosso caráter como chinelada nenhuma consegue fazer.
E aí vai a explicação:

1- Paciência

Tudo começa no processo de espera. Você se vê encostado na parada de ônibus esperando pela boa vontade do mesmo. Você até já decorou o horário que o “seu” ônibus passa. Mas se o motorista resolver pisar forte no acelerador e passar 3 minutos antes, só resta a você esperar mais 45 minutos pelo próximo.

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

2- Lidar com a humilhação

Vem ao longe o ônibus. Você reconhece no letreiro luminoso que é o SEU ônibus. Seu coração acelera. Você corre atrás dele como o Super Mario corre atrás da Princesa. Ele se aproxima e você percebe que o condutor não diminuiu a velocidade. Por algum motivo, o motorista passou direto com direito a um sorriso maroto, apontando para um suposto ônibus que vem atrás. Você fica com cara de tacho e a mão apontando para o nada.

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

3- Respeito às diferenças

Quando o “ônibus de trás” finalmente chega após 23 minutos, é claro que ele estará parcial ou totalmente lotado. Você se depara com um misto de sons e batuques, pessoas do Manassés pedindo doação, menino vendendo balinha e o cobrador com o humor pior do que o de um siri na lata. Você toca, ainda que não queira, pessoas que você jamais tocaria na zona de conforto de seu carro. Você é obrigado a lidar com gente diferente, sentar ao lado delas e até puxar assunto sobre “como o tempo hoje está quente”. Enfim: você deixa de lado seu ego e deixa de tanta frescura.

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

4- Altruísmo

Ainda que contra sua própria vontade, as Leis da Ética de Ônibus™ dizem que você deve ceder seu lugar aos mais velhos e se oferecer para segurar os livros do estudante de ensino médio do cabelo esquisito que está em pé ao seu lado. Resumindo: você aprende NA MARRA a ser gente boa.

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

5- Capacidade cognitiva e filosófica

Janela de ônibus é praticamente a janela de sua alma. Não existe um lugar melhor para refletir sobre sua vida e colocar os pensamentos em ordem. Nem seu travesseiro; nem montes no Himalaia. Você acaba encontrando soluções para seus problemas, resolvendo cálculos complexos e tendo a ideia que faltou naquele brainstorm da reunião. Ou seja, de certa forma você se torna mais inteligente.

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

6- Educação

É no ônibus que você coloca em prática as palavras mágicas que sua mãe ensinou: “obrigado” (para o motorista, na hora de descer), “por favor” (a Deus, para que seu ônibus não demore tanto – todo dia peço isso a Ele) e principalmente o “COM LICENÇA” (por motivos óbvios). Ou seja: 1 ano de estágio probatório pegando ônibus e você se torna um gentleman ou uma lady.

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

7- Histórias para contar pros netos

Quem nunca passou por situações exóticas, engraçadas e inusitadas em ônibus? Quem nunca pegou o ônibus errado e foi parar em uma boca de fumo? (eu já!) Quem nunca ia descendo do ônibus e só na escadinha disse: “eita, esqueci de pagar! Perae moço!” (eu já) Quem nunca já sentou ao lado de uma senhora que foi com sua cara e resolveu te aconselhar com muita sabedoria? (eu já…)

7 motivos pelos quais você deve andar de ônibus

Créditos: Blog da Fernanda Paiva (www.Fernandapaiva.com)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Homem fantasiado de Batman faz sucesso em Curitiba e na internet

Marcos Vinicius da Silva, o famoso “Batman de Curitiba”, viu no sorriso das pessoas uma oportunidade para “fazer o bem”. Com direito a Batmóvel, o homem tem feito sucesso em Curitiba e viralizou nas redes sociais.

“Minha história com o Batman teve início em 2017. Como eu tinha o carro, um Corvette Stingray, eu parei e pensei: esse carro parece o Batmóvel. Depois disso, comprei a roupa do Batman e comecei a fazer algumas ações sociais por Curitiba”, disse Silva, em entrevista à Banda B nesta segunda-feira (29).

Entre as ações promovidas pelo “Batman de Curitiba”, há entrega de cestas básicas, visitas a hospitais e distribuição de ovos das páscoa.

“Vi que aquilo levou muita alegria às pessoas e resolvi unir o útil ao agradável. No dia a dia eu tenho distribuído cestas básicas, ido a hospitais…”, afirmou.

Foto: Arquivo pessoal

Marcos conta que não existem dias específicos, como datas comemorativas, para levar alegria para as pessoas. De acordo com ele, até os finais de semana são destinados para algumas ações.

Bem como o próprio personagem inspirado nos quadrinhos da DC Comics, os carros de Souza também fazem sucesso por onde passam.

“Sempre gostei de carros antigos e tenho dois Batmóveis, um deles até abre a porta para cima”, disse.

Questionado sobre alguma ação já realizada por ele que o marcou, o “Batman de Curitiba” não hesitou em relembrar o dia em que incentivou uma criança a continuar seu tratamento no Hospital Pequeno Príncipe, porém com outro personagem.

“O hospital tinha um paciente de 5 anos que não queria mais fazer o tratamento. A médica dele me ligou e explicou que o menino era fã do Capitão América. Ele [paciente] precisava de um incentivo. Vesti a roupa e fui até lá. Foram umas 8 horas desde a preparação até o convencimento”, afirmou.

Informações Banda B

Para conter nova variante, Curitiba orienta quarentena e quer testar viajantes do exterior

Como plano para conter o avanço da nova variante Ômicron, Curitiba quer testar contra a Covid-19 o maior número possível de pessoas vindas do exterior. A informação foi confirmada pela secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, em entrevista concedida à Banda B nesta segunda-feira (29).

Segundo ela, o trabalho de monitoramento feito agora é o mesmo adotado pela cidade desde o início da pandemia, mas que ganha reforço com a identificação da variante Ômicron.

“Desde que tivemos o alerta da pandemia em março de 2020, a gente já montou todo um esquema e protocolos, que são bastante conhecidos pela população. Mesmo com a queda de casos, a gente insiste na testagem. Temos coletado de todas as pessoas que nos procuram, incluindo aquelas sem sintomas, mas que tiveram contato com infectados. Com o anúncio da nova variante, a orientação que fazemos para os viajantes que chegam a Curitiba, não só do Sul da África, mas de todos os países, é que façam quarentena usando máscara e nos procurem para testar”, disse a secretária.

O protocolo, porém, também trata dos países do Sul da África com a identificação da Ômicron. Segundo Huçulak, o alerta feito a todos os viajantes é que entrem em contato pela central (41) 3350-9000. “Desses países, especialmente do sul do continente africano, nós vamos testar independentemente de sintomas ou não, para a gente acompanhar bem de perto a situação da pandemia”, disse.

Também nesta segunda-feira (29), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que monitora seis passageiros que desembarcaram no Paraná e estavam no mesmo voo do brasileiro que veio da África do Sul e testou positivo para Covid-19, podendo estar com a variante ômicron.

Novas variantes

Para evitar novas variantes, porém, Huçulak lembra da necessidade de cuidados. “O uso de máscara, o distanciamento social, ventilar os ambientes e a higienização constante das mãos são medidas fundamentais. Só a vacina não dá conta do vírus e essa variante está mostrando isso, a Europa está mostrando isso para nós. É uma variante que pode ter surgido em qualquer lugar e levada por conta das viagens que as pessoas fazem”, concluiu.

Informações Banda B