Rua com corredor de árvores vermelhas é sucesso nas redes sociais dos curitibanos

Mesmo quem nunca passou pela Rua Deputado Heitor Alencar Furtado, no bairro Mossunguê, certamente já se deparou com (inúmeras) imagens dela nas redes sociais. Em especial, neste início de outono, quando as árvores que formam o corredor de ônibus ganham um colorido avermelhado que é a cara da estação.

Responsável pelos plantios ainda no início dos anos 2000, o engenheiro florestal do Horto Municipal da Barreirinha, Roberto Salgueiro, conta que nunca imaginou que a via faria tanto sucesso e seria tão fotografada.

Corredor de árvores vermelhas é sucesso nas redes sociais dos curitibanos. Curitiba.05/05/2021. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

“Nossa intenção era apenas formar um corredor para a linha de ônibus, como fazemos em outras vias semelhantes na cidade”, lembra.

Corredor de árvores vermelhas é sucesso nas redes sociais dos curitibanos. Na imagem: Roberto Salgueiro, engenheiro florestal do Horto Municipal e responsável pelos plantios da árvores da especie liquedâmbares Curitiba.05/05/2021. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Mas as 853 mudas de liquedâmbares (Liquidambar styraciflua) surpreendem com a sua beleza a cada ano e é quase impossível passar pela via sem fazer um registro sequer. O avermelhado das folhas estreladas aparece após as tonalidades verde e amarela e se intensifica com a luminosidade. No inverno, elas ficam sem folhas.

Com 20 anos de plantio, estima-se que essas liquedâmbares tenham 23 anos de idade, contando com o período de desenvolvimento das mudas. São árvores originárias da América do Norte (México e Estados Unidos), que têm folhas que variam em tons de vermelho e podem passar de 15 metros de altura.

“O nome é em função da seiva na cor âmbar – um tom amarelo alaranjado – que escorre se for partido seu tronco”, explica Salgueiro.

Novas cores

Roberto Salgueiro ressalta que, em breve, um novo corredor de ônibus ainda mais colorido vai ser atração nas avenidas João Gualberto e Paraná. Por lá, serão mil ipês, do Passeio Público até a Igreja do Santa Cândida. Cerca de 700 já foram plantados.

Corredor de árvores vermelhas é sucesso nas redes sociais dos curitibanos. Curitiba.05/05/2021. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

As mudas têm, no mínimo, 1,8 metro de altura e cada trecho terá uma cor. Entre o Colégio Estadual e o Terminal do Cabral são ipês brancos. Depois, até o Terminal Boa Vista, ipês roxos, seguidos por amarelos até o Santa Cândida. 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Foragido da Justiça é preso na fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Barigui

Nesta quinta-feira (22/07), um homem foragido da Justiça foi preso na fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Parque Barigui.

Guardas municipais viram o rapaz tumultuando a fila e foram até ele, que se mostrou bastante nervoso e dizia querer se vacinar o mais rápido possível.

O homem estava sem documentos, mas depois de os guardas municipais levantarem seus dados, foi constatado que tratava-se de um foragido da Justiça com um mandado de prisão em aberto. O suspeito de 45 anos já tinha passagens por dano qualificado, roubo e injúria racial.

Foragido da Justiça é preso fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Parque Barigui. Foto: Divulgação

Como não tinha documentos, o suspeito não recebeu a vacina e foi conduzido para a Divisão de Vigilância e Capturas, no Centro.

Starbucks anuncia novas unidades nos shoppings Palladium e Jockey Plaza

A Starbucks, em parceria com o Grupo Tleca, anunciou mais duas novas unidades em Curitiba, nos shoppings Palladium e Jockey Plaza.

“Estamos entusiasmados com a chegada da Starbucks ao Paraná e para uma cidade tão moderna e charmosa como Curitiba.  Estamos confiantes de que nossas lojas serão um ambiente acolhedor, onde nossos clientes curitibanos poderão se conectar com amigos e familiares, enquanto tomam uma xícara de café”, celebra Claudia Malaguerra, diretora geral da Starbucks no Brasil.

As obras no Shopping Palladium já foram iniciadas. Já no Jockey Plaza, o projeto arquitetônico ainda está em desenvolvimento.