Paraná alcança marca de 1 milhão de infectados pela Covid-19

Um ano e dois meses depois dos primeiros seis casos, em 12 de março de 2020, o Paraná alcançou a marca de 1 milhão de positivados para a doença. Os dados acumulados do monitoramento diário da doença mostram que o Estado soma 1.006.266 casos confirmados e 24.187 óbitos. 

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (14) mais 9.338 casos confirmados e 145 mortes pela Covid-19. Os números são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam as notificações das últimas 24 horas.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de janeiro (50), fevereiro (100), março (236), abril (260) e maio (8.641) de 2021, e dos seguintes meses de 2020: maio (2), junho (4), julho (1), agosto (1), setembro (3), outubro (5), novembro (13) e dezembro (22). 

INTERNADOS – O informe relata que 2.376 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.879 pacientes em leitos SUS (933 em UTI e 946 em enfermaria) e 497 em leitos da rede particular (276 em UTI e 221 em enfermaria).

Há outros 2.769 pacientes internados, sendo 1.003 em leitos UTI e 1.766 em enfermaria. Eles aguardam resultados de exames, estão nas redes pública e rede particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Secretaria da Saúde informa a morte de mais 145 pacientes. São 63 mulheres e 82 homens, com idades que variam de 20 a 97 anos. Os óbitos ocorreram de 15 de janeiro a 13 de maio de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (12), São Mateus do Sul (9), Londrina (8), São José dos Pinhais (8), Campo Mourão (6), Morretes (6), Siqueira Campos (6), Guarapuava (5), Pinhais (5), Almirante Tamandaré (4), Maringá (4), Paranaguá (4), Toledo (4), Arapongas (3), Castro (3), Foz do Iguaçu (3), Campina Grande do Sul (2), Colombo (2), Francisco Beltrão (2), Jaguariaíva (2), Marilândia do Sul (2), Nova Esperança (2), Ponta Grossa (2), Reserva (2), Rolândia (2) e São João do Ivaí (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Agudos do Sul, Alto Piquiri, Assis Chateaubriand, Balsa Nova, Bandeirantes, Barbosa Ferraz, Barracão, Bocaiúva do Sul, Cambara, Cascavel, Centenário do Sul, Guaíra, Itaperuçu, Ivaiporã, Jacarezinho, Jesuítas, Mandaguaçu, Marialva, Matinhos, Nova Esperança do Sudoeste, Palmas, Paranacity, Piraí do Sul, Prudentópolis, Salto do Itararé, Santa Mariana, Santa Mônica, São Jerônimo da Serra, São Pedro do Iguaçu, Saudade do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Telêmaco Borba, Turvo, Ubiratã e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 5.749 casos de residentes de fora, sendo que 143 pessoas foram a óbito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Com Ômicron, Paraná vai aguardar e manter obrigatoriedade do uso da máscara

Com o monitoramento de seis passageiros, que estavam no mesmo voo do brasileiro que veio da África do Sul e testou positivo para Covid-19, o governador Ratinho Junior anunciou nesta terça-feira (30) que o Paraná vai manter a obrigatoriedade do uso das máscaras. A informação foi confirmada em entrevista concedida ao Meio Dia Paraná, da RPC TV.

Segundo o governador, o estado precisa monitorar a variante e agir com cautela neste fim de ano. “Esse é o presente de Natal que gostaríamos de dar para toda a população do Paraná, ter a diminuição de restrições. Mas, em especial na saúde,  temos que tomar decisões com muita cautela e agora precisamos ver como será a resposta com a variante”, disse.

Na segunda-feira (29), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que monitora seis passageiros que desembarcaram no Paraná e estavam no mesmo voo do brasileiro que veio da África do Sul e testou positivo para Covid-19, podendo estar com a variante Ômicron.

De acordo com Ratinho Junior, o Paraná vai aguardar para tomar a melhor decisão possível. “A população, de forma voluntária, já tem tido uma atitude responsável de, mesmo ao ar livre, usar máscara. E queremos ter uma análise bem criteriosa para, quando tirar, tirar a máscara com muita confiança”, explicou.

Coronavírus

Até o momento, os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 1.572.312 casos confirmados e 40.563 mortos pela doença.

Informações Banda B

Ômicron: Paraná monitora 6 passageiros do mesmo voo de homem que veio da África com Covid

A Secretaria de Estado da Saúde (SESA) monitora seis passageiros que desembarcaram no Paraná e estavam no mesmo voo do brasileiro que veio da África do Sul e testou positivo para Covid-19, podendo estar com a variante ômicron. A informação foi confirmada pela pasta à Banda B.

O Ministério da Saúde está investigando se o homem está contaminado com a variante ômicron, que tem origem no continente africano. O rapaz, de 29 anos, morador de Guarulhos, em São Paulo, está com esquema vacinal completo e apresenta sintomas leves do novo coronavírus.

Segundo a SESA, é feito o monitoramento junto aos municípios dessas pessoas que estavam no voo com o contaminado, além da solicitação de quarentena. Não há motivo para alarde.

Nesta segunda-feira (29), a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que a nova variante ômicron, reportada na semana passada, representa um “risco muito elevado” para o planeta, pois ainda existem incógnitas sobre essa cepa, entre elas se as vacinas existentes são suficientes para barrar a ômicron.

Na África do Sul, 24% dos habitantes estão totalmente vacinados. Enquanto no Brasil, 60% da população já tomaram as duas doses da vacina ou a dose única.

Informações Banda B