Mostra contemporânea de cinema começa na quinta-feira; veja a programação

A recente produção cinematográfica italiana ganha espaço no festival Mia Cara. Realizada em parceria com o Cine Passeio, a mostra contemporânea exibirá seis filmes. Na apresentação dos títulos contemporâneos que compõem a mostra, a curadoria é de Marden Machado.

Para ver a Mostra de Cinema do Mia Cara 2021 basta acessar o site do Cine Passeio, inscrever-se na programação e assistir. Diferente da mostra clássica, que entrou em cartaz no dia 28 de maio e fica com todos os títulos disponíveis até 2 de junho, a mostra contemporânea, que acontece de 3 a 9 de junho, apresentará um filme por dia, os quais poderão ser acessados na plataforma streaming do Cine Passeio durante 24h. Todos os filmes exibidos no festival podem ser vistos gratuitamente.

Segundo Marden Machado, a ideia para a seleção dos filmes para o Mia Cara 2021 foi apresentar obras diferenciadas do cinema Italiano, tentando fugir dos clichês, com produções menos populares entre o público, porém não menos importantes. 

Mostra contemporânea de cinema italiano

“Muitas pessoas associam o cinema italiano com comédias ou filmes mais românticos, por exemplo, porém o país conta com grandes produções dentro dos mais diversos temas, então acreditamos que também seja importante destacar esta pluralidade”, ressalta o jornalista e crítico de cinema.


Serviço: mostra de cinema do Festival Mia Cara 2021 – edição on-line

Assista aos filmes gratuitamente pelo www.cinepasseio.org

PROGRAMAÇÃO
03/06 | A Melhor Juventude – Parte 1
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana


04/06 | A Melhor Juventude – Parte 2
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana


05/06 | Dogman
Título original: “Dogman”
Direção: Matteo Garrone
 

06/06 | A Vida em Família
Título original: “La Vita in Comune”
Direção: Edoardo Winspeare


07/06 | Emma e as Cores da Vida
Título original: “Il Colore Nascosto delle Cose”
Direção: Silvio Soldini


08/06 | Martin Eden
Título original: “Martin Eden”
Direção: Pietro Marcello


09/06 | O Caravaggio Roubado
Título original: “Una Storia Senza Nome”
Direção: Roberto Ardò

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“Nomadland – Sobreviver na América” leva 3 principais prêmios do Oscar

[ad_1]

O filme Nomadland – Sobreviver na América ganhou o Oscar de melhor filme, melhor realização e melhor atriz para Frances McDormand. A cineasta Chloé Zhao torna-se assim a segunda mulher na história a receber o prêmio de melhor realizadora. A 93ª cerimônia dos prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ocorreu, na noite deste domingo (25), na Estação Union Station, em Los Angeles, e no Dolby Theatre, em Hollywood, com restrições devido à pandemia de covid-19.

Nomadland – Sobreviver na América era o maior favorito e cumpriu os prognósticos, vencendo nas principais categorias do Oscar, entre elas a de melhor direção, com a estatueta entregue à cineasta sino-americana Chloé Zhao. Ela é a segunda mulher a conquistar esse Oscar, depois de Kathryn Bigelow, em 2010, com Estado de Guerra.

93rd Academy Awards

Vencedoras do Oscar 2021 – REUTERS/Chris Pizzello/Direitos Reservados

É fabuloso ser uma mulher em 2021″, afirmou Chloé Zhao ao comemorar a vitória.

“Sou extremamente afortunada por poder fazer o que gosto”, acrescentou a cineasta nos bastidores da cerimônia de entrega do Oscar, na madrugada de hoje (26). “Se esta vitória ajudar mais pessoas como eu a viverem os seus sonhos, sou muito agradecida por isso”.

Nomadland – Sobreviver na América, considerado o melhor filme, conta a história de uma mulher – Fern, interpretada por Frances McDormand – que viaja pela América como nômade. Vive numa caravana, trabalha em empregos temporários e sobrevive na estrada, na sequência da crise econômica de 2008.

Ao receber o prêmio, Chloé Zhao dedicou-o “a todos aqueles que tiveram a fé e a coragem de se agarrar à bondade em si próprios e nos outros”.

Embora o filme seja uma ficção, inclui testemunhos reais de norte-americanos que vivem na estrada, sempre em trânsito, numa comunidade nómade mais envelhecida e às margens da sociedade. O filme contou inclusive com nômades da vida real.

“Um dos momentos mais felizes para mim esta noite foi quando a Frances [McDormand] ganhou”, disse Chloé Zhao aos jornalistas. “As pessoas podem não saber tudo o que ela fez, como produtora e como atriz, quão aberta e vulnerável foi e quanto me ajudou a fazer este filme. E como ajudou os nômades a sentirem-se confortáveis nas gravações. Ela é ‘Nomadland'”.

Com esse Oscar, Frances McDormand entrou no pequeno grupo de atrizes com mais de duas estatuetas da academia, juntando-se a Meryl Streep e Ingrid Bergman (três Oscars, cada), e a Katharine Hepburn (quatro). Ela conseguiu ainda vencer a indicação de melhor atriz, depois de Fargo (1996) e de Três Cartazes à Beira da Estrada (2018).

Indicado para sete estatuetas, o filme Nomadland completa um percurso de sucesso nos últimos meses, depois de ter ganhado quatro prêmios Spirit, os chamados Oscars do cinema independente: melhor filme, melhor realização, melhor montagem e melhor fotografia.

Por The Father, o britânico Anthony Hopkins, que não esteve presente à cerimônia, conquistou o segundo Oscar de melhor ator, 30 anos após a sua premiação pelo papel em O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme.

Veja, a seguir, os ganhadores do Oscar 2021:

Melhor Filme
Nomadland
Melhor Ator
Anthony Hopkins, por Meu Pai
Melhor Atriz
Frances McDormand, por Nomadland
Melhor Direção
Chloé Zhao, por Nomadland
Melhor Ator Coadjuvante
Daniel Kaluuya, por Judas e o Messias Negro
Melhor Atriz Coadjuvante
Yuh-Jung Youn, por Minari
Melhor Roteiro Adaptado
Christopher Hampton, Florian Zeller, por Meu Pai
Melhor Roteiro Original
Emerald Fennell, por Bela Vingança
Melhor Filme Internacional
Durk – Dinamarca
Melhor Fotografia
Mank
Melhor Documentário
My Octopus Teacher
Melhor Documentário em Curta-Metragem
Colette
Melhor Curta-Metragem
Two Distant Strangers
Melhor Animação
Soul
Melhor Curta de Animação
If Anything Happens I Love You
Melhor Canção Original
Fight For You (Judas e o Messias Negro)
Melhor Trilha Sonora Original
Soul
Melhor Edição
O Som do Silêncio
Melhor Figurino
A Voz Suprema do Blues
Melhor Cabelo e Maquiagem
A Voz Suprema do Blues
Melhor Edição de Som
O Som do Silêncio
Melhor Design de Produção
Mank
Melhores Efeitos Visuais
Tenet

* Com informações da RTP – Rádio e Televisão de Portugal

Oscar 2021: Confira a lista completa dos vencedores

A maior festa do cinema mundial chegou a sua 93ª edição. A cerimônia de entrega do Oscar 2021 aconteceu na noite deste domingo (25) e precisou ter seu formato modificado por causa da pandemia.

Veja a lista dos vencedores do Oscar 2021:

MELHOR FILME

Nomadland

MELHOR ATRIZ

Frances McDormand – Nomadland

MELHOR ATOR

Anthony Hopkins – Meu Pai

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Yuh-Jung Youn – Minari – Em Busca da Felicidade

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro

MELHOR DIREÇÃO

Chloé Zhao – Nomadland

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Druk – Mais uma Rodada (Dinamarca)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Meu Pai

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Bela Vingança

MELHOR FIGURINO

A Vos Suprema do Blues – Ann Roth

MELHOR TRILHA ORIGINAL

Soul – Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste

MELHOR ANIMAÇÃO

Soul

MELHOR CURTA

Two Distant Strangers

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

Se Algo Acontecer… Te Amo

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Professor Polvo

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

Colette (Time Travel Unlimited)

MELHOR FOTOGRAFIA

Mank

MELHOR MONTAGEM

O Som do Silêncio

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

A Voz Suprema do Blues

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Fight for You – Judas e o Messias Negro

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

Mank

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS

Tenet

MELHOR SOM

O Som do Silêncio