Falando sério: Segurança em Curitiba

Falando sério: Segurança em Curitiba

Sei que somos conhecidos como um blog de humor mas dessa vez, quero fazer um post falando sobre nossa segurança pública que cada vez mais está deficiente.

Não quero generalizar e nem colocar a culpa em nossos policiais, que arriscam suas vidas pela nossa segurança, mas quero destacar que Curitiba de uns anos para cá se tornou uma cidade MUITO violenta, é só analisar as notícias nos jornais e perceber que isso já faz parte de nosso cotidiano e cada vez mais estamos sujeitos a nos deparar com uma situação assim.

Cerca de 3 anos atrás fui assaltado perto do Shopping Estação às 20:00 em um sábado e ameaçado com uma arma, neste momento percebi que estamos tão vulneráveis a esses bandidos e que não sabemos quando voltaremos para casa. É meio “forte” escrever isso mas é a realidade, esta realidade da “Cidade Modelo”. Sempre frisamos o que há de melhor em Curitiba e o orgulho que temos de morar nesta cidade, e não é mentira, é um lugar ótimo para se viver e como em qualquer cidade grande do Brasil, tem os seus prós e contras.

Espero muito que nesta nova administração da cidade, sejam resolvidos grande parte destes problemas e voltemos a viver tranquilos, porque é revoltante cada vez que abro o jornal e vejo uma notícia em que um assaltante “se deu bem” ou uma pessoa é assassinada por conta de um assalto ou qualquer outra forma de violência. Deixo aqui minha opinião sobre o assunto e espero que entendam o quão grave a situação vai se tornando.

SITE – CRIMES CURITIBA

Vítima reage e mata assaltante no Centro de Curitiba

Polícia confirma a morte de quatro homens em dois bares de Curitiba

Tiros e mortes em Curitiba

Advogado é espancado até a morte em Curitiba

 

 

0 Comments

  1. Cara, na verdade o termo "Cidade Modelo" só é usado por quem é de fora da Cidade (e RMC), por pessoas que compram a propaganda de cidade organizada e que veem ela através dos double-deck's da Linha Turismo.
    Não só a segurança, mas a saúde, a educação, o transporte coletivo, o trânsito, etc…, estão largados pelo poder público, mas não digo que a culpa é deste ou daquele, pois é mais fácil dar agrados à uma minoria do que ao "povão". Está certo que tá começando a ocorrer uma certa mudança, mas nada significativa.
    Outro ponto da "Cidade Modelo" que quero comentar é a educação de seus habitantes, que fecham a cara para os outros (mas isto é a marca registrada da Cidade, não vou tocar nisto), jogam detritos no chão, furam fila e ainda acham ruim. Sinceramente, quando estou embarcando tranquilamente no Jardim Paranaense, no Term. do Boqueirão às 18h15 e vem um FDP tentando furar fila eu "fecho a passagem" e mando a persona a merda.

    (Eu falei acima da Linha Turismo, ela faz um desvaio do carilho pra ir do Paiol pro Jd. Botânico, tudo pra não passar no meio da favela)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de Curitiba realiza neste sábado evento on-line de adoção de cães

As famílias que quiserem adotar um novo amigo têm uma oportunidade perfeita neste sábado (24). E sem sair de casa. A Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba vai promover mais uma versão transmitida ao vivo do evento de adoção Amigo Bicho. Para acompanhar, basta acessar o facebook da Prefeitura a partir das 10h.

Serão apresentados 15 cães resgatados pela ambulância do município após serem vítimas de atropelamentos. Todos já são tratados, castrados, desverminados e microchipados para receber os dados do novo tutor. 

Tem live de adoção de animais neste sábado (24). Foto: Divulgação (arquivo)

“As lives têm sido um sucesso e nos trazido bastante resultado para conseguir lares para os cães que resgatamos”, conta o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria do Meio Ambiente, Edson Evaristo.  

Dinâmica

Assim como nos eventos anteriores, quem se interessar por algum dos animais e pelas suas características apresentadas pelos veterinários, pode encaminhar uma mensagem via whatsapp para o número 41 99963-0233.

“Nesse contato podem ser esclarecidas dúvidas e agendada a visita para conhecer o animal, tudo dentro dos protocolos de segurança contra a covid-19”, explica a chefe da Rede, Sueli Sasaoka. 

Cada interessado recebe um breve questionário de entrevista, parte do processo de adoção responsável. Com a análise do questionário, haverá o agendamento para buscar o cão no horário de funcionamento do Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar), na Rua Lodovico Kaminski, 1.381, CIC, todos os dias, das 9h às 12h e das 13h30 às 15h30.

Centro de adoção permanente 

O Crar e os veterinários da Rede estão disponíveis, diariamente, para orientar processos de adoção responsável dos animais resgatados pelo município. O Centro funciona todos os dias, Na página da Rede no Facebook, é possível ver as fotos de alguns animais disponíveis. 

Os animais aptos para adoção são todos castrados, vacinados, desverminados e microchipados, prontos para receber os dados do novo tutor. 

O agendamento para conhecer os animais pode ser feito pelo telefone 41 99963-0233.

Serviço: live Amigo Bicho de adoção de cães

Data: 24/4 (sábado)
Horário: 10h
Transmissão: Facebook – Prefeitura de Curitiba

Prefeito Rafael Greca tem melhora do quadro neurológico, diz boletim médico

O prefeito Rafael Greca apresentou avanço clínico nas últimas horas, de acordo com o boletim médico apresentado no fim da manhã desta quinta-feira (22) pela equipe do Hospital Nossa Senhora das Graças, onde ele está internado.

Greca teve melhora do quadro neurológico, está lúcido e clinicamente estável. Permanecerá internado para monitoração neurológica hospitalar e continuidade da investigação etiológica do evento isquêmico agudo.

Internamento

O prefeito foi internado na manhã de terça-feira (20), e após exames, a equipe médica diagnosticou um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico.

Greca encontrava-se clinicamente alerta, em bom estado geral, com sinais vitais estáveis, participativo e dialogando. Foi mantido em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até a manhã de quarta-feira (21/4), quando foi transferido para um quarto, para continuidade do monitoramento neurológico e exames de controle.