Confira como foi o domingo de campanha dos candidatos à Presidência

O penúltimo domingo antes do primeiro turno das eleições foi dedicado ao corpo a corpo com eleitores. Houve carreata, discursos, caminhada e panfletagem promovidos pelos candidatos à Presidência da República.

A agenda de hoje de Ciro Gomes (PDT) contou com reunião com associações e empresas do setor de tecnologia da informação e comunicação. Pelo Twitter, Ciro Gomes contou como foi o evento: “Na conversa, falamos sobre o mercado de trabalho na área – principalmente para os jovens que buscam o primeiro emprego – e sobre nosso projeto Internet do Povo”, escreveu.

Constituinte Eymael (DC) participou, pela manhã, de carreata em Tatuapé, bairro de São Paulo. Ele não teve compromissos de campanha no período da tarde.

O candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), discursou para apoiadores da casa do embaixador do Brasil em Londres, para onde viajou para participar do funeral da Rainha Elisabeth II. Ele falou contra a legalização do aborto e das drogas e disse que vai vencer no primeiro turno. Ele fez o discurso antes de visitar o caixão da monarca e assinar o livro de condolências.

Felipe D’Avila (Novo) não teve compromissos públicos hoje.

O candidato Léo Péricles (UP) participou hoje (18) de panfletagem na Ocupação Esperança, em Belo Horizonte, visitou famílias e conversou a população.

O candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de comício em Florianópolis. Ele disse que pretende criar oportunidades para os jovens e prometeu acabar com a fome, problema que, segundo a campanha do candidato, afeta pelo menos 500 mil pessoas em Santa Cataria. Ele discursou ao lado de correligionários e homenageou o ex-reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, Luiz Carlos Cancellier, morto em 2017.

Padre Kelmon (PTB) cumpriu agenda interna com padres e pastores apoiadores da campanha em São Paulo.

Simone Tebet (MDB) que disputa a Presidência pelo MDB, esteve na tarde de hoje (18) no Centro de Tradições Nordestinas, zona norte da capital paulista. Pela manhã, a candidata fez uma caminhada com apoiadores em Itapevi, na Grande São Paulo, onde também visitou a Escola do Futuro. O projeto conta com sistemas e equipamentos da Google para atender 5 mil alunos do 1º ao 5º ano. Proposta que Tebet pretende expandir para todo o país. “Vamos colocar escola em período integral para atender desde a criança pequenininha, garantido merenda de qualidade, ajudando o prefeito a comprá-la e pagando salários dignos para nossos professores”, disse.

Sofia Manzano (PCB) esteve na Feira de São Joaquim, Salvador. Ela fez também uma visita ao terreiro Ilê Asipá junto com outros candidatos do partido. “Osi Alagba [sacerdote] Antônio nos recebeu com o afeto e a energia dos ancestrais”, comentou pelo Twitter.

Soraya Thronicke (União) passou o dia em Recife. Às 10h, teve reunião administrativa com representantes do União Brasil e, às 12h, participou de media training (treinamento para conceder entrevistas à imprensa).

Vera (PSTU), candidata do PSTU à Presidência, passou a manhã em Belo Horizonte onde almoçou com correligionários. À tarde, ela viajou para Salvador, onde, amanhã (19), terá atividades de campanha.

Matéria atualizada às 18h29

*Colaboraram Daniel Mello, Mariana Tokarnia e Wellton Máximo.

Fonte: Veja a matéria no site da Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Concerto solidário por Flora Purim e Airto Moreira é neste domingo

Concerto solidário por Flora Purim e Airto Moreira é neste domingo

Os músicos de jazz Flora Purim e Airto Moreira, mundialmente reconhecidos, serão homenageados pela Orquestra à Base de Sopro neste domingo (25/9), às 11h30, na Capela Santa Maria.

Os ingressos estão sendo vendidos no site Minha Entrada e toda a bilheteria será revertida ao casal, que passa por um momento delicado por complicações de saúde. Também está aberta uma vaquinha virtual para colaborar com recursos no tratamento de saúde do músico Aírto Moreira, de 80 anos, que já tocou com Miles Davis e Herbie Hancock.

Com artistas convidados Helinho Brandão, Rogério Leitum e Cristina El Tarran, a Orquestra à Base de Sopro, mantida pela Fundação Cultural de Curitiba, apresenta músicas emblemáticas da carreira do casal do jazz.

O concerto tem direção musical de Davi Sartori e a condução das homenagens será feita pelo radialista especializado em jazz Maurício Cruz. Ao longo da apresentação, o mestre de cerimônias fará comentários e curiosidade da carreira de Flora Purim e Airto Moreira.

“Eles têm uma importância imensurável para a música. Conseguiram abrir as portas para os brasileiros nos Estados Unidos e levaram o Milton Nascimento, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti e muitos outros. Isso mudou totalmente a cena do jazz e esses frutos carregamos até hoje” comentou Davi.

A Orquestra à Base de Sopro é considerada hoje um dos principais grupos de música brasileira do país, e vem se aprimorando na pesquisa de novas sonoridades. Em 2020, durante a pandemia, o grupo fez um vídeo em homenagem aos 80 anos de Airto, no qual o músico participou virtualmente da gravação.

Currículo

Em quase seis décadas de parceria musical e amorosa, a cantora Flora Purim e o percussionista Airto Moreira construíram juntos uma sólida união. No currículo histórias grandiosas, como colaborações com lendas como o pianista Chick Corea, o baixista Stanley Clarke e jantares com John Lennon.

Considerado por muitos como o “pai da percussão moderna”, Airto esteve presente em momentos decisivos da música brasileira: com o Quarteto Novo em 1967, quando Edu Lobo e Marília Medalha ganharam o Festival da Música Brasileira com “Ponteio” e a fundação do grupo com Theo de Barros, Heraldo do Monte e Hermeto Pascoal.

Uma das mais celebradas cantoras, de carreira igualmente gloriosa, Flora foi indicada por críticos como a melhor cantora de jazz dos Estados Unidos por quatro anos sucessivos (de 1974 e 1977). Nos anos 70 gravou ainda ao lado de Carlos Santana, Hermeto Pascoal, Chick Corea e muitos outros, encantados com sua extensão vocal e capacidade de improvisação.

Solidariedade

Três meses atrás, logo após o lançamento do último álbum de Flora, If you will (seu primeiro em 15 anos), Airto teve uma forte pneumonia que provocou diversas complicações. Morando juntos em um apart hotel no centro de Curitiba desde o início da pandemia, eles tiveram que recorrer a uma vaquinha para custear o tratamento.

“É um acontecimento para a gente ter eles aqui na nossa cidade, e nesse momento conseguimos unir essa força para reverenciar tanto a carreira, musicalidade, amizade deles e paralelamente fortalecendo o as contribuições para o reestabelecimento da saúde do Airto”, finalizou Davi Sartori.

Serviço: Orquestra à Base de Sopro

Data: domingo, 25/9, às 11h30

Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 273)

Ingressos: R$ 35 e R$17,50 

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Petrobras anuncia nova redução no preço do GLP para as distribuidoras

A Petrobras anunciou hoje (22) nova redução no preço de venda de gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha.

A partir de amanhã (23), o preço médio de venda do quilo de GLP para as distribuidoras cairá de R$ 4,0265 para R$ 3,7842, equivalente a R$ 49,19 por botijão de 13kg. A redução média será de R$ 3,15 por 13kg.

Segundo informou a Petrobras, essa redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da empresa, “que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio”.

Outros ajustes

Essa é a segunda redução do preço médio de venda do GLP da Petrobras para as distribuidoras em setembro e a terceira do ano. No último dia 13, o preço médio de venda do gás de cozinha passou de R$ 4,23/kg para R$ 4,03/kg, equivalente a R$ 52,34 por 13kg, com redução média de R$ 2,60 por 13 kg.

Em 9 de abril, houve redução de R$ 4,48/kg para R$ 4,23/kg, equivalente a R$ 54,94 por 13kg. A redução média refletida foi de R$ 3,27 por 13kg.

Já em março, houve variação, mas para cima. No dia 11 daquele mês o preço médio de venda do GLP para as distribuidoras passou de R$ 3,86/kg para R$ 4,48/kg, equivalente a R$ 58,21 por 13kg e refletindo reajuste médio de R$ 0,62 por kg.

Matéria alterada às 16h42 para correção do ano no subtítulo. O correto é 2022 e não 2021, como havia sido informado.

Fonte: Veja a matéria no site da Agência Brasil