Paraná registra três novos óbitos por dengue; total chega a 26

O boletim da dengue divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta terça-feira (1º) registra mais três mortes por causa da doença. O Paraná acumula agora 26 óbitos desde agosto do ano passado.

Os novos óbitos foram no mês de maio e são de mulheres residentes nos municípios de Medianeira, no Oeste (86 anos, com comorbidade), Campo Mourão, no Centro-Oeste (80 anos, com comorbidade) e Maringá, no Noroeste  (53 anos, sem comorbidade).

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, alerta que a dengue é uma doença grave, que pode ser evitada com a colaboração de todos. “Alertamos a população para ações de combate à doença com a eliminação dos criadouros do mosquito Aedes aegypti, pois os principais focos de transmissão estão nos domicílios e precisamos da participação de todos neste controle”, disse o secretário.

São 20.242 casos confirmados da doença desde o começo desse registro. O boletim indica 1.507 casos novos em relação ao informe anterior.

O total de notificações ultrapassou a marca de 80 mil (80.079) em todo Estado. Destes, 12.424 permanecem em investigação e 35.648 já foram descartados.

Confira o informe completo AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação abre consulta à comunidade sobre currículo do Novo Ensino Médio

A secretaria estadual da Educação e do Esporte abriu consulta à comunidade sobre o currículo do Novo Ensino Médio do Paraná. Estudantes, pais, professores, funcionários de escolas e a comunidade em geral poderão entender como foi a elaboração do currículo (que visa a orientar o processo de ensino-aprendizagem), ter acesso ao documento e contribuir para o seu aperfeiçoamento. A consulta começou sexta-feira (15) e segue aberta até 8 de novembro.

Para participar é necessário acessar a página Escola Digital, onde estão disponíveis os currículos de cada uma das quatro áreas do conhecimento: Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. Há, ainda, um vídeo explicativo sobre cada área. Após acessar o conteúdo, o participante pode abrir um formulário específico e enviar suas contribuições.

A organização curricular para a implementação da nova proposta para o Ensino Médio teve início com a elaboração de um referencial curricular, que foi homologado pela Resolução n.° 3.416 — GS/Seed, de 6 de agosto de 2021. O referencial é o documento que contém os fundamentos para que as redes de ensino pública e privada do Paraná elaborem seus currículos, atuando como normatizador do documento que está sendo colocado em consulta pública.

NOVO ENSINO MÉDIO – Prevista pela Lei Federal nº 13.415/2017, a nova metodologia trará mudanças na carga horária e na organização curricular de escolas das redes de ensino públicas e privadas de todo o Brasil. As transformações na estrutura do Ensino Médio têm como objetivo incentivar o papel protagonista dos estudantes, valorizando suas aptidões e interesses.

No Paraná, a Secretaria da Educação e do Esporte está produzindo uma série de reportagens sobre o Novo Ensino Médio Paranaense. Já foram publicadas matéria de apresentação do novo modelo, sobre os itinerários formativos e sobre o componente curricular Projeto de Vida. Para mais informações sobre o Novo Ensino Médio basta acompanhar o site e redes sociais da Secretaria da Educação.

Semana começa com recorde de 10.204 vagas ofertadas pelas Agências do Trabalhador

As 216 Agências do Trabalhador do Estado ofertam nesta semana 10.204 vagas de empregos com carteira assinada em empresas do Paraná. Destas, 1.876 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana. De acordo com a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, são os melhores números do ano até agora.

O secretário Ney Leprevost destaca que a quantidade crescente de vagas disponíveis reflete a recuperação econômica do Estado e também a abertura dos postos temporários de fim de ano. “O emprego é o melhor programa social. O cidadão empregado tem autonomia e dignidade para sustentar a sua família”, afirma.

A Agência do Trabalhador de Curitiba disponibiliza vagas para contratação imediata de técnico de suporte de TI (10 vagas), recreacionista (4 vagas), vendedor do comércio varejista (2 vagas), padeiro (1 vaga) e técnico em edificações (1 vaga).

Para a Região Metropolitana da Capital estão abertas 257 vagas de operador de telemarketing. No Estado, há 229 postos de auxiliar administrativo e 210 de alimentador de linha de produção.

A regional de Paranavaí é um dos destaques no Interior, com 942 vagas abertas. Destas, 331 são para operador de telemarketing. O comércio também já aparece com novas oportunidades com 62 empregos para empacotador e 61 de operador de caixa.

ATENDIMENTOS – Os interessados em alguma das vagas ofertadas devem buscar orientações entrando em contato com a Agência do Trabalhador de seu município. A Agência do Trabalhador de Curitiba voltou a atender o público de forma presencial. Para evitar aglomeração, e respeitando todas as orientações das autoridades sanitárias, o atendimento é feito somente com horário marcado, das 9h às 17h. Os interessados devem fazer o agendamento no site da Secretaria.

Confira a tabela de vagas.