Abertura do Caminho de Luz do Parque Barigui encanta famílias

O Caminho de Luz Copel Telecom foi aceso pela primeira vez ao cair da noite desta terça-feira (23), abrindo a temporada natalina em um dos parques mais frequentados pelos curitibanos, o Barigui. A atração foi inaugurada pelo prefeito Rafael Greca.

Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui. Curitiba, 23/11/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

“Este é o Natal da gratidão e temos o prazer de presentear a população com uma grande programação com o apoio dos nossos patrocinadores. A Copel Telecom, a grande empresa que agora vai ser sediada em Curitiba e vai trazer o 5G para a nossa cidade, é quem patrocina esse lindo Caminho de Luz, ” disse Greca.

Prefeito Rafael Greca com o presidente da Copel Telecom, Wendell Oliveira, abre o Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui. Curitiba, 23/11/2021. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Considerado um dos grandes sucessos da temporada de 2020, o circuito natalino de carro (drive-thru) no Parque Barigui, acontece até o dia 30/12. 

Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui. Curitiba, 23/11/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

“É um Natal bastante simbólico para todos nós, depois de quase dois anos tão difíceis, a gente está muito feliz de estar junto da Prefeitura apoiando. A gente sabe que é o Natal mais lindo do Brasil, então é motivo de muita alegria e satisfação para nós da Copel Telecom”, comentou Wendel Alexandre Paes Andrade de Oliveira, presidente da Copel Telecom.

O prefeito e o presidente da Copel Telecom fizeram o Caminho de Luz a bordo de um Chevrolet Bel Air Coupé, fabricado em 1952, do empresário e colecionador de carros Luiz Antônio Folador, que os conduziu pelo percursso.

Expectativa e espírito de Natal

Os carros já aguardavam no portal de acesso, com entrada pela BR-277, para fazer o percurso de 1,5km que vai até a Rua Cândido Hartmann. Atrações como a Banda de Noéis, a Anunciação do Senhor pelo Anjo Gabriel à Maria e o Santo Presépio encantam crianças e adultos. O circuito ainda tem túneis de luz e duas árvores de Natal, como a enorme estrutura de 22 metros de altura e 54 mil pontos de luz LED junto ao lago, que este ano tem patrocínio do ParkShoppingBarigüi.

O “avô coruja” e empresário Valdeci Bergantin chegou cedo com a família e foi um dos primeiros na fila. Ele levou a filha com os netos Sofia, 5 anos, Tomas, 3 e Maria Cecília, que completa um ano próximo ao Natal. 

“A gente quer encantar as crianças, o Natal é para todo mundo, adultos e crianças. E Curitiba está de parabéns, tem muitas programações e a gente está muito feliz”, comenta Bergantin. 

Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui. Curitiba, 23/11/2021. Na imagem, Valdeci Bergantin com a filha e os netos Sofia, Tomas e Maria Cecília. Foto: Hully Paiva/SMCS

Quem também aguardava ansioso para conhecer o caminho era o ferroviário Emerson da Silva Oliveira, acompanhado da esposa e duas filhas, uma de 8 anos e uma de 1 ano e 11 meses. “A gente quer mostrar para as crianças o espírito do Natal e aproveitar o passeio em família”, conta Oliveira.

Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui. Na imagem, Emerson da Silva Oliveira e sua família. Curitiba, 23/11/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui

ESTAÇÃO 1
Portal de boas-vindas
Hora de direcionar a câmera do smartphone para o QRcode do folder do programa do espetáculo entregue na chegada.

ESTAÇÃO 2
Grande coral dos anjos
Em telas gigantes de alta definição, atores e crianças do Projeto MusicaR da Prefeitura de Curitiba vão interpretar clássicas canções natalinas como Noite Feliz, Uma Estrela Renasce, Borboleta Pequena, Jingle Bells e Bate o Sino.

ESTAÇÃO 3
Túnel de luz
O circuito terá túnel de luz ricamente ornamentado para mais fotos inesquecíveis.

ESTAÇÃO 4
Presentes encantados
Atores caracterizados como cupcakes, Papai Noel e demais ícones natalinos promovem uma interação com os visitantes.

ESTAÇÃO 5
Conexão Copel Telecom
É a estação de realidade aumentada do circuito, onde o visitante consegue vivenciar a experiência com integração de elementos virtuais a visualizações do cenário real do circuito.

ESTAÇÃO 6
Casa de fibra óptica do Papai Noel
Abaixe o volume do celular e divirta-se nessa animada estação, decorada com vários símbolos do Natal (bolas, pacotes de presentes e bengalas), que reúne músicos caracterizados de Papai Noel para interpretar canções como White Christmas e um pot-pourri natalino.

ESTAÇÃO 7
Portal da gratidão
Um grande portal com um anjo ilustrado com letras formando a palavra gratidão é a passagem para iniciar as intervenções com os artistas. É a partir do portal que o visitante tem acesso a toda religiosidade e tradição do Natal.

ESTAÇÃO 8
Anjo da celebração e pastores
Uma escultura com movimento de 8 metros de altura retrata o personagem bíblico que leva a grande notícia de que Cristo nasceu. O cenário ainda traz pastores (esculturas em tamanho natural) que recebem do Anjo Gabriel a notícia de que Jesus nasceu.

ESTAÇÃO 9
Bosque de Luz e Sombras
Iluminação e imagens cênicas se espalham pelo verde do bosque da Alameda Ecológica Burle Marx preparando o público para as próximas estações que celebram a chegada de Jesus.

ESTAÇÃO 10
Anunciação, Maria visitando Isabel
Atores encenam o momento em que o Anjo Gabriel surge à Maria e lhe dá a grande notícia de que ela será a mãe de Jesus, filho de Deus. Ainda durante a encenação, os atores interpretam a passagem em que Maria visita sua prima Isabel e dividem suas missões santas. Isabel era estéril e, por milagre, também deu à luz.

ESTAÇÃO 11
Santo Presépio
A encenação do Presépio e sua glória reúne atores e traz como destaques na cenografia, além da manjedoura de Jesus, esculturas em tamanho natural de animais como camelos e carneiros.

ESTAÇÃO 12
Árvore de Natal de Natal Copel Telecom
Chegamos ao fim do Caminho de Luz Copel Telecom, já na Rua Cândido Hartmann, com a árvore natalina de 18 metros toda iluminada com 50 mil microlâmpadas de LED e com laços gigantes.

Como chegar

Para fazer o circuito do Barigui de carro, é preciso agendamento on-line. São três sessões diárias (19h, 20h e 21h), de terça a domingo, com capacidade para 330 carros por hora. A atração vai até 30 de dezembro e não ocorrerá apenas nos dias 24 e 25 de dezembro.

O agendamento é realizado de acordo com os lotes de ingressos. O período até o dia 12 de dezembro já está esgotado. Quem não conseguiu agendar terá nova oportunidade, com novo lote que será anunciado em breve.

Os veículos terão que seguir a uma velocidade máxima de 10 km/h e áudio poderá ser baixado pelo QR Code impresso no folder do espetáculo, que será entregue no estacionamento da BR-277. Também haverá opção em libras ao baixar. Não será possível sair dos veículos para fazer fotos ou filmar.

Será proibido fazer o circuito de bicicleta e de moto. Durante o período das apresentações, a Alameda Ecológica Burle Marx estará fechada para o trânsito normal das 17h às 6h da manhã.

Quem não quiser ir de carro poderá aproveitar a experiência natalina no Barigui com a linha especial de ônibus, que não exige agendameto prévio. A linha começa a funcionar nesta quarta-feira (24/11), a partir das 19h, e terá ponto inicial de embarque no Terminal Campina do Siqueira. O ônibus percorrerá os 1,5 km de programação dentro do parque e voltará para terminal. A linha terá uma frequência de 15 em 15 minutos. Só serão permitidos passageiros com máscara.

Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui. Curitiba, 23/11/2021. Foto: Pedro Ribas/SMCS


CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA NO SITE https://natal.curitiba.pr.gov.br/. A programação está sujeita a alterações.

A Prefeitura promove o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2021 com o patrocínio das empresas O Boticário, Ademicon, Volvo, Muffato, Electrolux, Condor, Festval, Ebanx, Consórcio Servopa, Copel Telecom e ParkShoppingBarigüi. A programação começa no dia 18 de novembro e a decoração poderá ser vista até 9 de janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba ilumina pontos turísticos de laranja pela prevenção ao câncer de pele

Nesta terça-feira (7/12), a Praça do Japão e a Torre de Cronometragem do Parque Náutico estarão iluminados de laranja, em alusão à adesão de Curitiba ao Dezembro Laranja, a campanha nacional de Prevenção ao Câncer de Pele, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

A iluminação nesses locais foi feita para essa segunda-feira (6/12) e hoje ainda pode ser contemplada pela população. O objetivo é chamar a atenção dos curitibanos sobre a importância do diagnóstico e do tratamento precoce, além de orientar sobre os cuidados que devem ser incorporados à rotina diária.

O câncer de pele é o tipo de neoplasia mais incidente no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano. Em Curitiba, dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam a projeção de 1.820 novos casos por ano. A boa notícia é que a maior parte, 95%, é do tipo não melanoma, menos agressivo. Além disso, quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.

“Por isso é importante que a população fique atenta aos sinais e sintomas, e procure logo um serviço de saúde”, afirma a dermatologista do Centro de Especialidades de Santa Felicidade da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, Simone Viola Ampuero Gehlen.

Prevenção

De acordo com a médica, a orientação é para que as pessoas fiquem atentas a lesões na pele que não cicatrizam, principalmente nas áreas que comumente ficam expostas ao sol. Sangramentos e pruridos neste tipo de lesões também são sinais de alerta. Segundo Simone, é importante observar pintas com mudança na cor e bordas irregulares.

Em qualquer um desses casos, a orientação é procurar o mais breve possível, um serviço de saúde, para uma avaliação. No SUS Curitibano, a porta de entrada é a unidade de saúde. Caso seja necessário, a unidade faz o encaminhamento do paciente para um especialista.

Além de observar os sinais de alerta, é importante também se prevenir. Medidas básicas do dia a dia que podem ajudar são o uso de filtro solar nas áreas que ficam expostas (com mínimo de fator de proteção solar de 30); evitar o sol entre as 10h e 16h; além de usar chapéu e roupas que protejam a pele o máximo possível da exposição direta ao sol.  

Câmara de Curitiba aprova suspensão de reajuste e limita correção do IPTU em 2022

O projeto da Prefeitura que adia a revisão da Planta Genérica de Valores e garante que o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) não sofra reajuste em 2022 foi aprovado, por unanimidade, nesta segunda-feira (06/12) em primeiro turno na Câmara Municipal de Curitiba (CMC). A proposta, que recebeu 38 votos favoráveis, será votada em segundo e último turno nesta terça-feira (07/12).

Confirmada a aprovação, a atualização da Planta Genérica de Imóveis fica adiada para outubro de 2022, sendo que o reajuste que será aplicado valerá para 2023.

Dessa forma, os reajustes que estavam em vigor nos últimos anos, de 4% para imóveis residenciais, e de 7% para terrenos (mais a inflação), não serão praticados no IPTU 2022, que terá apenas a correção pela inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

A revisão da Planta Genérica de Valores atualizaria o valor venal dos imóveis da cidade, de acordo com o mercado. Com isso a cobrança do IPTU poderia variar acima da inflação para aqueles imóveis com valor venal defasado.

“A atual pandemia de Covid-19 teve repercussão no campo econômico, diminuindo a renda de muitas famílias e a receita de muitas empresas, que foram obrigadas a paralisar suas atividades. Fazer essa correção, neste momento, traria inúmeros prejuízos para população”, diz a mensagem da Prefeitura no projeto.

A revisão da Planta Genérica é prevista pela legislação. A Lei Complementar nº 40, de 18 de dezembro de 2001 determina, no § 2º do art. 36, que o Poder Executivo deve encaminhar ao Poder Legislativo, até o dia 15 de outubro do primeiro ano do mandato, projeto de lei com proposta de atualização dos valores unitários de metro quadrado de construção e de terrenos, constantes na Planta Genérica de Valores Imobiliários

No entanto, a valorização imobiliária observada nos últimos quatro anos e a entrada em vigor da nova Lei de Zoneamento, em agosto de 2020, provocaram consideráveis alterações na ocupação urbana, com reflexos diretos no valor venal dos imóveis na capital.