Zoo de Curitiba vai iniciar trabalho de reprodução de onças-pintadas

Rauni fez barulho e deu o que falar nas redes sociais nesta semana, quando a sua chegada à capital paranaense foi anunciada pelo prefeito Rafael Greca. E ele merece toda essa atenção, já que a onça-pintada macho, que veio do Zoológico de Sorocaba, no interior de São Paulo, para o Zoológico de Curitiba, tem uma missão importante por aqui: dar início ao programa de conservação da espécie ameaçada. 

“Temos uma fêmea em idade reprodutiva, a Maia, mas ainda há vários fatores a considerar, entre eles, a análise genética. Se tudo correr bem, eles poderão se reproduzir dentro do programa”, conta o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Edson Evaristo.

O macho chegou ao Zoo de Curitiba no final de setembro e ainda passa por um período de quarentena. A previsão é de que na próxima semana ele vá para o recinto do setor em que os visitantes têm acesso. 

O Zoo de Curitiba agora integra 11 dos 25 grupos nacionais de trabalho pela conservação de espécies em risco de extinção. O programa é fruto de um Termo de Cooperação Técnica entre a Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (Azab), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com o ICMBio, a espécie é classificada como vulnerável. O tamanho populacional efetivo estimado das onças-pintadas no Brasil é menor do que 10 mil indivíduos. As principais ameaças são a perda e fragmentação de habitat, com a diminuição iminente dos remanescentes florestais por diversas causas, como a expansão agrícola, mineração, implantação de hidrelétricas, ampliação da malha viária. Há, ainda, a eliminação de indivíduos por caça ou por predadores. 

Vai, muriqui

Para o Zoo de Sorocaba, foi enviado um exemplar de muriqui-do-sul, espécie já reproduzida com sucesso pelo programa no Zoo de Curitiba, para parear com a fêmea do Zoo de Sorocaba. No Brasil, além de Curitiba, apenas o Zoo de Sorocaba mantém grupos reprodutivos de muriquis-do-sul, espécie classificada como criticamente ameaçada quanto ao risco de extinção. 

Outras várias espécies mantidas no Zoo contam com ações para a conservação, que incluem a reprodução e podem contemplar futuramente solturas na natureza. São elas: muriqui-do-sul; mico-leão-da-cara-dourada; macaco-aranha-da-testa-branca; tamanduá-bandeira; onça-pintada; lobo-guará; jacutinga; ararajuba; jacucaca; sagui-da-serra-escuro; harpia; mutum-do-sudeste; papagaio-da-cara-roxa, papagaio-chauá, papagaio-do-peito-roxo, papagaio-charão e papagaio-moleiro. 

Sobre a Maia

Maia é natural do Zoológico de Curitiba, filha do casal de onças-pintadas Angélica e Apolo, que foram encaminhados pelo Ibama, em 2006, vindos de uma apreensão. Apolo, infelizmente, morreu em decorrência da idade, em janeiro deste ano, ultrapassando a expectativa de vida da espécie em cativeiro, que é de 20 anos. Pelas estimativas, Apolo tinha 27 anos. Angélica, com seus cerca de 25 anos, continua em seu recinto.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pista Municipal de BMX recebe novas bicicletas para aulas gratuitas

A Pista Municipal de BMX da Prefeitura, no Parque Olímpico do Cajuru, recebeu novas bicicletas e equipamentos para serem usados nas aulas gratuitas de BMX do projeto Escola+Esporte=10 (EE10). Foram entregues, nesta quinta-feira (21/10), 31 novas bicicletas e 20 capacetes.

Os equipamentos foram comprados com recursos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comtiba) da Fundação de Ação Social (FAS). 

A pista com padrões internacionais foi inaugurada em junho e desde o início de agosto oferece aulas gratuitas para crianças e adolescentes do projeto EE10 e para a comunidade aos fins de semana. 

Para participar, os interessados devem conferir turmas e horários disponíveis no portal Curitiba em Movimento e também disponível no Curitiba App. Informações sobre horários de aulas também podem ser conseguidos pelo telefone do Núcleo Regional do Cajuru da Smelj, no 3221-2353, ou pelo 3221-2484.

A entrega das novas bicicletas foi acompanhada pelo vice-prefeito Eduardo Pimentel, e pelo secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Emilio Trautwein. 

Parque Olímpico do Cajuru

O endereço do Parque Olímpico do Cajuru é Rua Rivadávia Fonseca de Macedo, 510, Cajuru. Além da Pista Municipal de BMX, o complexo esportivo conta com campos de futebol de areia, de rua e americano, quadra de futebol de salão, academia ao ar livre, área de treinamento de atletismo, um estádio municipal de beisebol e softbol, pista de caminhada e canchas de voleibol.

Nissei vai aplicar vacinas contra a H1N1 gratuitamente a partir dessa quinta-feira (21)

Nessa quinta-feira (21), a Rede de Farmácias Nissei inaugura mais uma sala de Serviços Avançados Nissei (SAN). A unidade está localizada no Ventura Shopping. Para marcar a data, a Nissei vai aplicar gratuitamente 1.674 doses de vacinas tetra contra a gripe H1N1. Além da nova sala do Ventura, a aplicação também poderá ser feita nas farmácias 24h dos bairros Bacacheri, Hauer, Portão e Seminário

Os interessados devem se cadastrar e agendar um horário no site da Nissei (https://www.farmaciasnissei.com.br/influenza-tetra-gripe-influvac-tetra), escolhendo a loja onde será realizada a imunização. 

A vacina tetraviral do vírus Influenza tem indicação de aplicação anual, pois o imunizante passa por atualização constante, realizada por conta das cepas variantes. Pessoas acima dos seis meses de idade, sem restrição, podem receber a vacina.