domingo, outubro 1, 2023
spot_img
InícioCuritibaZelo pela Educação: sabia que Curitiba tem impressoras 3D para usar de...

Zelo pela Educação: sabia que Curitiba tem impressoras 3D para usar de graça?


Curitiba tem 33 oficinas de criatividade abertas a estudantes, profissionais da rede municipal de ensino e à comunidade, de maneira gratuita, para pesquisas e desenvolvimento de projetos mãos na massa. São 32 espaços nos Faróis do Saber e Inovação anexos às escolas, nas dez regionais, e uma oficina maker na sede da Secretaria Municipal da Educação, dentro do Laboratório Pedagógico de Inovação, no Alto da Glória, utilizada principalmente para ações formativas dos professores.

As oficinas dos Faróis são usadas rotineiramente para atividades pedagógicas dos estudantes, orientadas por professores, mas podem ser visitadas e frequentadas pela comunidade. Os Faróis também oferecem empréstimo de livros.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, explica que a aprendizagem em Curitiba se dá por meio de uma abordagem criativa, disruptiva, que coloca o estudante como protagonista.

“Temos muitas ações da aprendizagem criativa como propósito, como algo fundamental para nossos estudantes”, pontuou Maria Sílvia.

No Farol do Saber e Inovação Gilberto Freyre (regional Boa Vista), a professora Lucinéia da Silva destaca a participação dos estudantes em todas as atividades, do início ao fim do projeto. “Aqui tudo tem o envolvimento deles, eles têm a ideia, pesquisam, resolvem problemas, propõem soluções”, relatou a professora.

VEJA AQUI projetos desenvolvidos nas escolas.

Os Faróis da Inovação são a evolução do conceito dos Faróis do Saber, criados na década de 1990, na primeira gestão Rafael Greca. Projetados para abrigar bibliotecas e oferecer internet gratuita, foram as primeiras lan houses gratuitas da cidade.

Nesta gestão, os Faróis do Saber e Inovação ganharam reconhecimento internacional. Em 2018, o projeto ficou entre os selecionados do Desafio Aprendizagem Criativa 2018, promovido pela Fundação Lemann e o Massachusetts Institute of Technology (MIT) Media Lab.

 

Faróis Móveis

O cuidado com a qualidade das ações inovadoras foi expandido também para os Centros Municipais de Educação Infantil, os CMEIs, com os Faróis Móveis. Todas as unidades já receberam o equipamento.

Concebidos como uma extensão do projeto dos Faróis do Saber e Inovação, que são oficinas maker com impressoras 3D, são carrinhos em forma de farol que podem circular pelas salas das unidades com impressora 3D, óculos de realidade virtual, notebook, microscópio, lupas, globo terrestre, caixa de luz, livros, canetas de luz negra, binóculos, alfabeto imantado, entre outros itens.

Nova e inclusiva

Inaugurada em março como parte das comemorações dos 330 anos de Curitiba, a Biblioteca Pedagógica e Inclusiva Darcy Ribeiro, no centro da cidade, é ponto de encontro de artistas e professores.

O público é predominantemente adulto e do meio artístico, como professores, músicos, jornalistas e estudantes de Artes. A maior parte da procura é por títulos de literatura e técnicos (pedagogia).

A psicopedagoga e mestre em Educação Aluah Bianchi aproveita o novo espaço para pesquisas.

“Sou uma pesquisadora das infâncias. A qualidade dos livros, a variedade, tudo novo, a organização é muito convidativa à leitura. Achei muito bacana e o lugar está aconchegante”, avaliou Aluah.

São quatro mil títulos disponíveis à comunidade acadêmica e às famílias, inclusive com atendimento noturno (pesquisas, reuniões acadêmicas, visitas), mediante agendamento. Também estão disponíveis audiolivros, óculos de realidade virtual e títulos em braile, entre outros.



Leia a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão