Vinho da Região Metropolitana é uma boa opção para celebrações de fim de ano

Muitas pessoas gostam de presentear amigos, clientes e ou abrir um bom vinho nas celebrações de fim de ano. Também é natural que no momento de escolher o tipo da bebida, muitos se deparem com questões como: “será que a combinação é adequada?” ou “será que a pessoa presenteada vai gostar do rótulo?”, e por aí vai.

Para dar uma ‘mãozinha’ ao público nesta questão, a Família Fardo Vinícola, da região de Curitiba, selecionou cinco rótulos de vinhos que combinam muito bem com a época do ano e vai ao encontro das necessidades de quem não quer errar na hora de presentear a quem gosta. Na carta 2019 de fim de ano estão: Chardonnay, Malvasia, Pinot Noir, Merlot 2011, Brut e Extra Brut, todos disponíveis nas lojas física e virtual da Fardo.

“Fizemos essa seleção porque percebemos que muitas pessoas ao chegarem em nossa vinícola, ou mesmo no atendimento eletrônico, possuem muitas dúvidas no momento da escolha e se sentem até angustiadas com a variedade de rótulos existentes no mercado. Então selecionamos esses seis vinhos em meio a mais de 20 que dispomos, para ajudar o público nesta época tão empolgante do ano”, explica Justina Fardo, uma das sócias da Vinícola Fardo.

Para servir como entrada ou em uma noite quente de início de verão a dica é escolher o espumante Brut ou Extra Brut. “Não tem erro, aliás eles podem ser servidos ainda ao longo do jantar, pois combinam com os pratos tradicionais de fim de ano. A diferença entre eles está na sensação de paladar, sendo o extra brut um espumante mais seco, agradando convidados que preferem mais esse estilo”, explica o enólogo Renato Garcia.

O enólogo lista ainda dicas das harmonizações com a carta selecionada. “Para não errar na harmonização com saladas, canapés, queijos de massa mole, por exemplo, tenha a mesa o vinho Malvasia de Cândia. Já o Chardonnay vai ao encontro do paladar do tradicional peru ou chester. Pratos como tender e antepastos pedem um bom Pinot Noir e para os cortes suínos magros, rosbife e mignon de cordeiro, muito comuns nessa época do ano o Merlot 2011 é a pedida certa”, indica o enólogo.

Serviço:

Para quem deseja uma visita as instalações e queira conhecer outros rótulos, a Vinícola está aberta ao público de domingo a domingo, das 9h às 17h, exceto nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro, na Rod. BR 116, nº 550, km 69 – Quatro Barras. Mais informações: (41) 3672-1693 e (41) 3672-4488.

Pela loja virtual em qualquer lugar do Brasil, os vinhos podem ser adquiridos e entregues no endereço escolhido. Para moradores de Curitiba o custo de entrega para compra via loja virtual não é cobrado.  Além disso, os rótulos também podem ser escolhidos em lojas conveniadas em Curitiba. Os endereços podem ser conferidos no endereço www.familiafardo.com.br

Polícia Civil resgata cão abandonado em São José dos Pinhais

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) resgatou um cão que estava em situação de abandono pelas ruas de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. O animal que não possui raça estava em situação precária. A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira (24).  

Após receber uma denúncia informando a situação do cão, os policiais civis foram até o local informado para resgata-lo. A PCPR contou com o apoio do Instituto Fica Comigo que irá tratar do animal e posteriormente colocá-lo para a adoção.  

Refinaria de droga em residência é encontrada pela Polícia em Piraquara

Um laboratório de drogas foi descoberto pelos policiais militares do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), na noite de segunda-feira (22/06) em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Um adolescente, de 17 anos, acabou apreendido na ocorrência. O responsável pelo refinamento da droga não foi encontrado na casa no momento da abordagem. Ao todo, foram apreendidos quase três quilos de cocaína, uma prensa hidráulica, quatro quilos de material químico para beneficiamento da droga, entre outros materiais.

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência, os policiais militares receberam denúncias de que ocorria tráfico de drogas em uma casa localizada na Planta Deodoro. As equipes da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) foram até o endereço e viram um rapaz correr ao ver a chegada das viaturas. O suspeito foi abordado e constatado que estava com uma porção de maconha. Segundo o BPGd, o rapaz, de 17 anos, teria contado que vendia drogas e indicou na casa onde havia mais entorpecentes, sendo apreendida uma balança de precisão e mais 170 gramas de maconha.

Durante os procedimentos, o adolescente teria informado que adquiriu a droga de seu sogro, o qual movimentava a venda de drogas, principalmente de cocaína. Ele repassou o endereço da casa aos policiais (Rua Mario de Jesus Simeão). No local, os policiais militares constataram que o suspeito não estava em casa, mas ao verificarem numa edícula, viram que havia bacias com pó branco, liquidificador e ferramentas para beneficiamento da droga, além de embalagens com produtos químicos (pedra hume em pó, dióxido de titânio e silicia)

A equipe entrou na casa e constatou que os materiais eram para refinar cocaína. Havia uma prensa hidráulica e quase três quilos de cocaína. De acordo com as informações do BPGd, também foram encontradas roupas semelhantes a fardas das Forças Armadas e policiais. Ainda segundo a unidade, a mulher do suspeito, de 43 anos, chegou na casa e ela teria informado que desconhecia a atividade do marido e não sabia onde ele estava. Ela autorizou buscas na casa dela, sendo encontradas munições para calibre .380. Após as medidas de praxe, todo o material encontrado foi entregue na Delegacia de Polícia de Piraquara para as medidas de praxe.

Via: PMPR