Uma viatura, um idoso e um helicóptero na Praça do Japão

Uma viatura, um idoso e um helicóptero na Praça do Japão
“A Avenida Sete de Setembro, no bairro Água Verde, em Curitiba, ficou parcialmente bloqueada com o pouso de um helicóptero na manhã desta quinta-feira (24). A canaleta exclusiva para a passagem de biarticulados, em ambos sentidos, ficou bloqueada por 30 minutos. Um idoso foi atropelado por uma viatura policial e foi socorrido ao Hospital Evangélico.

Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) seguiam para o bairro Pinheirinho para dar apoio a uma situação em que um homem armado ameaçava algumas pessoas. Nas proximidades da Praça do Japão, a viatura 10760 acabou perdendo o controle e atropelou um idoso que estava na calçada.

De acordo com testemunhas, o homem parece ter acima de 70 anos e perdeu bastante sangue, já que sofreu uma fratura exposta no pé. Não há informações se ele corre risco de morte.

O trânsito está lento do local e já tem registro de congestionamento. O Batalhão de Polícia de Trânsito e agentes da Secretaria de Trânsito auxiliam os motoristas.”

FONTE:  Banda B (Texto por: Elizangela Jubanski)

Confira algumas imagens:

VÍDEO POR: Cristian Tetzner

2013-10-24-10-38-42

IMAGEM POR: Cristian Tetzner

1376572_10200866899333986_1547060836_n (1)

FOTO POR: Juliana Carvalho

0 Comments

  1. Todos podem cometer erros, infelizmente dessa fez foi um erro do policial que estava dirigindo a viatura, melhoras para o idoso

  2. bom, meia duzia de pessoas do nosso povo curitibano tbm vivem no mundo da lua… quantos mané atravessam a rua mandando mensagem na porra do celular e nem se tocam que estao no meio da rua ou canaleta….. escrevo isso pq também ando de moto e tenho que ficar esperto com estes bocós…..

  3. Menina, eu quando escutei a caminhonete freando a gente correu na janela e já vimos ele caindo. Não filmei o senhor, pois ele estava muito machucado. A quantidade de viaturas foi enorme antes de chegar o salvamento.

  4. "a viatura 10760 acabou perdendo o controle"?

    Ok, são as palavras de quem redigiu. Há esse viés de interpretação.
    Mas considerando o que vemos, principalmente em horários de maior movimento, é de se contestar a perda de controle. Pode haver, é claro, não se pode excluir essa possibilidade. Acidentes acontecem, e 'acidentes são acidentes, quando se há prudência' – do contrário, é negligência.
    E, é necessário que viaturas se locomovam em alta velocidade para anteder emergências. Porém, é de se pensar nas viaturas, sejam militares ou médicas, que ligam uma sirene e 'giroflex' para terminar mais cedo o expediente.O qual, por irresponsabilidade, às vezes, torna o tempo de trabalho ainda maior naquele dia.
    Espero que o idoso e o condutor se recuperem logo, o primeiro do trauma físico e psicológico e o segundo, se prudente, da culpa desnecessária, caso tenha sido acidente.

  5. quando a pessoa está em estado mto grave o helicoptero não pdoe levar, a altitude faz o risco aumentar, pode ter sido isso

  6. Falou e disse, e não é só aí em ctba não, tem muitas cidades que sofrem com os bocós!

  7. Assim como as canaletas são exclusivas para ônibus e não para helicópteros né? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

  8. Isso ai Fabiano estamos juntos nessa, é só mais um acidente em nossa capital, como se isso fosse coisa de outro mundo só porque envolveu uma viatura da policia militar, Poxa vida tem tanta merda nesse transito, o certo mesmo seria se cada um ficasse no seu quadrado e respeitasse as leis.

  9. Mais um não senhor, é a vida de um cidadão que foi colocada em risco.O simples fato de a viatura estar com luzes e sirenes ,ligadas,não justifica trafegar em velocidade acima da margem de segurança em avenidas de uma cidade com 2 milhões.È assumir o risco de bater,capotar e matar.