quinta-feira, fevereiro 22, 2024
spot_img
InícioParanáVale do Ribeira no Paraná e São Paulo unem forças para o...

Vale do Ribeira no Paraná e São Paulo unem forças para o desenvolvimento territorial | ASN Paraná


Uma nova parceria está surgindo entre a região do Vale do Ribeira no Paraná e São Paulo, projetando benefícios para ambos os estados. O processo de aproximação foi iniciado pelo Sebrae/PR e teve início a partir de um interesse genuíno das lideranças que compõem o Comitê de Desenvolvimento do Vale do Ribeira no Paraná.

A visita que marcou o início da colaboração aconteceu entre os dias 25 e 27 de outubro. Fotos Divulgação

O gerente da Regional Leste do Sebrae/PR, Weliton Perdomo, lembra que a parceria começou a tomar forma ainda em 2021, quando foi estabelecido o Comitê de Desenvolvimento. Nesse período, as lideranças envolvidas passaram a tomar conhecimento do projeto Da Gosto Ser do Ribeira, que estava sendo implementado no Vale do Ribeira, em São Paulo.

“Buscamos uma articulação com o Sebrae/SP para entender melhor o projeto. Em 2022, essa interação possibilitou uma visita da gerente do Sebrae/SP ao Paraná, onde foram apresentados detalhes do projeto Da Gosto Ser do Ribeira. A ideia foi conhecer melhor o projeto e iniciar um diálogo com o Sebrae/SP para levar essa governança ao Comitê de Desenvolvimento do Vale do Ribeira, no Paraná”, relembrou Perdomo.

Entre os dias 25 e 27 de outubro, uma visita a São Paulo marcou o início da colaboração. Foram realizadas visitas técnicas ao Grupo Arte Looze, no Museu Casa do Artesão, no Morro do Ouro, ao Centro Histórico e Encontro das Águas, na cidade Apiaí, na Palmitolândia, em Iporanga, e o Sítio Shimada, entre outros locais com potencial turístico na cidade de Registro (SP).

A agenda foi elaborada em parceria com o Sebrae/SP e contou com a presença do Comitê de Desenvolvimento do Vale do Ribeira, no Paraná, com a presença do prefeito de Cerro Azul, Patrik Magari, e o representante da Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano da Prefeitura de Curitiba, Renato de Oliveira Ribas Filho.

“Essa missão foi produtiva. Há algum tempo, estávamos realizando sondagens sobre os projetos executados em nossos vizinhos no Vale do Ribeira. A geografia, a população, as características e potencialidades são semelhantes às nossas, de modo que muitos dos bons trabalhos realizados lá podem ser replicados aqui. Voltamos cheios de novas possibilidades, com o objetivo de ressignificar nosso território”, avaliou a presidente do Comitê de Desenvolvimento do Vale do Ribeira no Paraná, Tatiane Pogogelski.

Segundo Perdomo, o projeto Da Gosto Ser do Ribeira foi o catalisador dessa aproximação, e a visita serviu como um momento de troca de experiências. Ele conta que o Sebrae/PR compartilhou suas práticas de formação de lideranças, como o Programa Líder, que foi trabalhado com suas governanças ao longo de um ano e cinco meses.

“Nossa intenção é compreender o funcionamento do projeto e nos deixar inspirar pelo que tem sido realizado lá. Além disso, desejamos compartilhar nossas boas práticas na área de formação de lideranças. O Comitê de Desenvolvimento do Vale do Ribeira é um exemplo valioso também no que diz respeito à construção de uma governança eficaz”, acrescentou Perdomo.

Um dos pontos turísticos visitados foi um mirante, na divisa entre os municípios de Apiai (SP) e Iporanga (SP)

Por sua vez, durante a missão, o Vale do Ribeira/SP apresentou iniciativas e empreendimentos de destaque, como o turismo rural e o fortalecimento dos empreendedores locais, com base no pertencimento local e na valorização do território.

A gerente regional do Sebrae/SP, Michelle Raimundo dos Santos, afirma que tanto o projeto quanto a marca Da Gosto Ser do Ribeira ajudaram a desenvolver a autoestima da população que, por muitas gerações, teve contato com discursos nocivos relacionados à pobreza.

“Hoje, a região da mata atlântica do Vale do Ribeira é a mais preservada do País e segue seu desenvolvimento de forma sustentável, com consciência e empoderamento das pessoas que moram lá, desejam retornar ou ainda investir na região”, acrescentou a gerente.

Segundo Michelle, a aproximação entre os estados fortalece o reconhecimento e a identidade positiva da região, a valorização de produtos e serviços regionais, aumenta o senso de pertencimento e a visão de futuro para as oportunidades de desenvolvimento econômico.

“As riquezas culturais se somam, as experiências políticas geram aprendizados e visam parcerias estratégicas constantes”, destacou.

Tanto o Sebrae/SP, quanto o Sebrae/PR, acreditam que a formação de lideranças, o desenvolvimento de empreendimentos locais e o estreitamento dos laços entre essas comunidades podem levar a avanços significativos em áreas como turismo, agronegócio e desenvolvimento sustentável.

“O Vale do Ribeira é de um potencial turístico, histórico e cultural gigantesco. A iniciativa privada vem se profissionalizando, vislumbrando o turismo receptivo e vários projetos de qualificação e capacitação para os pequenos negócios relacionados ao setor vêm acontecendo de forma continuada pelo Sebrae”, concluiu Michelle.



Leia a matéria no site do Sebrae

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão