Vale da Música receberá músicos, estudantes e professores durante Oficina de Música

O Palco Flutuante na Ópera de Arame, mais uma vez receberá o circuito off da Oficina de Música. Serão dez dias de apresentações entre 1º e 10 de julho com uma programação especial todos os dias. O Vale da Música, festival permanente de música instrumental, apresentado pelo Bradesco e com realização da Futura Fonte em parceria com a DC Set Group, tradicionalmente realiza um intercâmbio cultural com a Oficina de Música, que está em sua 39ª edição. A ideia é trazer ao público que frequenta a Ópera a oportunidade de conhecer grandes nomes que passam pela Oficina, que é uma das mais tradicionais do país.

“Para o Vale da Música é uma honra fazer parte deste intercâmbio. A Oficina tem um papel muito relevante e está relacionada com o nosso propósito, que é o de movimentar a cena musical brasileira”, conta Alana Alboitt, coordenadora de marketing Futura Fonte. Entre os músicos e bandas que fazem parte da Oficina e se apresentarão no Palco Flutuante estão Glauco Solter, Gustavo Kraemer, Mário Conde, André Ribas e Leonardo Santos, Denis Mariano Quarteto, Daniel Migliavaca e Nábio Rodrigues, Serra Acima Trio convida André Ribas, Pedro Silva e três no choro. Ainda, nos últimos horários de sábado e domingo, os alunos que mais se destacarem na Oficina irão se apresentar no Vale. Para saber os horários de todas as  apresentações, basta acompanhar o Instagram do Vale da Música (@festivalvaledamusica). 

A Oficina de Música é uma das mais tradicionais do país e é a primeira vez que ela acontecerá durante o inverno. Além do Palco Flutuante no Vale da Música, serão mais de 100 atrações para assistir e entre os grandes nomes da Oficina estão Toquinho – que inclusive se apresentará no palco da Ópera de Arame -, Renato Borghetti, Danilo Caymmi e Claudio Nucci, Spok Frevo e um show de encerramento com a baiana Margareth Menezes.

Saiba mais sobre os artistas que estarão no Palco Flutuante:

André Ribas e Leonardo dos Santos
André Ribas e Leonardo dos Santos trazem, através da combinação formada pelos instrumentos “primos” Acordeon e Harmônica Cromática, uma abordagem sobre o reportório brasileiro, influenciados pelas suas vivências musicais e explorando essa sonoridade única que esses dois instrumentos juntos proporcionam.

Denis Mariano Quarteto
Denis Mariano Quarteto apresenta um show rico em sonoridades e ritmos do Brasil, com composições dos álbuns Brisk e Percuteria, além de clássicos da música brasileira. Denis Mariano: bateria, Sérgio Monteiro Freire: saxofones, André Machado: guitarra e Igor Loureiro: baixo

Daniel Migliavaca e Nabio Rodrigues
O bandolinista Daniel Migliavacca e o violonista Nabio Rodrigues se encontram para apresentar um repertório que transita especialmente entre o samba e o choro passando por composições de Daniel, sempre com arranjos próprios.

Serra Acima Trio convida André Ribas
O instrumental de violas Serra Acima Trio convida o Acordeonista e Compositor André Ribas para um show especial no qual exploram sonoridade da viola e acordeom dentro do universo dos ritmos fronteiriços, folclóricos e de clássicos da Música Popular Brasileira.

Mario Conde
Mario Conde, músico, compositor, arranjador, multi-instrumentista de cordas. Com três CDs e um DVD autorais, integrante da Orquestra à base de Sopros de Curitiba. Com mais 35 anos de carreira, passando por grupos como do trombonista Raul de Souza, Grupo Sotak, o antológico Impacto Impar, Dr. Cipó e Na Tocaia, todos com registros fonográficos no Brasil e na Europa.

Pedro Silva
Pedro Silva é guitarrista, violonista e educador musical. Reside em Itajaí, Santa Catarina. Como instrumentista já atuou em diversos trabalhos dos mais variados estilos e, atualmente, vem desenvolvendo projetos voltados ao Jazz e Música Instrumental Brasileira, com formações de Duos, Trios e Quartetos. No repertório, o artista carrega clássicos da música brasileira e standards de Jazz.

Gustavo Kraemer
Gustavo Kraemer é compositor, educador musical, arranjador, instrumentista com pós-graduação em Música Popular Brasileira pelo Conservatório Brasileiro de Música (RJ), e passagem pelo Conservatório de Tatuí (SP), onde estudou Piano com foco em Jazz e Música Brasileira. Além do trabalho solo que leva a sua assinatura, atua como Diretor Pedagógico da casa de cultura Instituto Casa Nobre, na Guarda do Embaú (SC) e como jovem compositor sinfônico apoiado pela International Brazilian Ópera Company, de Nova York(EUA). Nascido em Dourados (MS), Gustavo ampara sua pesquisa e produção musicais nas travessias que realiza por distintos territórios culturais, numa cartografia que abrange tradições da música popular brasileira, da música sinfônica mundial, do jazz americano e do cancioneiro folclórico sul-americano.

Glauco Solter
GLAUCO SÖLTER é baixista nascido em Cascavel (PR), radicado em Curitiba e atualmente morando (também) em São Paulo. Toca e grava regularmente com diferentes trabalhos no Brasil e exterior. Por mais de 15 anos acompanhou e dirigiu o grande trombonista Raul de Souza. Tem seu trabalho autoral com 5 CDs lançados, além de fazer parte dos grupos “Mano a Mano Trio”, “Duo Bandolaxo” e “Projeto Cataia” (com Arismar do Espírito Santo). Já trabalhou com nomes como João Bosco, João Donato, Ron Carter, Badi Assad, Richard Bona, Toninho Horta, entre outros. Frequentou a Berklee College of Music em 1999. Antes disto havia tocado com seu trio no Montreux Jazz Festival e lançado nacionalmente um CD com o grupo de música instrumental NaTocaia. Atua também regularmente como professor, arranjador e produtor cultural. Acaba de lançar o livro Levadas Brasileiras, sobre a história do baixo no Brasil.

Três no choro
Formado por Marcela Zanette (flauta transversal), Carla Zago (violino) e Renan Bragatto (acordeom). Para construir sua sonoridade o grupo mergulha num repertório que além do choro inclui o baião, frevo, valsa e samba. Visitam a obra de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Luiz Gonzaga e composições próprias, valorizando a tradição e buscando novas possibilidades sonoras.

Serviço:
Circuito Off da 39ª Oficina de Música de Curitiba
Data: 01 a 10 de julho de 2022
Valor para entrada no Vale da Música: R$ 15,00 inteira e R$ 7,50 meia-entrada. O benefício é válido para pessoas que estejam dentro da lei da meia-entrada, crianças de até 12 anos e para moradores de Curitiba e região metropolitana, que precisam levar um comprovante de residência para obter o desconto.
Endereço: Rua João Gava, 970 – Abranches.
Mais informações sobre as apresentações: @festivalvaledamusica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tour Cedo ou Tarde | NX Zero anuncia nova data em Curitiba e abre vendas em Porto Alegre e Ribeirão Preto

Celebrando uma história de sucesso e que acumula hits, o NX Zero vai viajar o Brasil durante os próximos meses, matando a saudade de um público fiel que ansiava por ver a banda em cima dos palcos novamente.

Após o sold out de ingressos para o show do dia 30 de junho, em Curitiba, o quinteto abre uma nova data para atender os fãs paranaenses, dia 1 de julho, no mesmo espaço (Live).

Além disso, as vendas da Tour Cedo ou Tarde em Porto Alegre (22/06) e Ribeirão Preto (15/07) iniciaram hoje e você pode garantir seu ingresso através do link:      https://www.nxzerooficial.com.br/

O projeto é uma realização da 30e, empresa que representa a nova geração do entretenimento ao vivo, em parceria com a Agência de Música, responsável pelo empresariamento do NX Zero. A turnê Cedo ou Tarde mira em referências de shows internacionais que exploram a interação com público e a criatividade no uso de LED, conteúdo e tecnologia, interagindo com a identidade e conteúdo visual do projeto criado pela agência B+Ca.

TOUR CEDO OU TARDE

28/05 – Rio de Janeiro/RJ – MITA
04/06 – São Paulo/SP – MITA
22/06 –  Porto Alegre/RS – Auditório Araújo Viana (vendas abertas)24/06 – Vitória/ES – Praça do Papa
30/06 –  Curitiba/PR – Live (sold out)
01/07 –  Curitiba/PR – Live07/07 – Florianópolis/SC – Hard Rock Live
08/07 – São José do Rio Preto/SP – Centro Regional de Eventos
14/07 – Belo Horizonte/MG – Expo Minas
15/07 – Ribeirão Preto/SP – Centro de Eventos Ribeirão Shopping (vendas abertas)21/07 – Brasília/DF – Arena BRB Nilson Nelson
22/07 – Goiânia/GO – Goiânia Arena
29/07 – Salvador/BA – Arena Fonte Nova
04/08 – Recife/PE – Classic Hall
05/08 – João Pessoa/PB – Domus Hall
11/08 – Natal/RN – Arena das Dunas
12/08 – Fortaleza/CE – Colosso
18/08 – Manaus/AM – Studio 5
19/08 – Belém/PA – Espaço Náutico Marine Club

Sobre a Agência de Música

Desde 2006, a Agência de Música atua no mercado nacional e internacional como uma empresa full service de empresariamento artístico. A Agência explora caminhos e constrói estratégias para realizar e potencializar todo trabalho artístico dos clientes. A indústria do entretenimento está em constante mudança. Saber ler e antecipar movimentos que possam impactar a carreira do artista e, partir desta leitura, desenvolver soluções e potencializar oportunidades é o objetivo. Conta com um time especializado para administrar as demandas diárias da carreira dos clientes para que o artista use seu tempo com o que sabe fazer melhor: Arte. Já passaram pela agência, Mallu Magalhães, Gabriel O Pensador, Maria Rita e muito mais. Atualmente a Agência de Música é responsável pela carreira de IZA, Di Ferrero, NX Zero, Marcelo Camelo, Luccas Carlos, Marô e Hodari.

Sobre a 30e

A 30e representa a nova geração do entretenimento ao vivo. Atuando em duas grandes frentes – Festivais e Grandes Turnês -, a empresa vem desenvolvendo o posicionamento “Delivering Happiness”, que traduz uma atuação mais preocupada com a experiência do público e das marcas. No último ano realizou shows como: The Killers, Twenty One Pilots, Slipknot, Bring Me The Horizon, Pantera, Judas Priest, J Balvin, entre outros. Foi responsável pelo reencontro da banda Titãs com os 7 integrantes para uma turnê que vai rodar o Brasil todo.

Sobre a Bonus Track

A Bonus Track já nasceu grande – seus sócios e profissionais atuaram na linha de frente dos principais eventos de entretenimento, cultura e música dos últimos anos. Luiz Oscar Niemeyer foi responsável por momentos históricos, como o show dos Rolling Stones na praia de Copacabana e todos os shows de Paul MacCartney no país, incluindo a lendária apresentação no Maracanã. Luiz Guilherme Niemeyer abriu novas frentes de atuação como a inauguração do Teatro XP Investimentos, gerenciamento de carreiras, lançamento de novo selo, concepção de novos projetos como o Festival MITA e uma forte atuação digital para todos os projetos realizados

Tango Argentino na Casa Eliseu Voronkoff

Em passagem pelo Brasil, a artista argentina, Aylen Chanquia realizará uma aula exploratória de tango no centro cultural Casa Eliseu Voronkoff, em Araucária. Aylen, que também possui um espaço cultural em seu país, o Cronopios, veio compartilhar com os paranaenses em uma aula rápida, mas consistente, um dos pilares fundamentais do tango argentino: o abraço.

Segundo Chamquia, “o tango argentino se caracteriza pelo diálogo e pela comunicação que gera com um abraço; sua necessidade de se compreender com o outro, para poder dançá-lo, alcança justamente a aceitação “daquele outro” como alguém diferente com quem se pode compartilhar. ”

Durante a aula que Aylen preparou para os brasileiros, os participantes irão desenvolver e percorrer diferentes etapas, descobrindo e distinguindo características do tango, tais como: o ritmo musical, o andar, as várias formas de abraçar, os papéis e algumas figuras coreográficas.

Aylen, que fica em Curitiba até dia 16 de fevereiro, é Bacharel em Gestão Artística e Cultural, professora de dança na Escola Integral de Teatro Roberto Arlt da Faculdade de Arte e Desenho – Universidade Provincial de Córdoba, Argentina. Construiu grande carreira na Faculdade de Danças Folclóricas Argentinas, da Escola Municipal de Artes Folclóricas, Ballet José Hernández na cidade de La Falda. Foi integrante do Ballet Esencia de mi Pueblo, dirigido por Oscar Arce. Desde 2019, faz parte da La Indómita Danza Orquesta, Elenco Prácticas Escénicas da Faculdade de Arte e Desenho da Universidade Provincial de Córdoba, dirigida por Ariana Andreoli. Atualmente está interpretando, criando e dirigindo Hermana Cerro, Folk Projection Duo. Coordena a oficina municipal de folclore argentino para idosos no Centro de Aposentados da cidade de La Falda, além de integrar a Cátedra de Folclore Latino-Americano. Faz parte também da organização e coordenação do Fórum de Dança da Cidade de La Falda.

A aula exploratória de tango argentino acontece no dia 10 de fevereiro, das 19h às 21h, na Casa Eliseu Voronkoff, que fica na Rua Julieta Vidal Ozório, 413, no Centro, de Araucária. Informações e a reserva de vagas poderão ser feitas pelo telefone 41 3031 5355 ou pelo Whatsapp 41 99850 6246. O investimento é de R$50,00 (individual) e R$80 (casal).

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com