Um novo filme do Máscara pode estar a caminho, e com Jim Carrey no papel principal

De acordo com informações obtidas pelo site We Got This Covered, a Warner Bros. planeja levar de volta aos cinemas um personagem muito querido dos anos 1990. Aparentemente, a empresa considera ressucitar ninguém menos que o Máscara!

E o melhor disso tudo? O estúdio tem como primeira opção trazer Jim Carrey novamente para o papel de Stanley Ipkiss e da personalidade insana que vem à tona quando ele veste a máscara nórdica possuída pelo espírito do deus Loki.

Não se sabe, porém, se o ator já foi contatado sobre a proposta, mas segundo a fonte contatada pelo portal, existe muito interesse por parte da Warner em fazer esse projeto acontecer.

A primeira e única vez que Carrey viveu o personagem foi em 1994, no longa de sucesso O Máscara, que arrecadou US$351 milhões nas bilheterias. Naquele mesmo ano, ele interpretou também Ace Ventura e Loide (da dupla Debi & Loide), três filmes que alavancaram a carreira do astro.

Mas o que nem todo mundo sabe, é que o filme é uma adaptação de uma série homônima de histórias em quadrinhos, produzida entre 1982 e 1985 por Mike Richardson, e publicada no final dos anos 1980 pela editora Dark Horse Comics. E vale notar que, apesar do tom e da estética “cartunescas”, as HQs são repletas de violência, sangue e conteúdo não recomendado para menores de idade, como pode ser visto na capa abaixo.

 

Via: Rolling Stones

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça 5 filmes gravados em Curitiba

Grande parte dos filmes nacionais têm São Paulo ou Rio de Janeiro como plano de fundo, isso acontece porque as maiores produtoras de cinemas estão localizada nessas cidades e a logística se torna mais simples. Mas isso não quer dizer que não existam bons filmes rodados em outras cidades do país, pelo contrário, a qualidade do cinema brasileiro está crescendo muito nos últimos anos. Prova disso são os filmes que foram gravados em Curitiba. Confira alguns deles na lista a seguir:

Curitiba Zero Grau: filme brasileiro gravado em 2010, dirigido por Eloi Pires Ferreira e estrelado por Jackson Antunes. Gravado inteiramente em Curitiba, participou do Festival do Rio em 2010 e em 2011 ganhou o prêmio do público no CINESUL – Festival Latino-Americano de Cinema e Vídeo. O enredo conta a história de quatro homens comuns, de diferentes classes sociais, que vivem situações extremas e têm suas vidas modificadas para sempre, na capita mais gelada do país.

Espaço Além – Marina Abramović e o Brasil: o documentário da renomada artista plástica mostra viagens por lugares místicos do Brasil, pesquisando comunidades espirituais, pessoas e lugares e experimentos espirituais, uma das paradas de Marina é em Curitiba.

Estômago: Raimundo Nonato mudou-se para a Curitiba na esperança de ter uma vida melhor. Trabalhando como faxineiro em um bar, ele descobre que seu talento é mesmo na cozinha, então, ele transforma o bar em um sucesso e acaba sendo contratado para trabalhar em um restaurante italiano da região como assistente de cozinheiro. A cozinha italiana é uma grande descoberta para Raimundo, que agora tem uma casa, roupas melhores, relacionamentos sociais e um amor.

Para Minha Amada Morta: Do conhecido diretor Aly Muritiba, a trama conta a história de Fernando, que após a morte de sua esposa, torna-se um homem quieto e introspectivo e cria sozinho seu filho. Todas as noites, enquanto seu filho dorme, o viúvo “revive” a presença da esposa, tentando organizar seus pertences. Um dia, ele descobre, em uma fita VHS, uma surpresa que coloca em dúvida o amor da esposa por ele. Fernando decide investigar a verdade por trás destas imagens, desenvolvendo uma obsessão que consome seus dias e rotina.

Polícia Federal – A Lei é para Todos: filme policial que retrata a Operação Lava Jato sob o ponto de vista dos investigadores que a protagonizam. A investigação recai na equipe montada por Ivan Romano sedida em Curitiba As conexões do tráfico os levam ao doleiro Alberto Youssef e, posteriormente, ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa que revela uma imensa estrutura envolvendo construtoras e o governo, de forma a desviar dinheiro público. À medida que a investigação avança, o grupo liderado por Ivan se aproxima cada vez mais de alguns dos políticos mais influentes do país.

Uso de máscara gera briga em ônibus de Curitiba, assista ao vídeo

O uso de máscara é obrigatório em Curitiba em espaços abertos e de uso coletivo, seguindo a Resolução nº 1 da Prefeitura de Curitiba. Ao saber disso, grande parte da população está utilizando máscara, mas, é claro, que há também pessoas que ainda não tomaram consciência da importância de tomar as precauções em meio a pandemia.

Ontem um caso gerou polêmica em nossa cidade, quando um vendedor de casas de recuperação – comuns no transporte coletivo – se incomodou ao ser chamado atenção para que se colocasse a máscara, criando uma confusão dentro do veículo. Vale ressaltar que é proibido comercializar mercadorias dentro dos ônibus, decreto municipal número 210. O caso foi descrito pelo passageiro que confrontou o vendedor:

” A ignorância do ser humano quando se pede apenas para colocar a porcaria da máscara: Agora há pouco no inter 2 próximo ao terminal do campina do siqueira, esse senhor vendendo coisas para casa de recuperação usando a máscara no pescoço. Uma moça pediu para que ele colocasse e a ignorância começou dizendo que ele se cuidava, que os incomodado que comprassem um carro e outras coisas começando também ofender a moça. Não consegui deixar quieto e falei meio que aos berros que era decreto e o chamei de irresponsável. Aí o bicho pegou pois o “homem de deus” que disse que por ter a bíblia estava protegido, veio com dedadas literalmente (no meu peito). Além de intimar para a briga me mandou ir trabalhar e quem estava realmente correndo risco era eu por conta do meu celular 👍 A moça filmou e tirou fotos do ocorrido. Quem souber a casa de recuperação que esse senhor representa por favor me avise. “

Assista ao vídeo da confusão:

ATUALIZAÇÃO

Após a postagem, a família do vendedor entrou em contato conosco e enviou a versão dele sobre o assunto, assista: