Últimas semanas para destinar parte do IRPF para projetos sociais

A GERAR realizará o programa APROVA com os recursos das destinações. Projeto será voltado a jovens com dificuldade de aprendizagem e combaterá evasão escolar

O prazo final para a declaração do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) é dia 31 de maio. Aqueles que fizerem a declaração nas próximas semanas podem destinar um percentual de até 3% para o FIA (Fundo da Infância e Adolescência) Estadual e, assim, contribuir com diversos projetos sociais, como o APROVA, desenvolvido pela GERAR.

Para isso, o contribuinte que acessa o formulário completo de declaração deve selecionar o fundo para o qual prefere direcionar sua doação. Depois disso, é preciso enviar o comprovante para a entidade (leia mais abaixo).

O APROVA será desenvolvido em 9 municípios e pretende atingir mais de 1 mil jovens. O objetivo do projeto é atender alunos entre 14 a 18 anos da rede pública estadual do Paraná que apresentem dificuldade de aprendizagem. Ou ainda que desejem retomar os estudos e finalizar a educação básica, entrar no ensino superior e potencializar seu desenvolvimento pessoal. Dessa forma, será uma maneira de combater, também, a evasão escolar.

“O APROVA resgatará o jovem para a escola e combaterá a defasagem da aprendizagem. Um dos motivos que mais leva os jovens a abandonarem os estudos é a dificuldade em aprender. O APROVA promoverá a revisão de todos os conteúdos, visando a conclusão do Ensino Médio, a preparação para o Enem e para o vestibular”, afirma a Coordenadora de Novos Projetos da GERAR, Elizete Drevinski.

De acordo com Elizete, trata-se de uma chance de o contribuinte saber exatamente para onde o recurso está indo, sem aumentar em nada aquilo que já é necessário recolher. “Pedimos às pessoas que avisem seus contadores sobre a intenção de destinar recursos ao FIA Estadual e marquem no formulário da Receita a doação para o FIA Estadual”.

Metodologia

A metodologia pedagógica implementada pelo APROVA ofertará aulas onde os conteúdos são apresentados com as realidades e cenários da vida que os justificam, identificando os problemas, os desafios e as questões atuais que precisam ser entendidas para além de memorizar fórmulas, datas e nomes de pessoas.

O projeto terá material apostilado, que contêm todo o conteúdo do ensino médio. A metodologia do material é inovadora e foca na conexão entre os problemas vividos pelos estudantes em suas realidades, com os conteúdos teóricos.

O programa será desenvolvido por uma equipe de professores jovens e especializados, com experiência em ensino médio e em lecionar para pré-vestibulares, tornando a vivência do aluno muito mais dinâmica e especial.

Envie o comprovante

Depois de fazer a declaração, escolher o FIA Estadual é fundamental enviar o comprovante para a entidade que você quer destinar. No caso da GERAR, isso pode ser feito através de uma foto encaminhada para o seguinte WhatsApp (41) 99163-8707 ou pelo email elizete@gerar.org.br. Mais informações na página: https://aprovasocial.webflow.io/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro veta projeto que adiava prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou integralmente o projeto de lei 639/2021, aprovado pela Câmara dos Deputados no último dia 13 de abril, que estendia o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2021 de 31 de maio para 31 de julho. O veto será publicado na edição desta quinta-feira (6) do Diário Oficial da União (DOU), mas poderá ser derrubado pelo Congresso Nacional. O presidente acatou recomendação da equipe econômica para não estender o prazo.

Segundo o governo, apesar de “meritória”, a prorrogação do prazo contrariava o interesse público porque seria o terceiro adiamento consecutivo da entrega da declaração este ano. Uma nova postergação, de acordo com a equipe econômica, poderia afetar o fluxo de caixa do governo, prejudicando a arrecadação da União, dos estados e dos municípios, já que impactaria no repasse dos recursos destinados ao Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE) e no Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

“Desse modo, a proposta foi objeto de veto por causar um desequilíbrio do fluxo de recursos, o que poderia afetar a possibilidade de manter as restituições para os contribuintes, além de comprometer a arrecadação dos entes federativos. Em abril deste ano, a Receita Federal publicou a Instrução Normativa RFB nº 2.020/2021 adiando o prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda do exercício de 2021, de abril para maio, como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus (covid-19)”, informou, em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República.

Vai fazer vestibular? Cursinho Solidário prorroga prazo de inscrições

O Cursinho Solidário segue com as inscrições abertas para o pré-vestibular 2021. Este ano, o material utilizado pelos estudantes é o do Extensivo do Curso Positivo, que é o parceiro do Solidário, e as aulas ocorrerão durante o ano todo.

De acordo com a organização, as aulas são ministradas no período noturno, na modalidade online, e além do material didático, o aluno tem apoio pedagógico dos professores que lecionam as aulas, além de uma equipe professores auxiliares para esclarecer dúvidas, e contam também com apoio vocacional e psicológico.

O cursinho solidário é destinado aos pré-vestibulandos que possuem renda igual ou inferior a 1,5 salários mínimos per capita.

Serviço

Para mais informações, entre em contato com a organização através do site ou do WhatsApp (41) 9 8843-6682.