UFC Curitiba deve ser confirmado nos próximos dias

O vice-presidente do Ultimate Fighting Championship (UFC), David Shaw, afirmou, em setembro de 2018, em São Paulo, que está quase certo que Curitiba voltará a ser sede do evento esportivo em 2019. “A possibilidade é grande de voltarmos a Curitiba. Foi um sucesso o último evento por lá e a tendência é fazermos um evento lá novamente”, revelou o dirigente da competição de Mixed Martial Arts (MMA).

A primeira edição do UFC em Curitiba aconteceu em maio de 2016 e registrou o maior público da história da Arena da Baixada, com 45.207 pessoas.
Foto: Divulgação

A primeira edição do UFC em Curitiba aconteceu em maio de 2016 e registrou o maior público da história da Arena da Baixada, com 45.207 pessoas. Na ocasião, diversos atletas de nome do MMA mundial participaram do card, como Maurício Shogun, Cris Cyborg, Fabrício Werdum e Rogério Minotouro.

Injeção de recursos

A presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, afirma que será muito importante o retorno do UFC para Curitiba. “O turista que vem para o evento nos interessa muito porque movimenta consideravelmente a economia da cidade”, salientou.

De acordo com ela, um estudo realizado em 2016 mostrou que praticamente metade do público de 45 mil pessoas que foi à Arena da Baixada era de fora da cidade (43%) e injetou R$ 45,2 milhões na economia da cidade sem praticamente nenhum gasto do poder público.

“Estamos com diversos projetos para grandes eventos em Curitiba e a nossa visão é muito positiva com a possibilidade de o evento chegar novamente ao município”, completou Tatiana. Do total de R$ 45,2 milhões injetados na economia local, R$ 22,2 milhões foram gastos diretamente pelos fãs de MMA em hospedagem, alimentação, transporte e compras.

Já o impacto indireto na economia – com fornecedores de hotéis e restaurantes, por exemplo – foi de R$ 22,9 milhões.

 

Fonte: Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Academia do Boleiro inaugura segunda unidade em Curitiba

Metodologia criada pelo preparador de goleiras da Seleção Brasileira Feminina de Futebol é voltada para os peladeiros e peladeiras que odeiam academias tradicionais, mas gostam de futebol e buscar praticar uma atividade física

Um formato inovador de treinos, ideal para quem não é adepto das academias tradicionais de musculação, mas gosta de futebol e buscar praticar uma atividade física: essa é a proposta da Academia do Boleiro, fundada pelo professor de educação física e treinador de goleiras da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, Thiago Mehl.

Divulgação

Fundada em maio de 2019, com sua matriz localizada na Rua Alferes Poli, a academia desde então vem atraindo centenas de boleiros e boleiras amadores com interesse em conhecer a metodologia da academia. Em 2021, a marca iniciou sua expansão, inaugurando sua primeira franquia em setembro, em São Caetano do Sul, São Paulo. E agora chegou a vez de Curitiba ganhar a segunda unidade da Academia, localizada na Cidade Industrial.

Com inauguração prevista para o próximo sábado, a nova unidade está localizada dentro da Arena Coliseu Sports, referência em Fut7 no cenário nacional. Com uma área de 160m², o espaço vai comportar até 150 alunos divididos em turmas com até oito alunos. As mensalidades têm valores variados, de acordo com o período contratos, mas podendo chegar a apenas R$ 115,90 por mês para frequentar a academia quantas vezes quiser.

METODOLOGIA DIFERENCIADA

Com quase 20 anos de experiência no futebol, Thiago Mehl conhece todos os detalhes que envolvem a preparação física de um atleta profissional. Com passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira, clubes como Athlético Paranaense, Coritiba, Paraná Clube, Vasco da Gama e Bahia e atualmente na Seleção Brasileira Feminina, Mehl decidiu criar a Academia do Boleiro para trazer a metodologia de treinos do futebol profissional adaptado para peladeiros e peladeiras.

Divulgação

O treino que dura em torno de 50 minutos é composto por três etapas: Aquecimento, Pré-Treino e Treino com Bola. Cada uma das etapas foi criada pensando em fortalecer condicionamento físico e a musculatura, através de exercícios com pesos, elásticos, bola suiça, cordas e, claro, com a redonda, treinando fundamentos como chutes, cabeçadas, posicionamento, condução e outros.

Existem cinco tipos de treinos para cada etapa e no caso dos treinos com a bola, cada um voltado para um objetivo específico: o Agibol é focado em desenvolver a agilidade com a bola; o Cardiobol tem o objetivo de fortalecer a resistência e o condicionamento do aluno; o Circuitbol envolve todas as capacidades físicas do aluno em um circuito físico/técnico; o Powerbol é voltado para o ganho de potência e explosão muscular; por fim, o Velobol desenvolve a velocidade do atleta em diferentes situações de jogo.

EXPANSÃO

A rede iniciou sua expansão por franquias em 2021 em parceria com a holding Avant Franquias e até o momento estão previstas a inauguração de mais 13 unidades em 10 estados diferentes nos próximos seis meses. As franquias tem um investimento inicial a partir de R$ 100 mil, com um faturamento previsto de R$ 30 mil um lucro de e 30% a 40% do faturamento mensal.

ACADEMIA DO BOLEIRO CIC

Endereço: Rua João Kalinowski, 211 – Cidade Industrial de Curitiba

Telefone: (41) 9 9131-3357

Site: academiadoboleiro.com.br/cic/ 

Saúde vai antecipar dose de reforço na próxima semana. Veja o cronograma

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulga o cronograma da próxima semana para aplicação da dose de reforço da vacina anticovid. Deverão ser atendidas quase 78 mil pessoas que receberam a segunda dose entre 7 e 23 de julho (programação abaixo).

Com o novo cronograma, Curitiba antecipa a dose de reforço em até dez dias para os novos convocados. A decisão segue uma recomendação do Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde, que considerou a disponibilidade atual de doses em estoques, a chegada de uma nova variante de preocupação aos país (ômicron), além da proximidade das comemorações de festas de fim de ano e viagens.

“A dose de reforço ajuda a manter o sistema imunológico ativo contra a covid-19, o que é fundamental neste momento, considerando a chegada da nova variante e as festas e viagens do fim do ano. Como atualmente temos essas doses em estoque, tomamos a decisão de adiantar o reforço alguns dias para que nossa população fique mais protegida”, afirma a secretária municipal da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

Os convocados para receber a dose de reforço na próxima semana receberão uma mensagem pelo aplicativo Saúde Já até esta sexta-feira (3/12), avisando que estão elegíveis para retornar aos pontos de vacinação.

Quem não puder comparecer no dia da convocação ou quem está com a dose de reforço em atraso pode buscar os pontos de vacinação, de segunda a sexta-feira. A Saúde tem mantido a repescagem contínua para primeira dose, segunda dose e dose de reforço.

Confirme os endereços

Os locais de vacinação podem sofrer alterações de acordo com o público estimado para receber vacina a cada dia. Antes de procurar uma unidade, confira as que farão a aplicação no site Imuniza Já.

Janssen

Pessoas vacinadas com imunizantes da farmacêutica Janssen ainda não poderão tomar a dose de reforço neste momento. A indicação atual do Ministério da Saúde é que estas pessoas recebam uma outra dose do mesmo imunizante num período entre dois a seis meses após a primeira aplicação. O município ainda aguarda o recebimento de doses para esta convocação.

Orientação para receber a dose de reforço

Para receber a dose de reforço, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade, das 8h às 17h, levar um documento de identificação com foto e CPF.

Quem pode receber a dose de reforço na próxima semana

– Segunda-feira, 6 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 14 de julho;
– Terça-feira, 7 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 17 de julho;
– Quarta-feira, 8 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 20 de julho;
– Quinta-feira, 9 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 21 de julho;
– Sexta-feira, 10 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 23 de julho.

Outros grupos e repescagens

Os pontos de vacinação também seguem aplicando nos dias úteis:

Primeira dose
– Primeira dose para pessoas com 12 anos completos ou mais;

Segunda dose
– Segunda dose agendada;
– Repescagem de segunda dose de pessoas anteriormente convocadas;

Dose de reforço
– Dose de reforço agendada;
– Repescagem de dose de reforço de pessoas anteriormente convocadas.