Proposta da Bienal de Quadrinhos de Curitiba com a iniciativa “Ação na Cidade”, começou a invadir os terminais de ônibus a partir desta segunda-feira (27/08). Foto: Divulgação
in ,

Terminais de ônibus recebem a arte dos quadrinhos nesta semana

A Bienal de Quadrinhos de Curitiba começou a mudar a rotina dos terminais de ônibus de Curitiba, nesta segunda-feira (27/8). A cada dia desta semana, um artista vai desenhar em meio ao público com um cavalete, folha branca e caneta preta.

Proposta da Bienal de Quadrinhos de Curitiba com a iniciativa “Ação na Cidade”, começou a invadir os terminais de ônibus a partir desta segunda-feira (27/08). Foto: Divulgação

A “Ação na Cidade” segue até sábado (1º/9) e tem o objetivo de divulgar a Bienal de Quadrinhos, que será feita de 6 a 9 de setembro, no Museu de Arte Municipal (MuMa), no Portão Cultural, e tem o apoio da Prefeitura, por meio da Fundação Cultural de Curitiba.

“Esta é uma ação de aproximação da Bienal com o público de toda a cidade. A intenção é a integração do evento nos diversos locais da cidade, destacando todas as atividades que ocorrerão no Portão Cultural e serão inteiramente gratuitas”, explicou a coordenadora da Bienal de Quadrinhos, Luciana Falcon

A “Ação na Cidade”, começou na manhã desta segunda-feira (27/8), com o artista Marcelo Lopes, que fez uma intervenção com desenho no terminal do Santa Cândida, enquanto panfletos sobre a Bienal eram distribuídos. A mesma ação foi feita no terminal do Hauer.

A iniciativa ocorre até sábado, 1º de setembro, e vai percorrer os terminais do Cabral, Campina do Siqueira, Guadalupe e Portão. Ivan Sória, Marcelo Lopes, José Marcone e Fúlvio Pacheco são os artistas que participam da ação que tem o apoio da Urbanização de Curitiba (Urbs).

Mural

Outra ação que teve o apoio da Gibiteca ocorreu na última sexta-feira (24/8), quando 10 alunos da Escola Estadual Julia Bastos, do Alto Boqueirão, fizeram a pintura de um mural no Circo da Cidade. Os estudantes, orientados pelo coordenador da Gibiteca Fúlvio Pacheco, participaram de uma oficina de desenho e ao final do encontro pintaram o muro do entorno do Circo.

A figura escolhida foi a do palhaço Zé Priguiça, que dá nome ao Circo da Cidade, uma homenagem ao funcionário da Fundação Cultural de Curitiba, Pedro Irineu dos Santos, o Palhaço Zé Priguiça, falecido em 2001.

A ação é resultado de uma parceria entre a coordenação de circo com a Gibiteca de Curitiba.


Serviço: Confira o calendário da “Ação da Cidade” nos terminais:

Dia 28 de agosto 
Terminal Cabral – das 10h30 às 12h30 (Com Ivan Sória Fernandez)
Terminal Campina do Siqueira – das 15h às 17h (Com Ivan Sória Fernandez)


Dia 29 de agosto
Terminal Guadalupe – das 10h30 às 12h30 (Com Fúlvio Pacheco)
Terminal Portão – das 15h às 17h (Com Fúlvio Pacheco)


Dia 31 de agosto
Terminal Portão – das 10h30 às 12h30 (com José Marconi)


Dia 1º de setembro 
Terminal Portão – das 10h30 às 12h30 (com José Marconi)

 

Fonte: AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE CURITIBA

Cassio Ferreira

Written by Cassio Ferreira

"Quando a intenção é verdadeira, o universo conspira a favor."

Um Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

22º Shinobi Spirit abre inscrições online para concursos de cosplay, k-pop e campeonato de game online

Vestibular 2018: seis assuntos que podem ser tema de redação