Tarifa de ônibus em Campo Largo sofre reajuste e sobe R$ 0,75 centavos

A partir de segunda-feira, 10, a tarifa da passagem de ônibus, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, sofreu reajuste de R$ 0,75 centavos. O valor do transporte interno subiu de R$ 3,50 para R$ 4,25.

Em live no Facebook, o prefeito de Campo Largo, Maurício Rivabem, afirmou que a passagem estava estagnada desde 2019. “A manutenção do sistema aumentou muito e houve a necessidade do reajuste. Em 2023 o contrato terminará e iremos fazer uma nova licitação. O sistema de Campo Largo é exemplo para os outros municípios, com um benefício aos moradores por não ser integrado”, afirmou.

“Diferente de outros municípios, aqui não há subsídio da Prefeitura para a empresa de ônibus, como em outros municípios vizinhos onde o subsídio atinge a casa dos milhões. Após muito diálogo, inclusive com a ajuda dos vereadores, houve negociação para que a tarifa pudesse ter o reajuste mais baixo possível”, complementou o prefeito.

As especificações do reajuste estão contidas no Decreto nº 134, de 05 de maio de 2021 e as novas tarifas são:

I – Linhas Urbanas: Prefeitura, Fábricas, Águas Claras, Partênope, Jardim Rondinha/Pompéia, Populares, Retiro, Francisco Gorski, Bateias, Veneza, Jardim Social, Campo do Meio, Ferrari, Itaqui, Rivabem, Miqueleto, Moradias Bom Jesus, Campina, São Caetano, Madrugueiro:
a) Valor da Tarifa: R$ 4,25;
b) Valor da Tarifa para titulares de cartão cidadão: R$ 4,15;
c) Valor da Tarifa para estudantes que se enquadrem nos requisitos fixados na legislação específica vigente: R$ 2,12.

II – Linha Ferraria – Centro de Campo Largo:
a) Valor da Tarifa: R$ 4,25;
b) Valor da Tarifa para titulares de cartão cidadão: R$ 4,15.
c) Valor da Tarifa para estudantes que se enquadrem nos requisitos fixados na legislação específica vigente: R$ 1,75.

III – Linhas do Interior: Troncal, Trabalhador, Itambézinho, Estudante:
a) Valor da Tarifa: R$ 7,50.

Informações Banda B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nova tecnologia em ônibus da RMC permite controle do número de passageiros em tempo real

Uma nova tecnologia implementada nos ônibus do transporte coletivo permitirá a contagem de passageiros no interior dos veículos em tempo real. A tecnologia começou a ser testada esta semana em veículos do transporte coletivo da Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Gilson Santos, os dados coletados permitirão uma análise mais rápida da operação e, consequentemente, uma tomada de decisão mais ágil e assertiva.

“Nos horários de pico temos cerca de 650 ônibus circulando, mas não conseguimos manter um fiscal em cada um deles. A nova tecnologia, ainda em fase de teste, poderá nos oferecer as informações necessárias para a tomada de decisão e em tempo real, garantindo mais agilidade e assertividade nos ajustes da operação”, explicou Santos.

Além da contagem de usuários, o sistema oferece informações para gestão de frota dos veículos, manutenção preventiva, dados de eficiência da linha, paradas de embarque e desembarque mais utilizadas, entre outros dados.

Um dos destaques é a gravação das imagens no interior dos veículos, proporcionando mais segurança aos usuários. “Como a implementação da tecnologia é feita por meio de câmeras, todo o interior do ônibus estará sendo filmado, intimidando e até espantando pessoas mal-intencionadas”, disse o presidente da Comec.

DISTANCIAMENTO SOCIAL –Os testes são patrocinados pela Associação Comercial do Paraná (ACP), visando garantir o distanciamento social dentro dos veículos do transporte coletivo. O Decreto Estadual 4.951, de julho de 2020, exige que os ônibus transitem com lotação máxima de 65% da capacidade.

“É uma tentativa de garantir mais segurança aos usuários, evitando o aumento na transmissão do vírus e, consequentemente, a adoção de medidas mais restritivas para o comércio geral, além de uma forma de educar a população”, destacou o presidente da ACP, Camilo Turmina.

Os testes serão realizados em dois veículos (um comum e um articulado) da empresa TC Araucária, concessionária de transporte coletivo na RMC. O sistema foi desenvolvido pela startup Milênio Bus. Além de controlar a lotação nos ônibus, em tempo real, um sinal vermelho será aceso caso o ônibus ultrapasse o limite de passageiros permitidos.

Rodovia que liga Curitiba ao Litoral tem aumento na tarifa do pedágio

A Ecovia, concessionária que administra o trecho Curitiba-Litoral da BR-277 e as PRs 508 e 407, informa as novas tarifas de pedágio que passam a vigorar a zero hora dessa quarta-feira (dia 12/05). Os novos valores são: motocicletas = R$ 11,70; automóveis = R$ 23,30 (somente o veículo), R$ 35,00 (com carreta de um eixo simples) ou R$ 46,60 (com carreta de eixo duplo); veículos comerciais = R$ 19,50 (por eixo); ônibus = R$ 23,30 (por eixo).

A Ecovia obteve decisão favorável, que suspendeu os efeitos da Resolução 27/2020 da AGEPAR e permitiu o prosseguimento do processo de reajuste tarifário relativo a dezembro de 2020. Desta forma, em cumprimento ao Contrato de Concessão nº 076/97, a Ecovia informa que os valores das tarifas serão reajustados em 7,6%, à zero hora desta quarta-feira (12), conforme tabela: