sábado, dezembro 9, 2023
spot_img
InícioCuritibaSemana da Economia dos Armazéns da Família completa 1 ano de preços...

Semana da Economia dos Armazéns da Família completa 1 ano de preços mais baixos


Nesta quarta-feira (27/9), os Armazéns da Família de Curitiba e Região Metropolitana celebram o primeiro aniversário da Semana da Economia. A iniciativa tem feito a diferença na vida dos curitibanos e já beneficiou milhares de famílias reduzindo a cada semana os preços de pelo menos dois produtos essenciais nos Armazéns.

Criada pelo prefeito Rafael Greca em setembro do ano passado, a Semana da Economia alcançou números impressionantes em seu primeiro ano de existência. Foram disponibilizados aos beneficiários 61 produtos diferentes, totalizando mais de 2.300 toneladas de alimentos durante esse período.

O prefeito Rafael Greca ressaltou a importância do programa para a cidade e seus habitantes. “A Semana da Economia é um sucesso porque nós somos o bem que fazemos e enquanto pudermos fazer com que os Armazéns da Família tenham produtos mais acessíveis, nós faremos. Quando o povo tem acesso ao alimento a preços mais baixos, melhora a segurança alimentar e com isso nós temos uma cidade mais democrática e que coloca comida na mesa de seu povo”, disse o prefeito.

 

Benefícios para a comunidade

A Semana da Economia tem proporcionado benefícios para a comunidade de Curitiba e Região Metropolitana. Além de tornar os alimentos mais acessíveis, também promove a sustentabilidade econômica das famílias, permitindo que elas gastem menos.

Antônio Miretski e a mulher, Marli de Fátima Miretski, ambos de 65 anos, compram no Armazém da Família há duas décadas e garantem que a Semana da Economia só melhorou o que já era bom.

“A gente sempre vem atrás de ofertas e até por isso a gente compra há tanto tempo aqui. É tudo muito bom e barato”, afirma Antônio.

Já o motoboy Caio Vitor, 18 anos, sempre aproveita os preços mais em conta da Semana da Economia. “O Armazém é muito bom e sempre dou um jeito de aproveitar os preços mais baixos”, disse ele.

A recepcionista Michelle Ferreira da Silva Correia, 33 anos, aproveitou a semana com produtos para café da tarde para abastecer a dispensa com leite. “Aqui é muito melhor que o preço do mercado”, enfatizou ela.  

Clique Economia

As pesquisas do programa Clique Economia servem de base para que toda segunda-feira dois produtos sejam anunciados em promoção, com o menor preço da cidade, nos Armazéns da Família.

Diariamente, equipes da Prefeitura realizam pesquisas na redes de médio e grande porte da cidade, informando os menores preços em mais 600 itens no site do Clique Economia.

O secretário de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi, destaca que a iniciativa visa valorizar o poder de compra das famílias em vulnerabilidade social, mas também exerce um efeito regulador de preços no mercado consumidor. “Essa ação tem beneficiado toda a população. Junto a esta iniciativa, estamos fazendo mutirões de cadastros, cujo objetivo é facilitar a adesão ao programa”, salientou o secretário.

360 mil famílias

O programa Armazém da Família reúne, atualmente, 35 unidades em Curitiba que oferecem gêneros alimentícios e itens de higiene e limpeza mais baratos que no varejo.

São mais de 360 mil famílias com renda até cinco salários mínimos da capital cadastradas no programa da Prefeitura, beneficiando um milhão de curitibanos, além de 163 entidades sociais e filantrópicas que podem fazer compras nas unidades.

Na RMC, são 14 municípios conveniados, com 82,5 mil famílias cadastradas, beneficiando cerca de 280 mil pessoas.

O atendimento nos 35 Armazéns da Família de Curitiba é feito de 3ª a 6ª feira, das 9h às 18h; e no sábado, das 9h às 14h.

A Semana da Economia é coordenada pela Secretaria Municipal da Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN).



Leia a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão