Sanepar divulga rodízio para Curitiba e região metropolitana

Nesta segunda-feira (18) foram incorporadas novas localidades no sistema de rodízio da Sanepar para fornecimento de água para Curitiba e Região Metropolitana. Houve também antecipação do horário inicial do rodízio, que é diferente para cada região. Após o término do rodízio, há um período de até 12 horas para normalização.

As mudanças ocorrem em função do agravamento da crise hídrica no Paraná com a frustração da expectativa de chuvas na última semana e também ao cumprimento do decreto estadual 4626/2020  que instituiu Situação de Emergência  Hídrica em todo o Estado por 180 dias.

A análise técnica diária continuará sendo mantida pela Sanepar para definir outras ações de mitigação da seca severa, incluindo novos mecanismos de captação de água e até mesmo a antecipação de obras que melhoram a performance do sistema.

É possível consultar o mapa para saber a região afetada todos os dias. Na tabela, quando houver repetição do nome de bairros, tratam-se de regiões diferentes no mesmo bairro.

CONFIRA  AQUI  A TABELA DE RODÍZIO ATUALIZADA

USO RACIONAL – A orientação é que os moradores façam uso racional da água, atentando para os hábitos de higiene, principalmente para a prevenção do coronavírus (Covid-19). A prioridade deve ser alimentação e higiene pessoal. Outras atividades, como lavar carros, calçadas, regar jardins, devem ser adiadas para quando passar o período de estiagem.

DICAS DE CONSUMO 

• Neste período atividades como lavar carros e calçadas devem ser evitadas. Outras dicas são:

• Reduza a lavagem diária de roupa. Acumule e use a capacidade máxima da máquina de lavar.

• A água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para regar jardim e grama, ensaboar tapetes, tênis e outras peças.

• A água do tanque ou da máquina em que foi lavada a roupa serve para lavar calçadas e pisos. Lembre-se: lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada. Para “varrer” a sujeira, use a vassoura.

• Feche a cuba da pia, deixando um pouco de água. Ensaboe toda a louça e enxágue com água limpa. Não deixe a torneira aberta durante todo o tempo.

• Cinco minutos de chuveiro consomem 70 litros de água. Reduzir o tempo do banho faz muita diferença na conta.

• Reduza o tempo da torneira aberta enquanto escova os dentes, ensaboa as mãos ou faz a barba. Torneira aberta manda para o ralo 20 litros de água por minuto. Prefira vasos sanitários menores, que utilizam menos água para a descarga.

CAIXA D´ÁGUA – Só ficarão sem água durante este período os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar recomenda que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo. A orientação é evitar desperdícios, priorizando o uso da água para higiene pessoal e alimentação. 

AVISOS POR SMS – A Sanepar envia SMS (mensagem de texto para o celular) com avisos de falta d´água e outras orientações aos clientes que cadastrarem o seu telefone e autorizarem o envio das mensagens.

A atualização dos dados cadastrais pode ser feita no no aplicativo Sanepar Mobile ou no site (na aba Clientes – Outros Serviços – Atualização Cadastral). Para qualquer acesso, o cliente precisa do número da matrícula do imóvel.

Atualmente, no Estado, cerca de 2 milhões de clientes já cadastrados para receber avisos em seu telefone celular.

Via: AEN

Deixar animais soltos em ruas e praças pode gerar multa de até R$ 2 mil em Curitiba

Projeto de lei que reforça punição à maus-tratos foi aprovado em 1º turno na Câmara Municipal.

Os vereadores de Curitiba aprovaram nesta quarta-feira (16), por unanimidade e em 1ª discussão, o projeto de lei que, entre outras coisas, estabelece multa de R$ 200 a R$ 2 mil para quem abandonar animais em ruas e espaços públicos. O projeto modifica  modifica lei já existente e amplia as práticas consideradas como crime de maus-tratos a animais.

A proposta da vereadora Katia Dittrich (Solidariedade) lista 24 ações ou omissões como maus-tratos, o dobro do que previa a lei de 2011. Entre os novos comportamentos que caracterizam o crime, o mais significativo é o de abandono.

“Deixar o animal solto em vias e logradouros públicos” como diz o texto do projeto, vai passar a doer no bolso, com multas de até R$ 2 mil no caso de flagrante ou denúncia comprovada. As medidas seguem a linha de projeto semelhante porém ainda mais rigoroso e que prevê responsabilização criminal, aprovado no Senado Federal na semana.

Outros dois pontos polêmicos do projeto são a proibição expressa de ‘passeios’ desacompanhados e abandono de animais idosos ou doentes. No primeiro caso está prevista responsabilização dos tutores com multa, pelo risco do animal sofrer ou causar acidentes, além de permitir uma possível cria indesejada” e no segundo uma característica de agravante ao crime de maus-tratos, pela vulnerabilidade dos bichos.

Para entrar em vigor, o projeto precisa ser aprovado em 2ª discussão para depois ser sancionado ou não pelo prefeito.  Caso seja sancionada, a lei então terá um prazo para regulamentação.

Informações Banda B.

Sérgio Moro recebe carteira da OAB e abre escritório em Curitiba

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência.

O ex-juiz federal que conduziu a Lava Jato e colecionou desafetos entre alguns criminalistas vai atender sua futura clientela em um endereço de Curitiba, base e origem da maior operação já desencadeada no País contra a corrupção.

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência. Levando em consideração a data em que anunciou sua renúncia e acusou o presidente de suposta tentativa de interferência na Polícia Federal, 24 de abril, a quarentena do ex-juiz terminará no fim de outubro.

Informações Banda B.