Reunião alinha operação do ferry boat de Guaratuba durante o verão

Representantes do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) participaram nesta terça-feira (21) da primeira reunião para discutir medidas a serem tomadas na travessia da Baía de Guaratuba durante a operação verão deste ano.

O principal objetivo é reforçar a segurança dos usuários durante esse período de maior movimento na travessia, em que, devido ao grande número de turistas e viajantes no Litoral, o tempo de espera para cruzar a baía não pode ultrapassar os 22 minutos.

Pelo mesmo motivo, ficam proibidos veículos com mais de três eixos e/ou superiores a 14 metros de comprimento nas embarcações. Essa integração geral vai ajudar a embasar as operações de fiscalização e controle a partir de dezembro.

Participaram da reunião a equipe de fiscalização do DER/PR, representantes da Prefeitura de Guaratuba, do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar do Paraná e da concessionária que opera a travessia.

Outras reuniões serão agendadas futuramente, para continuar a discussão sobre melhorias no serviço ao longo desses meses de maior procura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Final de semana voltará a ter a ‘cara do verão’ em Curitiba, diz meteorologista

Após dias que mais lembraram o outono, Curitiba e região Metropolitana voltarão a a ter ‘a cara do que é o verão’. Ou seja, um tempo abafado com o sol predominando em Curitiba e nas cidades da região metropolitana, principalmente, pela manhã. A informação foi dada à Banda B pelo meteorologista Paulo Barbieri, do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), à Banda B, durante entrevista nesta quinta-feira (13).

“Deveremos ter no sábado temperaturas com a máxima de 29ºC. No domingo, na casa dos 31ºC. Porém, com esta elevação das temperaturas e a presença de umidade na atmosfera, isso propicia a formação de áreas de instabilidade no período da tarde”, explicou.

Chuvas

Barbieri afirmou também que a primeira metade do mês de janeiro irá fechar com um bom acumulado de chuvas para o período na Grande Curitiba. O acumulado registrado nestes 13 dias que abrem 2022, de acordo com o especialista, é de 67 milímetros (mm). A média prevista para janeiro está na casa dos 180 mm.

“Então, este é um acumulado significativo de chuvas para janeiro aqui na região de Curitiba”, destacou.

Fim de semana na Grande Curitiba terá chuvas?

A previsão do Simepar para o fim de semana na Grande Curitiba é de pancadas de chuva, que variam de intensidade e podem estar acompanhadas de descargas elétricas, de forma isolada em diferentes pontos da área Leste do Paraná.

Previsão do tempo em Curitiba para os próximos 7 dias. Foto: Reprodução/Simepar

Informações Banda B

Matinhos recebe doações; cidade ainda não sabe número de famílias afetadas pela chuva

A Prefeitura de Matinhos, no litoral do Paraná, informou que presta assistência às famílias desabrigadas por conta das fortes chuvas que atingiram a cidade desde o fim desta quarta-feira (5), mas que ainda não tem um balanço do número de famílias afetadas. A Arena Vicente Gurski foi preparada e aberta para receber os desabrigados. Nesta quinta-feira (6), será feita a coleta de doações de móveis, colchões e eletrodomésticos durante todo o dia na Arena.

A Defesa Civil, através de chamadas pelo telefone 153, fez o resgate das vítimas. As equipes estiveram nas ruas durante todo o período da chuva, atendendo chamados e indo até os locais solicitados para resgatar pessoas.

Além disso, equipes das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e também de Obras e Planejamento Urbano estão nas ruas para arrumar os estragos.

Até às 23 horas, o acumulado das chuvas em Matinhos chegava a 123,0 mm.