sexta-feira, setembro 29, 2023
spot_img
InícioNotíciasBrasilQuase xarás, Ferroviária-SP e Ferroviário-CE decidem a Série D

Quase xarás, Ferroviária-SP e Ferroviário-CE decidem a Série D


O primeiro campeão brasileiro profissional masculino de 2023 será conhecido nesta semana, com a decisão da Série D. Os finalistas foram definidos no último domingo (10). A Ferroviária-SP eliminou o Athletic-MG, enquanto o Ferroviário-CE passou pelo Caxias-RS. Os jogos foram transmitidos pela TV Brasil.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve anunciar, ainda nesta segunda-feira (11), os dias e horários dos jogos da final. A previsão, conforme a tabela preliminar, é de que a partida de ida na quarta-feira (13) ou quinta-feira (14) e a de volta no sábado (16) ou no domingo (17). Por ter a melhor campanha, o Ferroviário decide o título em casa. Os duelos serão exibidos pela TV Brasil, ao vivo.

A Ferroviária foi a primeira equipe a se classificar no domingo, ao derrotar o Athletic no Independência, em Belo Horizonte, por 2 a 0. O time paulista já havia ganhado o jogo de ida, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), na última quarta-feira (6), por 1 a 0.

A Locomotiva aumentou a vantagem no placar agregado aos 27 minutos do primeiro tempo, com Vítor Barreto. O atacante chutou, de primeira, dentro da área, a bola que veio da esquerda. Os paulistas ampliaram no começo do segundo tempo. Aos oito minutos, o goleiro Saulo cobrou falta desde a defesa. O centroavante Pilar fez o pivô e ajeitou para o também atacante Felipinho dominar e arrematar da intermediária, marcando outro golaço.

Aos 38 minutos, o Athletic descontou com Allan Dias. O atacante recebeu o lançamento do meia Carlos Eduardo, às costas da defesa, e tocou a bola na saída de Saulo. Os mineiros pressionaram, mas não conseguiram a reação.

Em seguida, o Ferroviário recebeu o Caxias no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Único time ainda invicto na Série D, o Tubarão da Barra venceu por 1 a 0. No duelo anterior, no Centenário, em Caxias do Sul, na quinta-feira passada (7), as equipes ficaram no 1 a 1.

A partida teve vários gols anulados no segundo tempo. O primeiro, aos sete minutos, seria de Ciel, do Ferroviário, mas o árbitro de vídeo (VAR) detectou toque de mão na jogada. Aos 15, o também atacante Vitor Feijão marcou para o Caxias, mas o lance foi invalidado por impedimento, novamente com participação do VAR. Nos acréscimos, o centroavante Eron, artilheiro da Série D, balançou as redes para o time gaúcho, mas adiantado em relação à zaga. A irregularidade, desta vez, foi assinalada em campo.

Quando o jogo caminhava para os pênaltis, Ciel aproveitou cruzamento do meia Thiaguinho pela esquerda e completou de cabeça para as redes. A arbitragem, a princípio, anulou o lance, mas o VAR observou que o jogador estava em posição legal e o gol foi validado. O atacante Abner, do Ferroviário, chegou a fazer o que seria o segundo dos anfitriões, mas o tento foi invalidado por impedimento. Após 24 minutos de acréscimos, o apito final fez a alegria da torcida cearense.



Fonte: Veja a matéria no site da Agência Brasil

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão