Projeto Viva Pedreira oferece atrações artísticas, gastronômicas e parque infantil com mais de 3 mil m²

Grandes shows, festivais, espetáculos. É assim que a Pedreira Paulo Leminski, um dos maiores símbolos culturais de Curitiba, é conhecida pela maioria da população. Pois a partir do dia 4 de dezembro o espaço vai sediar o projeto Viva Pedreira, que oferecerá, de quarta a domingo, uma programação diferenciada, voltada ao público de todas as idades.

“O momento representa um recomeço e um novo capítulo na programação do espaço, com o objetivo de proporcionar um reencontro para viver pilares fundamentais do convívio como: encontros entre as pessoas, gastronomia, cultura, música, ar livre, brincadeiras para crianças, atividades radicais e espaço para pets”, explica Helio Pimentel, diretor de operações da Pedreira Paulo Leminski. O evento está sendo realizado pela produtora Criação CWB.

Um novo complexo gastronômico ao ar livre

Entre as atividades oferecidas, novas operações de gastronomia e bares serão inauguradas ao redor da grande arena, como uma unidade do Bar do Victor, com o nome Victor na Pedreira, que servirá petiscos, pratos e uma carta de vinhos e drinks em um deck com mais de 600m2. Ainda no universo dos foods and drinks, o Viva Pedreira lança o Lagô, um lounge bar de frente para o lago que abrigará o Mozza X, com burratas da rede Mozzarellart e outras delícias, a Gioia, pizzaria com fermentação natural, o Fusco, com culinária argentina, além do winebar Vino! e do bar de drinks especiais, Bitter End.

O icônico palco da Pedreira também vira um espaço de convivência para o público com o nome de Pedreira Stage. O espaço revitalizado recebe dois ambientes para os amantes de drinks e burgers especiais: o Like a Stone, com uma pegada mais rock’n’roll com operação sobre o palco, e o Quem Não Gosta de Samba?, que traz o samba de raiz como tema e atenderá o público na arena. O Pedreira Stage ainda será um espaço destinado para eventos especiais com até 2.500 de pessoas.

Um mundo de 3 mil m² lúdico para os pequenos

Além de operações voltadas ao público adulto, o projeto também oferecerá às famílias o Pedreira Encantada, um espaço kids com 3 mil m², totalmente ao ar livre e onde a criançada poderá brincar com um navio pirata em tamanho real, uma montanha russa, trenzinho, entre outras atividades lúdicas e oficinas especiais. Para garantir a segurança, todo o espaço contará com o auxílio de monitores. O espaço ainda oferecerá local para as famílias sentarem e uma área de alimentação dedicada aos pequenos.

Para participar do Pedreira Encantada, será cobrado um ingresso de R$35,00 referente ao período de 1 hora.

Circuito de atrações radicais para iniciantes e profissionais

Para quem gosta de aventura, a temporada de atividades contará com uma tirolesa que cruza a arena de shows, e um brinquedo chamado Pêndulo, que é um balanço em queda livre a mais de 15m de altura do chão. Os paredões de pedra que rodeiam a arena da Pedreira também serão transformados em atração, onde será possível realizar rapel e escalada com trajetos para iniciantes e profissionais.

Os ingressos para cada atração radical serão cobrados à parte, no valor de R$35,00 cada. Ainda, haverá ofertas de um combo com valor especial para quem quiser aproveitar todo o circuito.

Música e cultura a todo tempo

Seja de dia ou no período da noite, a música faz parte da história da Pedreira Paulo Leminski e não poderia ficar de fora do projeto. Pensando nisso, o Viva Pedreira contará com três palcos acústicos nos pontos gastronômicos com apresentações simultâneas de bandas locais. Cada palco homenageará grandes expoentes da história da música: o Palco Aretha Franklin, Palco Cartola, Palco Elis Regina e Palco Robert Johnson, além de pílulas surpresas de intervenções artísticas.

“A ideia é que a Pedreira seja a praia do curitibano. Essa temporada de atividades acontece até março de 2022 e realmente quer proporcionar ao público uma experiência diferenciada em todos os ambientes. O mais bacana é que teremos atividades para todas as faixas etárias, ampliando muito as possibilidades. Importante lembrar que, para que todas as atividades sejam oferecidas com segurança, todos os protocolos no que diz respeito à pandemia serão cumpridos com rigor”, reforça Helinho.

O Viva Pedreira ainda abrigará um espaço para receber o público que deseja estar mais livre enquanto curte o dia ou a noite na Pedreira, com spa pet da rede Doc.G e locais para descanso na arena. Para conhecer o novo espaço, será cobrada uma entrada no valor de R$15,00 a inteira e R$ 7,50 a meia-entrada, sendo que moradores de Curitiba e Região tem o desconto garantido, bastando comprovar residência. O Viva Pedreira funcionará de quarta a quinta, das 17h às 23h, sexta, das 17h às 01h, sábado e feriados das 10h às 23h e domingo das 10h às 20h.

Serviço

Projeto Viva Pedreira

Inauguração: 4 de dezembro 2021

Funcionamento: de 04 dezembro de 2021 a março de 2022

Horário de funcionamento:

Quartas e quintas das 17h às 23h

Sextas, das 17h às 01h

Sábados, das 10h às 01h

Domingos, das 10h às 20h

Ingressos

– Entrada Viva Pedreira: R$15,00 inteira e R$7,50 meia-entrada (meia válida mediante comprovação para moradores de Curitiba e RMC, crianças entre 05 e 11 anos, estudantes e professores com mais de 60 anos, pessoa com deficiência e acompanhante, doadores de sangue e jovens com baixa renda que possuam CadÚnico)

  • Ingresso Pedreira Encantada: primeira hora R$35,00 e a cada hora extra R$25,00
  • Tirolesa, Pêndulo, Escalada e Rapel: ingresso à parte de R$35,00 para cada atração ou Combo Aventura com valores especiais.

Como comprar os ingressos:

Os ingressos podem ser adquiridos no local, nas bilheterias oficiais.

Mais informações: Instagram @pedreirapauloleminski

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SOUQ Curitiba lança happy hour com mais de 20 opções em dobro

Entre elas estão o chopp pilsen da BeerMad, garrafa de vinho Victorium (tinto, branco ou rosé) do Wine Not?, combo The Sushi,  Happy Burger do Tee Jay’s , steak de ancho com polenta frita e molho de queijo do Parrilla del Puerto, Talharim Carbonara do Bella Italia e muito mais.

O Happy Hour do SOUQ também vem acompanhado de música ao vivo. Nessa semana, dia 09/08, quem anima a programação é Maycon Carvalho com POP e MPB. Já na quarta, 10/08, Hisaiti é quem assume o palco do SOUQ com o melhor do samba rock, pop rock e MPB.

O SOUQ tem amplo estacionamento, é pet Friendly e tem espaço kids supervisionado por monitoras para que os pais aproveitem sem preocupações enquanto seus filhos brincam e aprendem.

SOUQ: Av. Iguaçu, 4.399.

Com nova fábrica da Fiocruz, Curitiba avança para se tornar polo de inovação em biotecnologia

Prefeito Rafael Greca participa do evento em comemoração ao aniversário do Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP). Curitiba, 05/08/2022. Foto: Pedro Ribas/SMCS

O prefeito Rafael Greca participou, na noite desta sexta-feira (5/8), no Clube Curitibano,  da comemoração do aniversário do Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP), criado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Governo do Estado do Paraná para atuar no desenvolvimento tecnológico, inovação e produção industrial de soluções para a saúde. Greca destacou trabalho do IBMP durante a pandemia e o investimento na nova unidade de biotecnologia na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), que vai produzir insumos para vacinas e terapias avançadas em câncer.

Greca estava acompanhado da primeira-dama, Margarita Sansone.

Eu vim aqui marcar a inauguração da feliz ideia de uma nova planta industrial de ponta, com investimentos superiores a R$ 100 milhões. Curitiba está orgulhosa em receber o novo projeto, que reflete o bem que queremos à nossa gente e nossa terra. Mais saúde e proteção para nossas vidas. A nova planta do instituto vai contribuir para que a nossa CIC avance para se tornar um polo de empresas de inovação”, disse o prefeito.
 

Greca apoia instalação de “fábrica” de vacinas da Fiocruz em Curitiba

CIC vive nova onda de desenvolvimento, com investimentos de R$ 2 bilhões e abertura de empresas

O vice-presidente de produção e inovação em saúde da Fiocruz, Marco Aurélio Krieger, que no evento representou a presidente da empresa, Nísia Veronica Trindade Lima, ressaltou o papel do IBMP durante a pandemia de Covid-19. “O instituto teve uma atuação exemplar, reconhecido pela sociedade paranaense e brasileira. O IBMP é hoje considerado a joia da coroa da Fiocruz, que passa a olhar essa operação como modelo do seu próprio desenvolvimento”, afirmou.

Desde o início da pandemia, o IBMP produziu mais de 35 milhões de testes rápidos entregues ao SUS, por meio da Fiocruz, e, em tempo recorde, atuou no desenvolvimento e produção do teste molecular, utilizado como contraprova na confirmação do primeiro caso no Brasil. Também implantou a unidade de testagem molecular da Covid-19 no Paraná, responsável por processar mais de 3,5 milhões e meio de amostras.

“O IBMP nasceu já com o DNA da inovação que é marca da Fiocruz desde a sua fundação. A inovação é um processo sistêmico, que precisa ser alimentado com fomento, proteção e acesso a mercados. Curitiba tem tudo para ser um polo de ciência e tecnologia. Até 2023 vamos dobrar a capacidade, com investimentos de cerca de R$ 150 milhões, com duas ou três novas plantas, com produção de insumos estratégicos para vacinas e terapias de câncer, que hoje não são feitas no Brasil, que dependem de importações”, disse Pedro Ribeiro Barbosa, diretor-presidente do IBMP.

Nesta sexta-feira, o IBMP comemorou a fundação (1999) e a implantação da unidade em Curitiba (2009). A unidade de produção foi a primeira fora do Rio de Janeiro da Fiocruz, que ontem também celebrou os 150 anos do nascimento do cientista Oswaldo Cruz, seu fundador. Médico, bacteriologista epidemiologista e santarista, Cruz foi pioneiro no estudo de moléstias tropicais no Brasil. “Oswaldo Cruz derrotou a morte, com a grandeza de um Brasil que ousa pensar, que faz da inteligência um ofício e homens e mulheres de bem. E provou que a inovação só faz sentido quando se transforma em processo social”, destacou Greca.

Nova fábrica

O IBMP está adquirindo a área da Curitiba S.A. no Parque da Saúde CIC para construir uma planta industrial para a produção de insumos para vacinas e para terapias avançadas em câncer.  Serão duas plantas da área de biotecnologia na CIC. Uma é destinada ao desenvolvimento e produção de vacinas e insumos para terapias avançadas a partir de terapia gênica (que utiliza vetores, como moléculas de DNA do agente infeccioso para dentro da célula humana, para criar anticorpos). A outra planta será para o desenvolvimento e produção de novos medicamentos para doenças autoimunes a partir de proteínas terapêuticas, em uma estrutura inédita no país.

Também estiveram presentes ao evento, o secretario de Estado da Saúde, Cesar Augusto Neves Luiz; a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Cris Alessi; o vice-presidente de gestão e desenvolvimento institucional da Fiocruz, Mario Santos Moreira; o diretor presidente do Tecpar, Jorge Augusto Callado; o diretor do instituto Carlos Chagas/Fiocruz, Stênio Fragoso, demais diretores do IBMP e colaboradores do instituto.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba