Programação do Natal de Curitiba encanta com tradições locais

Com o tema Luz dos Pinhais: Natal de Curitiba, a programação de fim de ano da capital paranaense vai resgatar o espírito natalino e enaltecer valores culturais e tradições dos povos que formaram a cidade. Os espetáculos começam em 22 de novembro e vão até 23 de dezembro. Também haverá decoração especial, até o dia 6 de janeiro.

A programação natalina é um aspecto importante para o fomento do turismo local, segundo o prefeito Rafael Greca. “A atuação da equipe municipal e o apoio de diversas pessoas e instituições foi o que possibilitou que a festa aconteça”, disse Greca.

“Curitiba celebrará o Natal com criatividade e de maneira inovadora, com uma programação descentralizada, contemplando todos os bairros da cidade, e uma rede de voluntários e apoio financeiro de patrocinadores”, define.

Apresentações musicais estão sendo programadas em diversos pontos na cidade. As calçadas do Centro Histórico e da Rua XV de Novembro serão os núcleos da programação. A presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, afirma que o Natal terá uma atmosfera mágica “Vamos resgatar os valores da nossa cidade, que dão significado ao tema Luz os Pinhais”, diz ela.

A tradicional Feira Especial de Natal nas praças Osório e Santos Andrade, região central de Curitiba.
Foto: Jaelson Lucas/SMCS

A abertura da proclamação do Natal será no dia 22 de novembro com uma solenidade ao ar livre, no Centro Histórico, em que os sinos tocarão e “anjos” anunciarão a chegada do espírito natalino.

Na Rua XV de Novembro, a Rua das Flores, haverá decoração especial natalina, que contará com a Árvore da Vida, ornamentada com flores, e estrelas de Belém, que vão indicar imóveis importantes para o patrimônio histórico da cidade.

Toda a agenda de Natal está disponível no site: http://www.natalcuritiba.com.br/

Eixo principal de atrações

Feira de Natal

A tradicional Feira Especial de Natal reúne artesãos da cidade nas praças Osório e Santos Andrade e oferece produtos com o tema. A feira começa no dia 23 de novembro e vai até 23 de dezembro, de segunda à sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 19h .

A feira terá barracas dedicadas aos artesanatos natalino e culinário – biscoitos, chocolates e confeitos. Também será uma ótima oportunidade para degustação de pratos típicos, como o pierogi polonês, as empanadas bolivianas, o acarajé baiano.

Paço da Liberdade

Nos dias 5, 6 e 7 de dezembro, a fachada do Paço da Liberdade receberá projeções de luz de temática natalina. O evento é gratuito e começa às 20h30.

As projeções contam a história de Natalia, uma menina que não vê a hora de tornar-se adulta para fazer o que quiser. O conto começa com a voz do Papai Noel ecoando pelo local.

O Palácio Encantado

O espetáculo de Natal do Palácio Avenida está na 27ª edição – a segunda sob o comando do banco Bradesco. O tradicional coral natalino se apresentará de 1 a 17 de dezembro, às sextas, sábados e domingos, sempre às 20h15, no Palácio Avenida, na Rua Luiz Xavier, no Centro.

Com o tema O Palácio Encantado, o espetáculo contará com mais de 100 crianças interpretando músicas nacionais e internacionais, com duração de 45 minutos por apresentação.

Capela Santa Maria

Espaço destinado à música erudita, a Capela Santa Maria será palco do Concerto Natalino Camerata Antiqua de Curitiba, nos dias 15 e 16 de dezembro, às 18h30, e a apresentações da Opera Orchestra Curytiba, de 19 a 22 de dezembr,o às 20h.

Localizada no Centro da cidade, a capela em estilo neoclássico foi construída pela Congregação Marista, em 1939, em devoção à Nossa Senhora da Conceição. Restaurada pelo município, foi transformada em sala de concertos, além de ser, desde 2008, a sede da Camerata Antiqua de Curitiba, grupo de coro e orquestra mantido pela Prefeitura Municipal.

Memorial de Curitiba

O Memorial de Curitiba fica no Centro Histórico da cidade e será palco de diversas apresentações. Além de receber a cerimônia de proclamação do Natal, o Memorial será ornamentado com uma árvore étnica, que vai mostrar a cultura das etnias que formaram Curitiba.

O Pavilhão Étnica, uma extensa programação de apresentações de dança folclórica, desvendará a riqueza de cada etnia.

O Memorial também vai receber a Exposição Oficina Itinerante de Mini Presépios, de 20 de novembro a 6 de janeiro.

O Natal terá ainda mostra de filmes natalinos na Cinemateca, apresentações eruditas na Capela Santa Maria, a decoração da Linha Turismo e uma programação especial no Mercado Municipal.

Outras atrações

Mercado Municipal

Um dos grandes atrativos turísticos de Curitiba, o Mercado Municipal terá uma programação de Natal de 22 de novembro a 5 de janeiro de 2018.

A programação envolve apresentação de coral, aulas de culinária e uma feira especial com produtos natalinos, além de brindes aos clientes.

Nataleluia

Há 20 anos na programação natalina de Curitiba, o Nataleluia é um espetáculo que apresenta a mensagem de Natal com performances ao vivo e com o apoio de mais de 700 voluntários. Reúne orquestra, teatro, dança, um grande coral e efeitos especiais.

O evento celebra o nascimento de Jesus, apresentando uma história envolvente e contextualizada que cativa todas as idades, utilizando-se dos mais atuais recursos artísticos e tecnólogicos.

As apresentações acontecem na Primeira Igreja Batista de Curitiba nos dias 20, 21, 22 e 23 de dezembro, às 20h.

Ingressos e informações pelo site: www.nataleluia.com.br

Feira de Santa Rita

A Feira de Santa Rita é um evento tradicional em Curitiba, promovido pela Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia. A feira é a principal fonte de recursos para atender as mais de 168 entidades carentes cadastradas na associação. São três dias de feira com apresentações musicais e folclóricas em uma grande praça de alimentação e estandes com venda de enfeites, artesanato, roupas, brinquedos, bijouterias.

O evento é gratuito e acontece no dia 1 de dezembro, da 14h às 22h, e nos dias 2 e 3 de dezembro, entre 10h e 22h, no espaço Expo Renault.

 

FONTE: Prefeitura de Curitiba (Agência de Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba prorroga bandeira amarela por mais 15 dias e mantém obrigatoriedade da máscara

Em bandeira amarela há 147 dias, Curitiba mantém medidas restritivas de combate à pandemia de covid-19 na cidade e prorroga as regras atualmente vigentes por mais 15 dias.

O Decreto 1.970/2021, que prorroga as medidas do decreto 1.850/2021, será publicado nesta quinta-feira (2) e começa a valer a partir da publicação. As medidas terão vigência até 16 de dezembro.

O uso da máscara continua obrigatório em espaços de uso público ou de uso coletivo. Também foi mantida a regra que proíbe o consumo de bebidas alcóolicas em vias públicas, salvo em feiras livres e de artesanato.

Indicadores

A decisão de prorrogar as medidas foi tomada pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, na terça-feira (30/11). Segundo a avaliação técnica, embora o cenário da avaliação da pandemia no município seja positivo nos últimos 14 dias, é necessário manter cuidado por conta da descoberta da nova variante ômicron.

A média móvel do número diário de casos novos apresentou queda de 22,5% nos últimos 14 dias. A média móvel do número de mortes por data de divulgação também apresentou redução de 10% no mesmo período. Também teve queda de 11,5% a média móvel do número de casos ativos, no mesmo período.

A análise dos dados epidemiológicos da última semana (de 23 a 26 de novembro), porém, mostrou ligeira alta na pontuação geral da bandeira, ficando em 1,39. No período de publicação de decreto anterior, a bandeira havia alcançado a pontuação de 1,35, a melhor pontuação desde o lançamento do painel avaliativo da Secretaria Municipal da Saúde.

De acordo com a SMS, a ligeira alta não significa recrudescimento da pandemia, uma vez que foi motivada especificamente pela influência no indicador de leitos, pois houve desativação de leitos exclusivos de covid-19 que não estavam sendo utilizados.

Mesmo com a desativação de leitos exclusivos para covid-19 e a retomada de outros atendimentos eletivos e emergenciais eletivos, as taxas de ocupação permanecem baixas. Nesta quarta-feira (1/12), a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 no SUS é de 33%, com 40 pacientes internados, e nos leitos clínicos a taxa é de 35%, com 40 pacientes internados.

Atualmente, o município conta com 120 leitos de UTI exclusivos de covid-19 e 144 leitos clínicos exclusivos de covid-19 no SUS Curitibano. Em maio e junho deste ano, o município chegou a contar com 548 leitos de UTI exclusivos e 746 leitos clínicos exclusivos.

Veja como ficam as principais atividades

Atividade suspensa

•    Consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, salvo em feiras livres e de artesanato.

Atividades liberadas com uso obrigatório de máscara e respeitando a capacidade de público prevista no Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros (CLCB)

•    Atividades comerciais de rua não essenciais, galerias, centros comerciais e shopping centers;

•    Atividades de prestação de serviços não essenciais, tais como escritórios em geral, salões de beleza, barbearias, atividades de estética, saunas, serviços de banho, tosa e estética de animais, floriculturas e imobiliárias;

•    Academias de ginástica e demais espaços para práticas esportivas individuais e coletivas;

•    Restaurantes, lanchonetes, panificadoras, padarias, confeitarias e bares;

•    Lojas de conveniência em postos de combustíveis;

•    Comércio varejista de hortifrutigranjeiros, quitandas, mercearias, sacolões, distribuidoras de bebidas, peixarias, açougues, e comércio de produtos e alimentos para animais;

•    Mercados, supermercados, hipermercados e lojas de material de construção;

•    Feiras livres;

•    Parques infantis e temáticos;

 Feiras de artesanato, cinemas, museus, circos e teatros para apresentação musical ou teatral;

•    Casas de festas e de recepções, incluídas aquelas com serviços de buffet, salões de festas em clubes sociais e condomínios e estabelecimentos destinados ao entretenimento, tais como casas de shows, casas noturnas e atividades correlatas;

•    Eventos corporativos, de interesse profissional, técnico e/ou científico, como jornadas, seminários, simpósios, workshops, cursos, convenções, fóruns e rodadas de negócios;

•    Mostras comerciais, feirões e feiras de varejo;

•    Serviços de call center e telemarketing;

•    Igrejas e templos;

•    Eventos esportivos profissionais com público externo e de apresentação teatral ou musical em espaços abertos.

Pelo terceiro dia seguido, Curitiba não registra morte pela Covid-19

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba não registrou óbitos de moradores da cidade por covid-19 nesta quinta-feira (2). Com isso, a cidade completa três dias consecutivos sem mortes pela doença.

A SMS lembra que as informações são dinâmicas e todos os óbitos por covid passam por intensa investigação. Assim, é possível que o número de mortes notificados em um dia possa sofrer alteração.

Até o momento foram contabilizadas 7.798 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

O boletim desta quarta confirmou que mais 43 moradores testaram positivo para covid-19. Com os novos casos, 298.593 moradores de Curitiba testaram positivo desde o início da pandemia, dos quais 289.643 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 1.152 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Leitos do SUS

Nesta quinta-feira (2/12), a taxa de ocupação dos 120 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 37%. Restam 76 leitos livres.

A taxa de ocupação dos 114 leitos de enfermarias SUS covid-19 está em 31%. Há 80 leitos vagos.

A SMS esclarece que os dados da ocupação de leitos em Curitiba são dinâmicos, com alterações ao longo do dia.