Primeiro parque para cães do Paraná será inaugurado na região metropolitana em dezembro

O primeiro parque para cães será inaugurado no dia 1º de dezembro, em Pinhais. Localizado no bairro Emiliano Perneta, no Parque Linear do Rio Atuba, o ParCão de Pinhais será o primeiro do Paraná a ter espaço privativo para recreação de cães, com pista de agility em área cercada, brinquedos e circuito, bebedouro canino e estrutura exclusivamente desenvolvida para lazer e passeios com cães, com garantia de segurança para animais e seres humanos, já que o parque contempla também uma área para recreação infantil.

O projeto desenvolvido pela Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria de Obras Públicas, fica em um espaço que antes era de ocupação irregular. “Além de construirmos um parque linear, onde antes ficavam habitações irregulares, e ajudar a preservar o rio, também aproveitamos aquele espaço para construir um parque único aqui na nossa região. Um local, com diversas atrações, no qual as famílias poderão levar os seus cães para passear”, relatou a prefeita de Pinhais, Marli Paulino.

No dia da inauguração uma programação está sendo preparada. Será ofertado microchipagem para 300 animais, o Detran apresentará uma campanha de prevenção ao atropelamento de animais e a Prefeitura fará campanhas educativas sobre guarda responsável. Durante o evento, também haverá feira de adoção e um desfile para escolha do cão de maior e menor porte e o mais carismático (todos acima de um ano e meio).

Serviço

O ParCão será inaugurado no dia 1º de dezembro, a partir das 10h. O parque está localizado na Avenida João Leopoldo Jacomel, no Parque Linear do Rio Atuba.

 

/Via: Prefeitura de Pinhais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pinhais inicia vacinação de trabalhadores da Educação contra covid nesta sexta

Pinhais é um dos primeiros municípios da região metropolitana a vacinar profissionais da Educação. Nesta sexta-feira, os trabalhadores desta área, entre 59 e 55 anos, serão vacinados mediante agendamento, também na estrutura montada no Expotrade.

De acordo com a prefeitura, a vacinação dos professores ocorrerá conforme a disponibilidade de doses recebidas. A inclusão dos trabalhadores da educação foi confirmada esta semana pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, em uma decisão pactuada com os municípios.

As doses fazem parte da última remessa de vacinas da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e estão sendo distribuídas para as 22 Regionais de Saúde do Paraná.

Informações Banda B

Escola municipal da RMC amanhece vandalizada e polícia procura por suspeitos

Uma escola municipal de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, foi depredada por vândalos durante a madrugada desta segunda-feira (3). A Escola Municipal John Kennedy fica localizada na Vila Guaraci e imagens de câmeras de segurança podem ajudar a Polícia Civil a identificar os suspeitos.

Segundo a Prefeitura de Colombo, os profissionais da educação fariam um serviço de entrega de materiais a familiares dos alunos, quando encontraram a instituição completamente vandalizada.

“Além da tentativa de incêndio no local, foram destruídos os espaços da direção, Secretaria, coordenação, sala dos professores, salas de aulas e o pátio. Livros foram espalhados pelo chão e houve a destruição de eletrônicos, dentre eles, computadores e televisores. Também fizeram arrombamentos nas portas, pixação de espelhos e em fotos de profissionais da instituição. Todos os extintores foram esvaziados durante a ação criminosa”, informa nota da administração municipal.

Foto: Divulgação Prefeitura de Colombo

O boletim de ocorrência foi elaborado pela equipe técnica da Secretaria Municipal da Educação.

Revolta

O vice-prefeito e secretário Municipal de Educação, Professor Alcione, relatou com tristeza as perdas por ação de vandalismo. “Estamos perplexos com essa situação. Já atravessamos um momento delicado pela perda de vidas para a Covid-19 e chegar aqui e ver tudo isso é muito triste. Tomaremos as medidas para solucionar essa situação e com as imagens das câmeras de segurança vamos tentar identificar quem cometeu esse crime. Contamos também com apoio da população para informações que levem até os culpados”.

Foto: Divulgação Prefeitura de Colombo

De acordo com a diretora Maria Tereza, ainda não é possível mensurar os prejuízos neste momento. “Estamos em choque, chegamos para trabalhar e nos deparamos com uma cena de horror. Além da invasão destruíram os livros e materiais dos nossos alunos”, disse.

Informações Banda B