Prefeitura de Curitiba quer arrecadar 80 mil brinquedos

A Prefeitura de Curitiba promove a campanha Natal Solidário, que vai arrecadar brinquedos novos que serão doados a crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social e são atendidas pela Fundação de Ação Social (FAS). A meta é conseguir 80 mil brinquedos para meninos e meninas de até 12 anos de idade.

Os presentes serão entregues às crianças a partir do dia 2 dezembro, durante festas de Natal programadas para acontecer na Ópera de Arame e nas dez regionais da cidade.

Para alcançar a quantidade de brinquedos necessária, a Prefeitura pretende contar mais uma vez com a solidariedade dos empresários, comerciantes e da população curitibana.

“Os brinquedos arrecadados transformarão o Natal dessas crianças em um momento de felicidade”, diz o presidente da FAS, Thiago Ferro, responsável pela coordenação da campanha Natal Solidário.

Thiago lembra que as crianças que serão atendidas pela campanha vivem em condições de pobreza e miséria e, normalmente, não recebem presentes de Natal.

As doações poderão ser feitas até 29 de novembro, diretamente na FAS, na Rua Eduardo Sprada, 4.520, bairro Campo Comprido, onde está sendo montada uma grande estrutura para o recebimento e separação dos brinquedos. Também haverá caixas de coleta em pontos espalhados pela cidade.

Esta é a segunda campanha Natal Solidário. A primeira aconteceu em 2017, quando foram arrecadados 80 mil brinquedos. Mais informações sobre a campanha e pontos de coleta podem ser vistas no site da Prefeitura e no da FAS.

 

Lista inicial de pontos de coleta

Instituto Curitiba de Saúde (ICS) – Av. Mal Floriano Peixoto, 1.895 – 2° andar – Rebouças
Secretaria Municipal do Esporte Lazer e Juventude (Smelj) – Rua Solimões, 160 – São Francisco
Unibrasil – Rua Konrad Adenauer, 442 – Tarumã
Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) – Rua Ivo Leão, 42 – Alto da Glória
Bumerang Brinquedos – Rua Carlos Pioli, 191 – Bom Retiro
Bumerang Brinquedos – Shopping Crystal – loja 244/245
Bumerang Brinquedos – Shopping Estação – Piso 1
Bumerang Brinquedos – Shopping Ventura – Loja 40/46
Grupo Boticário – Av. Rui Barbosa, 4.110 – São José dos Pinhais
Grupo Boticário – Rua Gonçalves Dias, 225 – Batel
Regional Bairro Novo – Rua Tijucas do Sul, 1.700 – Sítio Cercado
Regional Boa Vista – Av. Paraná, 3.600 – Boa Vista
Regional Boqueirão – Av. Mal Floriano Peixoto, 8.430 – Boqueirão
Regional Cajuru – Av. Prefeito Maurício Fruet, 2.150 – Cajuru
Regional CIC – Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2.460 – CIC
Regional Matriz – Rua Monsenhor Celso, 35 – 2° andar
Regional Portão – Rua Carlos Klemtz, 1.700 – Fazendinha
Regional Pinheirinho – Av. Winston Churchill, 2.033 –
Regional Santa Felicidade – Rua Santa Bertila Boscardin, 213 – Santa Felicidade
Regional Tatuquara – Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n – Tatuquara

 

A Prefeitura promove o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2019  com o patrocínio das empresas Supermercados Condor, Electrolux, Volvo, Samar Iluminação, Servopa, Associação Comercial e Industrial de Santa Felicidade (Acisf) e Associação dos Lojistas do ParkShoppingBarigüi. A programação de espetáculos vai até 23 de dezembro e a decoração poderá ser vista até 6 de janeiro.

A programação está sujeita a alterações.

Via: Natal Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Civil e PM prendem 15 envolvidos com tráfico de drogas

As Polícias Civil e Militar cumpriram nesta terça-feira (22) 48 mandados judiciais (11 de prisão e 37 de busca e apreensão) para desarticular associações criminosas que gerenciavam o tráfico de drogas na Capital, na Região Metropolitana de Curitiba e Litoral.

Foram presas 15 pessoas, sendo 11 em cumprimentos de mandado prisão preventiva (destas, seis também foram autuadas em flagrante) e quatro em flagrante. Também foram apreendidas quatro armas de fogo, 87 munições de diversos calibres, R$ 8,3 mil e 5 quilos de drogas como maconha, crack e cocaína.

Curitiba, 22 de setembro de 2020. Operação Lisboa

“Identificamos o tráfico de drogas no bairro e a investigação acabou se expandindo para outros núcleos que faziam o abastecimento da região central de Curitiba. Com a operação, tivemos a apreensão significativa de armas, drogas e a captura de pessoas que tinham mandado de prisão”, disse o delegado da Polícia Civil, Ricardo Casanova.

O comandante do 1º Comando Regional da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, salientou a importância da integração com a Polícia Civil, que envolveu diversas equipes ao longo de seis meses. “Foi um trabalho intenso, em que muitas vezes os policiais militares e civis trabalharam uníssonos, inclusive trabalhando na mesma viatura, para alcançar o melhor resultado possível”, disse.

INVESTIGAÇÃO – A operação foi feita com base em levantamentos feitos pela Polícia Civil e pelo 1º Comando Regional de Polícia Militar. Ao longo de seis meses, as equipes policiais estiveram nas ruas, buscando informações, identificação de líderes, gerentes, fornecedores e distribuidores que atuavam em pontos de venda, armazenamento e distribuição de drogas. Durante o período, 21 pessoas foram presas, além de duas armas, 170 gramas de cocaína, 2,3 quilos de cocaína e 4,8 quilos de maconha.

As investigações apontaram que o bairro São Francisco era o principal ponto de venda e consumo de drogas de uma organização criminosa. Também foi apurado que os fornecedores estavam instalados em três núcleos: um no bairro Cajuru, em Curitiba, que também alcançava de São José dos Pinhais, outro núcleo no município de Pinhais, e o terceiro no Centro de Curitiba.

LITORAL – Em uma das abordagens, equipes do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão e de prisão a um casal que coordenava o tráfico no centro da Capital. “A liderança estava homiziada em uma residência em Matinhos, e houve o confronto. Tivemos várias prisões e apreensões por parte das equipes da PM e da Polícia Civil”, disse o coronel Hudson Leôncio Teixeira.

A operação contou com efetivos da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) do 1º CRPM, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e a Companhia de Operações com Cães (COC) da PM. Diversas unidades da Polícia Civil estiverem envolvidas na ação, além do grupamento aéreo e cães.

Informações AEN.

Curitiba registra 348 novos casos e nove mortes por covid-19

Curitiba registrou nesta terça-feira (22/9) 348 novos casos de covid-19 e nove óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

As novas vítimas são três homens e seis mulheres, com idades entre 21 e 94 anos. Sete destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. Os demais foram nos dias 19 e 20 de setembro.

Até agora são 1.213 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 41.717 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 36.297 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 4.207 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS

Nesta terça-feira (22/9), a taxa de ocupação dos 334 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 é de 79%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 70 leitos livres.

Números da covid-19 em 22 de setembro

348 novos casos
9 novos óbitos

Números totais

Confirmados – 41.717
Investigação: 670
Recuperados – 36.297
Óbitos – 1.213