Pizzaria oferece até 20% de desconto para clientes que comprovarem vacinação contra covid

O Armazém Colônia Forneria & Pizzaria está oferecendo até 20% de desconto aos seus clientes que estiverem vacinados contra a Covid-19. A promoção começa a partir de hoje (23). Para o cliente que tomou as duas doses da vacina, o desconto é de 20% e se tomou apenas uma dose, é de 10%.

A ideia, segundo o empresário Mauro Sfair, que também já tomou a vacina, é “ajudar a espalhar a notícia, que muitos ainda teimam em acreditar, de que o mundo só voltará ao normal após estarmos todos imunizados”. A promoção vale para todas as pessoas que consumirem na casa, e é individual.

Serviço

Onde: Armazém Colônia – Av. Vicente Machado, 984, no Batel

Mais informações aqui

Promoção válida somente para o consumo no local*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Três em cada quatro cidades paranaenses já vacinam a faixa dos 30 anos contra a Covid-19

Um levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde junto aos 399 municípios nesta quinta-feira (22) mostra que 304 (76%) municípios paranaenses estão vacinando o público em geral na faixa dos 30 a 39 anos, conforme o calendário divulgado em meados de junho. Isso significa que três em cada quatro cidades paranaenses estão imunizando a população dentro do mesmo intervalo, conquistando, juntas, novos públicos.

Outras 16 cidades (4%) já avançaram nesta faixa e estão imunizando cidadãos de 18 a 29 anos. Isso foi possível por causa da quantidade de grupos prioritários nesses municípios, o que naturalmente adiantou a imunização. E apenas 79 ainda estão acima de 40, sendo que 48 delas estão vacinando entre 40 e 41 anos, projetando alcançar a faixa dos 30 até o fim dessa semana.

Em todo Estado, a média geral de idade é de 36,3 anos, mas ela deve cair rápido porque os municípios começam a aplicar nesta quinta suas cotas das 377.505 doses enviadas na quarta-feira (21). De acordo com o calendário do Governo do Paraná, a meta é que até setembro toda a população acima dos 18 anos esteja vacinada com a primeira dose.

“Com as doses recebidas nesta semana, iremos avançar na vacinação do público geral, o que temos feito de maneira exemplar. O Paraná é o 5º estado que mais imunizou no País. A agilidade logística do Estado em distribuir os imunizantes para os municípios e ações de incentivo como a campanha De Domingo a Domingo, além do esforço ininterrupto das prefeituras, são alguns dos motivos para o sucesso da vacinação com as doses já disponibilizadas”, disse o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

“Com exceção de casos excepcionais, de cidades em que boa parte da população foi atendida dentro das prioridades elencadas pelo Ministério da Saúde, há uma uniformização na aplicação dos imunizantes, com a maioria dos municípios vacinando a mesma faixa etária. É o que sempre buscamos desde o início: equilíbrio e agilidade para os paranaenses”, completou o secretário.

Ele ainda disse que com a nova metodologia de distribuição a expectativa é de aproximar mais as faixas etárias.

Até a manhã desta quinta-feira (22), os municípios paranaenses já aplicaram 7.265.955 doses, sendo 5.323.744 com a primeira dose e 1.942.211 com as duas doses da vacina ou a dose única.  O Paraná também é o 3º que mais imunizou a chamada população em geral, que não entrou em nenhum grupo prioritário, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, e o 5º lugar em população totalmente protegida, um em cada cinco cidadãos.

IDADE – Dos 399 municípios, apenas 78 ainda vacinam a população acima dos 40 anos, com Nova Tebas (48) e Altamira do Paraná (47) com as idades mais altas. Outras 16 cidades paranaenses já estão vacinando a população abaixo dos 29 anos, com Santa Cecília do Pavão (18), Guaraqueçaba (18) e Antonina (18) na outra ponta.

A maioria dos municípios mais populosos do Paraná está na faixa dos 30: Curitiba (38), Londrina (39), Maringá (35), Ponta Grossa (36), Cascavel (33), São José dos Pinhais (38), Guarapuava (33) e Colombo (36). Todos já anunciaram novas reduções com a distribuição das novas doses, avançando a novos públicos.

Apenas Foz do Iguaçu (28) e Paranaguá (22) estão mais adiantadas, a primeira por conta da estratégia de controle de variantes na fronteira, a segunda pela quantidade de grupos prioritários na população, como portuários, vacinados anteriormente. 

“É muito importante que toda a população esteja atenta ao chamado dos municípios para a vacinação, estamos tendo baixas tanto na ocupação de leitos como na taxa de transmissão em todo Estado, isso é reflexo do avanço da vacinação, aliada às medidas protetivas como o uso da máscara e do álcool em gel e distanciamento social”, acrescentou o secretário.   

MAIS DOSES – O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (22) que tem mais de 3,5 milhões de doses em estoque para enviar aos estados nos próximos dias. São 1,03 milhão de AstraZeneca/Oxford, pela Covax Facility, 1,05 milhão de Pfizer/BioNTech e 1,5 milhão de Coronavac/Butantan.

Confira o levantamento completo AQUI.

9º Festival de Inverno do Centro Histórico tem circuito de sopas a partir de R$ 5,90 e atrações musicais

Evento já é tradição no inverno curitibano e acontece dentro de todas as normas de segurança de forma presencial, delivery e take away.


A Rede Empresarial do Centro Histórico realiza pelo 9º ano consecutivo o Festival de Inverno de uma das regiões mais charmosas de Curitiba. Até o dia 25 de julho os curitibanos podem se aquecer com o circuito de sopas oferecido nos sistemas delivery, take away e presencial, além de alegrar os corações com atrações musicais de alta qualidade.

Para celebrar a época mais fria do ano, nesta edição o Festival vem celebrar a cultura do inverno em uma versão mais intimista e com toda segurança e conforto. Lembrando que todos os estabelecimentos participantes dessa ação seguem o Manual de Conduta Segura para Serviços de Bares e Restaurantes na Prevenção da COVID19 com medidas detalhadas atendendo às recomendações dos órgãos de saúde (parceria SEBRAE e ABRASEL).

“Estamos muito felizes em poder oferecer ao público, mesmo que em menor proporção, um festival delicioso, intimista e com toda a segurança. No momento delicado que estamos vivendo é muito importante tanto para os empresários, quanto para o público, poder contar com uma programação que traga entretenimento dentro das normas e com qualidade”, destaca o presidente da Rede, Fredy Ferreira.

Sopas a partir de R$ 5,90

Na área gastronômica, a 9ª edição do Festival de Inverno deu destaque para as sopas. São seis opções à disposição do público de sabores e valores diversos. A gastronomia árabe, alemã, brasileira e italiana estarão muito bem representadas. O Oriente Árabe oferece uma sopa de coalhada com kibe e hortelã (R$ 33), o Bar do Alemão uma de ervilha com bacon defumado (R$ 5,90), o Nonna Giovanna tem o tradicional capeletti in brodo (R$ 23,90) e a Caiçara o caldo de Mocotó (R$ 24,80).  

Outras duas opções muito apreciadas pelo público também serão comercializadas: sopa eslava com pinhão, no Quintal do Monge (R$ 19,90), e sopa eslava ou de mandioquinha no Palco dos 5 Sentidos (R$ 29).

Alguns desses estabelecimentos ainda oferecem combos gastronômicos. Na Caiçara, Nonna Giovanna e Quintal do Monge os combos são da sopa com vinho. Os valores variam de R$ 28,90 a R$ 70. O Palco dos 5 Sentidos incrementa ainda seu combo com queijo e vinho formando o quarteto de inverno (sopa, pão, queijo e vinho) por R$ 46. E o Oriente Árabe servirá seu tradicional rodízio árabe durante o festival com preço promocional de R$ 69 por pessoa.

Os horários de funcionamento de cada estabelecimento, assim como a modalidade de consumo (delivery, take away ou presencial) podem ser conferidos no site da Rede Empresarial do Centro Histórico.  

Mais de 20 atrações na área cultural

Assim como já é tradição, a área cultural também é valorizada no Festival de Inverno do Centro Histórico. A programação conta com ritmos para todos os gostos: rock, jazz, pop. Ao longo dos dias segue com lindos concertos de violino e piano, animados shows de samba e rock e até apresentações de dança do ventre.

Divulgação

“As atrações culturais ocorrerão nos próprios estabelecimentos participantes para garantir que todas as medidas sanitárias sejam seguidas à risca”, afirma Fredy Ferreira. Elas se dividem em cinco locais nos dez dias de festival: Oriente Árabe, Palco dos 5 Sentidos, Jokers, A Caiçara e Quintal do Monge. Algumas são gratuitas e outras têm couvert artístico que variam de R$ 5 a R$ 25.  

Confira a programação completa em https://www.centrohistoricodecuritiba.com.br/festival-de-inverno

Campanha do Agasalho

Além de oferecer entretenimento e gastronomia de qualidade, algumas empresas da Rede Empresarial do Centro Histórico em parceria com a Fecomércio estão com pontos de coleta para a Campanha do Agasalho. São elas: Bar do Alemão, A Caiçara, Quintal do Monge e Oriente Árabe.  

Sobre a Rede
A Rede Empresarial do Centro Histórico, realiza desde 2012 de forma voluntária, eventos que já fazem parte do calendário oficial da cidade. O Festival de Inverno do Centro Histórico de Curitiba e o Centro Histórico Divertido, e contam com o apoio da FCC; PMC; Fecomércio-PR e SEBRAE-PR entre outros. Acreditamos que estes eventos se fortaleceram ao longo dos anos, construindo uma marca cada ano mais sólida no cenário cultural de Curitiba.  
Empresas Associadas: Artemisia Produções, A Caiçara, Balaio De Gato Colab, Bella Vivenda, Bar Do Alemão, Hotel Blumenau, Jokers, Nonna Giovanna, Oriente Árabe, Palco 5 Sentidos, Tempo Café eQuintal Do Monge.