Pets e fogos de artifício: como preparar os animais

Se os ruídos dos fogos de artifício fossem quatro vezes mais altos, certamente seriam extremamente desconfortáveis para a maioria das pessoas. Pois é assim que os pets percebem o barulho da queima de fogos. Enquanto os humanos captam sons entre 16 e 20.000 Hz, os cães escutam sons entre 10 e 45.000 Hz e os gatos mais jovens até 100.000 Hz.

Períodos de comemorações, como fim de ano e campeonatos de futebol, acendem o alerta de perigo para os animais. O ruído dos fogos de artifício pode causar desde medos, traumas, posturas agressivas, tentativas de fugas até laceração dos tímpanos, ataque cardíaco, desmaios, automutilações, convulsões ou, mesmo, a morte em animais mais sensíveis ou com comorbidades. Por isso, os tutores devem tomar medidas preventivas também em cidades nas quais as queimas de fogos com estampidos já são proibidas. Infelizmente, não é toda a população que cumpre as regras.

Como preparar o pet para a queima de fogos

Segundo a médica veterinária e consultora da rede de farmácias de manipulação veterinária DrogaVET, Farah de Andrade, tentar habituar os pets a sons altos e de fogos é uma boa alternativa. Colocar música para o pet ouvir frequentemente e aumentar o volume aos poucos, vai fazer com que se acostume. Também é importante associar o momento a algo que o pet goste, como brincadeiras, carinho e petiscos. Aproveitar eventuais queima de fogos para associar a recompensas positivas e mostrar tranquilidade ao pet também vai contribuir para a prevenção de respostas exacerbadas em momentos de festejos mais intensos.

Medicamentos fitoterápicos e florais de Bach também são grandes aliados. “É importante consultar um médico veterinário para que ele indique o medicamento mais adequado e a dose correta para o pet, de acordo com o seu peso e as suas condições de saúde. O ideal é iniciar o tratamento com pelo menos uma semana de antecedência ao episódio de queima de fogos”, esclarece a veterinária.

Valeriana, Kawa-kawa, passiflora, L-triptofano e melatonina são algumas opções naturais para a prevenção e podem ser manipuladas em formas farmacêuticas flavorizadas que auxiliam a administração. “Medicar um animal nem sempre é uma tarefa fácil, especialmente os gatos. Por isso, a manipulação de medicamentos faz tanta diferença nos tratamentos. O tutor pode oferecer o medicamento em forma de biscoito no sabor bacon ou calda sabor caramelo, por exemplo, o que vai fazer com que o pet aceite facilmente. Nos momentos de estresse ou para um animal mais sensível, esse diferencial pode ser um fator decisivo para a adesão ao tratamento”, argumenta Farah.

A médica veterinária também orienta sobre a manipulação de Florais de Bach: “Existem fórmulas que combinam mais de um floral, atuando especialmente no medo. Já o floral emergencial atua em situações de mudanças repentinas, viagens e crises de ansiedade, proporcionando tranquilidade. Uma boa opção para termos sempre em casa”.

Como proceder durante a soltura de fogos de artifício

É muito importante que o pet não esteja sozinho no momento em que as queimas estejam ocorrendo, pois ele pode achar que está em perigo e tentar fugir. No momento do desespero, os animais são capazes de pular janelas e muros ou passar por espaços que não conseguiriam normalmente. Cão preso na coleira e guia, nem pensar. O risco de se machucar gravemente é ainda maior.

O ideal é que o animal fique dentro de casa, pois será mais difícil escapar e ficará mais tranquilo ao se sentir próximo do tutor. Fechar portas, janelas e cortinas, ajudará a abafar o som e criará a sensação de segurança. Disponibilizar petiscos e brinquedos e fazer uso de feromônios tornam o ambiente ainda mais agradável.

O som de músicas clássicas e relaxantes, além de amenizar o barulho externo, ajuda a tranquilizar os pets. Para isso, a DrogaVET também mantém uma playlist na rede social Spotify, que pode ser acessada pelo link l1nq.com/DrogaVETSpotify

Sobre a DrogaVET

A DrogaVET está sempre em busca de soluções no segmento de manipulação veterinária, respeitando integralmente todos os princípios éticos que regem a produção de medicamentos e a sua aplicabilidade em animais. Pioneira no segmento de farmácias de manipulação, a rede, que surgiu em 2004, já conta com mais de 100 unidades no Brasil, unindo tecnologia, inovação e o conhecimento de uma equipe altamente especializada de farmacêuticos e veterinários.

Mais informações estão disponíveis no site: www.drogavet.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mulheres ganham vinho e espumante na segunda-feira do Marcondes

O encontro entre amigas ganha um brinde especial nas segundas-feiras do Marcondes Cozinha Autoral. O restaurante dedicado à alta gastronomia começa uma nova promoção nessa segunda-feira (14/11). A Segunda das Mulheres tem uma ação exclusiva para elas, tornando esse dia da semana a melhor pedida para encontrar amigas em torno da boa gastronomia.

As mulheres que forem jantar no restaurante ganham itens selecionados pelo sommelier. Duas mulheres ganham uma taça de espumante cada. Já se estiverem em quatro, o grupo ganha uma garrafa de vinho branco ou de espumante.

A novidade é ideal para amigas que queiram degustar do destaque da casa: o Menu Confiance. A sequência de pratos é elaborada para surpreender as clientes, com preparos inovadores. Após uma conversa inicial sobre restrições alimentares, o chef tem a liberdade de apresentar criações originais cheias de sabor. Há opções de sequências com cinco, sete e nove etapas. Já figuraram pratos que aliam a releitura de clássicos com alta gastronomia criativa como o Stinco de cordeiro com linguini na manteiga de ervas e molho do próprio assado, Pescada amarela curada com alho negro e espuma de cebolinha e Magret de pato com purê de maçã e jambu com caldo de tucupi, entre outros.

Outra oportunidade é saborear o Festival das Trufas Frescas, um menu completo com couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Como principal, são quatro opções: Polenta cremosa com ragu de ossobuco finalizado com trufas frescas, Entrecot com nhoque ao molho de vinho Barolo finalizado com as trufas, Mignon ao molho de mostarda com risoto milanês e finalizado com trufas frescas, e Fettuccine artesanal ao molho pesto e espuma de parmesão finalizado com as trufas frescas. A sequência sai a R$ 159 por pessoa.

A Segunda das Mulheres começa nesta segunda-feira (14/11). A casa abre para jantar às 18h30. O Marcondes funciona na R. Recife, 220 – Cabral. Mais informações no perfil oficial do restaurante no Instagram (@marcondesrestaurante). Reservas por WhatsApp (41) 3205-4982.

Silvia Machete apresenta em Curitiba o show do aclamado álbum ‘Rhonda’

Após 11 anos, Silvia Machete retorna aos palcos de Curitiba e faz o show de lançamento do “Rhonda”, o sétimo álbum da cantora, compositora, performer, malabarista e trapezista brasileira. A apresentação acontece nesta sexta-feira (11), a partir das 23h, no Camaleão Cultural, com ingressos disponíveis pela plataforma Shotgun.

Na década passada, Silvia Machete deixou a sua marca no icônico Teatro Paiol. Envolta de um bambolê que bailava pelo seu corpo e, entre performances provocantes onde a sensualidade aflorava-se por danças ao léu, o show da artista foi eleito o melhor pela APCA – Associação dos Críticos Paulistas de Arte – em 2010.

Hoje, aos 46 anos, Silvia Machete está em turnê pelo país com a divulgação do seu álbum mais recente: “Rhonda“. Introspectivo e inteiramente em inglês, ao longo de 11 faixas, não bastasse o deleite além da língua materna, Silvia interpreta a faixa “With no one else around” – também lançada em single -, regravada em estúdio, ao vivo, após 46 anos de Tim Maia (1942-1998) a ter registrado em um álbum homônimo, em 1978.

Ouça o álbum “Rhonda”

Entre as outras faixas de “Rhonda“, ao lado do requisitado instrumentista, arranjador e produtor Alberto Continentino, a dupla assina a maioria das composições que, contam ainda com parcerias dela e os músicos músico Emerson Villani, o norte-americano Nick Jones – escritor das séries Orange is the new black e Glow – e o compositor Rafael Torres. O álbum “Rhonda” conta com Guilherme Monteiro (guitarra), Vitor Cabral (bateria), Chicão (teclados) e do tecladista norte-americano Jason Lindner.

Com sonoridade distinta dos trabalhos anteriores, o álbum de Silvia clama, de fato, outra estética pelas composições em inglês. A atmosfera de “Rhonda” também reflete a necessidade da artista em ampliar a sua discografia para outros públicos e novos territórios, além da sua tropicalidade nata – que permeia o álbum pela faixa “Messy Eater“. 

Tanto que, deste sétimo álbum, Silvia segue a tendência fonográfica e enaltece novas possibilidades com a edição remix em “Rhonda revisite” (2021/Biscotio Fino) e a participação de nomes que ampliam a potência das versões originais. 

Ouça o álbum “Rhonda revisite”

O show de lançamento do “Rhonda” em Curitiba conta com as participações dos músicos Dudinha Lima (direção musical e baixo), Conrado Goys (guitarra), Chicão Mortofano (teclados) e Antonio Loureiro (bateria). Com realização do selo Saliva, a apresentação tem início a partir das 23h, no Camaleão Cultural, com ingressos disponíveis pela plataforma Shotgun.

Show de lançamento do álbum “Rhonda” com Silvia Machete

Onde: Camaleão Cultural 

Endereço: Rua São Francisco, nº 43 – Centro

Quando: 11 de novembro (sexta-feira)

Horário: A partir das 23h

Ingressos: Disponíveis pela plataforma Shotgun.

Ficha Técnica 

Realização: Saliva 

Arte: Pedro Colombo

Foto: Alex Santana

Direção: Gui Pondé 

Assessoria de imprensa: Cabana Assessoria

Apoio cultural: Música é o Canal

Redes Sociais Silvia Machete

Instagram: @silvia.machete

YouTube: @SilviaMachete

Facebook: @SilviaMachete