Pequeno Cotolengo abre mais de 50 vagas para a área da saúde

O Pequeno Cotolengo Paranaense, instituição de caridade que fica em Curitiba, está com 51 vagas abertas para diversas áreas da saúde, incluindo médicos de diferentes especialidades e terapeutas variados.

Isso só foi possível, graças a projetos inscritos na Lei de Incentivo Fiscal do PRONAS – Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência – que recebe aporte por meio da destinação de um percentual do Imposto de Renda de empresas e pessoas físicas.

No Pronas são dois projetos sendo executados. O “Especializar” e o “Gerar” que vão garantir a entrada de profissionais em áreas de atendimento inéditos no Pequeno Cotolengo, como Musicoterapeuta, Geriatra, Infectologista e Pneumologista e ainda a ampliação dos atendimentos de Equoterapia, Hidroterapia, Enfermagem, Clínica Geral e Psiquiatria.

Além dessas vagas abertas por meio dos projetos, a instituição ainda está contratando Assistente Social, Psicólogo, Enfermeira, Auxiliar de Enfermagem e Cuidador por meio de Termos de Colaboração junto da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social.

As vagas já estão abertas e em processo de recrutamento, que é realizado integralmente dentro da entidade. “Procuramos um perfil profissional que não busque apenas um trabalho, mas uma causa a qual se dedicar. Aqui no Pequeno Cotolengo trabalhamos por um propósito, e é esse olhar humanizado que queremos encontrar nesses novos colaboradores”, explica Débora Viana, analista de RH e responsável pelo recrutamento dentro da instituição.

No ano passado, o Pequeno Cotolengo foi eleito como uma das 50 melhores empresas para se trabalhar no Paraná segundo ranking mundialmente reconhecido, o “Great Place to Work”.

Em um tempo em que o índice de desemprego assusta, fechando na média de 12,7% de brasileiros desempregados em 2017, a instituição busca constantemente maneiras de transformar essa realidade e ampliar seus atendimentos. “Essas contratações vão qualificar ainda mais nosso serviço, garantindo o cumprimento da nossa missão e respeitando nosso valor de Promoção Humana” explica o Diretor Administrativo do Pequeno Cotolengo, Diogo Azevedo.

Quem se interessar por alguma vaga pode enviar o currículo no talentos@pequenocotolengo.org.br .

Para ver todas as vagas em aberto e suas descrições, basta acessar o site no link: http://www.pequenocotolengo.org.br/contato

 

O Pequeno Cotolengo

O Pequeno Cotolengo Paranaense atua a 52 anos oferecendo acolhimento, saúde e educação para pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades que foram abandonadas por suas famílias, sofreram maus tratos ou viviam em situação de risco. Hoje são 196 moradores que encontraram na instituição o conforto, os cuidados e a qualidade de vida que merecem. Em 2017, o Pequeno Cotolengo foi eleito como a Melhor ONG para se doar no sul do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrosséis e roda-gigante voltam a ser montados para celebrar os 330 anos de Curitiba

Carrosséis e roda-gigante voltam a ser montados para celebrar os 330 anos de Curitiba

Três atrações do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2022 estão voltando para as celebrações dos 330 anos de Curitiba este ano. São os carrosséis venezianos do Passeio Público e do Parque Tanguá e a roda-gigante da Praça Santos Andrade, no Centro. O brinquedo do Passeio Público começou a ser montado na quinta-feira (26/1) e o do Tanguá será na próxima semana. A roda-gigante está sendo montada nesta sexta-feira (27/1).

As atrações serão gratuitas. A Prefeitura está definindo um cronograma de funcionamento, que será divulgado em breve. A intenção é cobrir todos os dias da semana, com exceção das segundas-feiras, quando deverá ocorrer a manutenção dos equipamentos.

De acordo com o superintendente de Obras da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), Jean Brasil, a previsão é de que os brinquedos funcionem por um período de quatro meses.

“Além de serem uma atração para o aniversário da cidade, os carrosséis e a roda gigante também poderão ser usados pelas crianças no período de férias escolares e também pelos turistas que visitam a nossa cidade”, explicou ele.

Como ocorreu na temporada natalina, os carrosséis venezianos irão receber crianças de até 12 anos. Adultos poderão acompanhar crianças de 0 a 2 anos. Já a roda-gigante irá receber crianças e adultos (a altura mínima será de 1 metro). Além disso, os brinquedos terão acessibilidade para o público com dificuldade de locomoção.

330 anos de Curitiba

O aniversário dos 330 anos de Curitiba será celebrado com uma ampla programação descentralizada e os eventos e entrega de obras farão parte dela. O aniversário será só no dia 29 de março, mas vários eventos estão agendados.

A programação de aniversário da capital já começou, este mês, com a 40ª Oficina de Música de Curitiba. Além dos cursos voltados para artistas e professores, BNegão, Vanessa da Mata e Gilsons são alguns dos destaques do line up de shows da 40ª edição do evento da Prefeitura de Curitiba.

Já em março ocorre o Smart City Expo Curitiba 2023, versão brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo. Serão três dias, 22, 23 e 24 de março, do congresso e feira organizados pelo hub de negócios e soluções iCities e com apoio da Prefeitura de Curitiba, da Secretaria Municipal de Administração, da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Gestão de Pessoal e TI (Smap) e do Vale do Pinhão.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Campanha da Prefeitura de Curitiba alerta sobre o assédio sexual no carnaval

Campanha de Direitos Humanos alerta sobre o assédio sexual no Carnaval.

Brincar o carnaval faz parte da tradição brasileira e para conscientizar os foliões, a Prefeitura de Curitiba, por meio da Assessoria de Direitos Humanos (ADH) e Políticas para as Mulheres, começa, neste domingo (29/1), a implementar diversas ações para evitar a importunação sexual durante os dias de carnaval.

Domingo, a partir das 15hs, na Praça Santos Dumont, no encontro entre as Ruas Saldanha Marinho, Ébano Pereira e Cruz Machado, a assessoria irá fazer a distribuição de leques com orientações com o tema” Respeite o meu espaço – importunação sexual é crime” na concentração e no trajeto do Bloco Garibaldis e Sacis.

Conscientização

A assessora de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres da Prefeitura, Elenice Malzoni, alerta que todos devem ter cuidado e atenção nas festas de carnaval.

“Desejamos brincar alegremente o carnaval, sem sofrer nenhum tipo de importunação sexual. Desrespeito não pode ser entendido como mera brincadeira”, salienta Elenice.

Crime e consequência

A Lei 13.718/2018 trata do crime de importunação sexual, que é a prática de ato libidinoso contra alguém sem o consentimento dessa pessoa, com o objetivo de satisfazer o próprio desejo ou o de terceiros, ou seja, tocar o corpo de outra pessoa, sem o consentimento dela, para obter prazer sexual. A pena é de reclusão de 1 a 5 anos.

O que caracteriza o crime

Os principais exemplos do crime de importunação sexual são beijo roubado, puxão pelo braço, agarrar pela cintura, passadas de mão no corpo, tocar o órgão sexual, lambidas, mordidas, ejaculações, entre outros.

As denúncias podem ser feitas pelo número 153 da Guarda Municipal. Em caso de flagrante, os envolvidos serão encaminhados para a Casa da Mulher Brasileira para realizar o boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com