Pedágio da rodovia que liga Curitiba a São Paulo fica mais caro a partir desta quinta-feira

A partir desta quinta-feira (1), a tarifa básica de pedágio no trecho da Arteris Régis Bittencourt passa a ser de R$ 3,40. O novo valor é válido para as seis praças de pedágio da concessionária e foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), conforme deliberação publicada na edição de 29 de junho, do Diário Oficial da União.

A revisão anual ordinária deveria acontecer em dezembro de 2020, entretanto ocorreu somente em junho de 2021. Os valores foram revisados com base na evolução do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do período, que chegou a 4,31%.

A tarifa de pedágio é uma contrapartida do contrato de concessão assinado em 2008 entre a ANTT e a Arteris Régis Bittencourt. Além da operação da rodovia BR-116 no trecho que liga as capitais São Paulo e Curitiba, o contrato de concessão viabiliza investimentos com obras relevantes e uma série de melhorias para o trecho administrado.

Confira os novos valores:

Reprodução

Desde 2008, a Arteris Régis Bittencourt já investiu R$ 3.8 bilhões no trecho sob concessão, com destaque para a duplicação de 30,5 km da Serra do Cafezal, implantação de 56 passarelas, melhorias em mais de 180 pontes e viadutos, construção de 21 trevos em desnível, implantação de uma área de escape, além de recuperação de pavimento, sinalização horizontal e vertical.

A atuação de uma concessionária de rodovias na região auxilia também na receita dos municípios, por meio do repasse do tributo ISS (Imposto sobre Serviço) – que desde 2008 já destinou aos municípios dos dois estados, cerca de R$ 296 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.