Paraná vence o Juventude e assume a ponta da tabela

O Paraná Clube recebeu o Juventude pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2020, em Curitiba.

Mesmo na Vila Capanema, os gaúchos que começaram pressionando e abriram o placar logo aos 19′ minutos em belo chute de Renato Cajá – pegando Alisson adiantado.

Depois do gol, a equipe de Allan Aal cresceu no jogo e criou diversas oportunidade. Aos 22′ após falta cobrada por Jean, Fabricio cabeceou e a bola explodiu na trave!

O tricolor só foi desencantar ao final da 1º etapa. Após bate ou rebate, a bola sobrou para Andrey marcar e deixar tudo igual na vila!

O atacante Paranista estava inspirado! Minutos depois, Andrey voltou a marcar e deixar o tricolor em vantagem. Quarto gol dele na temporada e o segundo no campeonato.

No segundo tempo, o jogo voltou mais truncado e de forte marcação. As equipes levaram mais perigo em bolas paradas com Renato Cajá pelos gaúchos e Bressan pelo Paraná.

O mesmo Bressan encontrou ótimo passe e achou Bruno Gomes entre os zagueiros aos 31′ para finalizar e liquidar a partida!

Com o resultado, o Paraná dorme na liderança da competição, com 7 pontos. O próximo compromisso da equipe é na próxima terça (18) contra o Guarani, em Campinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atletas curitibanas vão disputar a Paralimpíada de Tóquio

O nome de Curitiba estará nas disputas por medalhas dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em agosto. Neste fim de semana, a professora curitibana Mari Santilli, da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj), e Adriana Drica Azevedo, que mora há dois anos em Curitiba, conquistaram a sonhada vaga para os Jogos Paralímpicos na canoagem.

As duas paratletas são beneficiárias do Programa Municipal de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba.

Mari Santilli conquistou a vaga olímpica na manhã de sábado (15), com uma 7ª colocação na classe KL3 Feminino – 200m nas finais da Copa do Mundo de Paracanoagem. A prova foi realizada na raia náutica do lago Maty-ér Regatta Course, na cidade de Szeged, na Hungria.

Esta será a segunda participação da professora Mari em Jogos Paralímpicos. Ela já esteve no Rio 2016.

A canoísta Adriana Drica Azevedo também garantiu no sábado (15) a vaga para sua estreia em paralimpíadas, com uma 7ª colocação na classe KL1 (Feminino – 200 metros) da mesma competição.

Atletas de Curitiba se classificam para as Paralimpíadas de Tóquio. – Na imagem, Adriana Azevedo. Foto: Divulgação Confederação Brasileira de Canoagem/CBCa

Do Boqueirão para Tóquio

As atletas treinam na raia náutica do Parque Iguaçu, no Boqueirão, pelo Clube de Regatas Curitiba (CRC) e, agora, focando os treinamentos para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Curitibano termina torneio Esgrima entre os quatro melhores das Américas

O curitibano Athos Schwantes encerrou sua participação no Pré-Olímpico de Esgrima das Américas entre os quatro melhores espadistas. Com o resultado, não conseguiu a vaga para as Olimpíadas de Tóquio. O Pré-Olímpico foi disputado no fim de semana, na cidade de San José, na Costa Rica.

Na primeira fase da competição, com jogos classificatórios, Athos Schwantes, que é beneficiário do Programa Municipal de Incentivo ao Esporte da Prefeitura Curitiba, conseguiu quatro vitórias e duas derrotas jogando contra Hector Maisonet (Porto Rico), Saul Moris Villacorta Portillo (El Salvador), Pablo Nunez (Chile), Avinash Vishnu Somir (Guiana), John Edison Rodriguez (Colômbia) e Hector Cap (Guatemala). 

Com os resultados, Athos avançou diretamente para o quadro de oitavas, com jogos de eliminação direta, onde superou novamente Pablo Nunez, do Chile.

Nas semifinal, enfrentou Yunior Reytor Venet (Cuba), perdendo por 15 – 9 para o cubano e melhor ranqueado entre os espadistas participantes no Pré-Olímpico. Com o fim das disputas na espada, a vaga olímpica ficou com Marc-Antoine Blais-Belanger (Canadá).

O cubano Yunior Reytor Venet ficou na 2ª colocação e o curitibano Athos Schwantes dividiu a 3ª colocação com o colombiano John Edison Rodriguez.