Paraná vence o Juventude e assume a ponta da tabela

O Paraná Clube recebeu o Juventude pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2020, em Curitiba.

Mesmo na Vila Capanema, os gaúchos que começaram pressionando e abriram o placar logo aos 19′ minutos em belo chute de Renato Cajá – pegando Alisson adiantado.

Depois do gol, a equipe de Allan Aal cresceu no jogo e criou diversas oportunidade. Aos 22′ após falta cobrada por Jean, Fabricio cabeceou e a bola explodiu na trave!

O tricolor só foi desencantar ao final da 1º etapa. Após bate ou rebate, a bola sobrou para Andrey marcar e deixar tudo igual na vila!

O atacante Paranista estava inspirado! Minutos depois, Andrey voltou a marcar e deixar o tricolor em vantagem. Quarto gol dele na temporada e o segundo no campeonato.

No segundo tempo, o jogo voltou mais truncado e de forte marcação. As equipes levaram mais perigo em bolas paradas com Renato Cajá pelos gaúchos e Bressan pelo Paraná.

O mesmo Bressan encontrou ótimo passe e achou Bruno Gomes entre os zagueiros aos 31′ para finalizar e liquidar a partida!

Com o resultado, o Paraná dorme na liderança da competição, com 7 pontos. O próximo compromisso da equipe é na próxima terça (18) contra o Guarani, em Campinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Palmeiras derrota Grêmio e conquista o tetra na Copa do Brasil 2020

É tetra! O Palmeiras venceu em casa o Grêmio por 2 a 0 e conquistou a Copa do Brasil pela quarta vez em sua história. Wesley e Gabriel Menino fizeram os gols da final e garantiram a Tríplice Coroa do Verdão na temporada de 2020: campeão paulista, da Libertadores e da Copa do Brasil.

O Grêmio tentou surpreender o Palmeiras no início da partida no Allianz Parque. A equipe de Renato Gaúcho pressionou nos primeiros cinco minutos e perdeu duas grandes chances. Logo aos dois minutos, Pepê quase aproveitou cruzamento que veio da direita, mas não conseguiu finalizar com precisão. Três minutos depois foi a vez de Alisson arriscar chute da entrada da área, levando perigo ao goleiro Weverton.

O Palmeiras reagiu aos sete minutos. Matheus Henrique errou na saída de bola e Rony apareceu sozinho na cara do goleiro Paulo Victor. O atacante hesitou, e Paulo Miranda salvou o Grêmio. O Verdão passou a dominar a partida e chegou a abrir o placar, aos 18 minutos, com Raphael Veiga, mas o gol foi anulado por impedimento de Rony no início da jogada.

O Grêmio passou a ter muita dificuldade na transição da defesa para o ataque e o Palmeiras desperdiçou muitas chances. Raphael Veiga, Zé Rafael, Rony e Wesley chegaram com perigo, mas acabavam tomando as decisões erradas nas conclusões.

Os minutos iniciais da segunda etapa pareciam uma repetição do primeiro tempo. O Tricolor empurrou o Palmeiras para o campo de defesa e só não abriu o placar porque Weverton salvou o time em finalização de Pepê de dentro da área.

Assim como no princípio do jogo, o Palmeiras respondeu aos 7 minutos em contra-ataque, só que dessa vez com gol. Raphael Veiga recebeu bola no campo de defesa, driblou dois jogadores e passou para Wesley. O camisa 47 chutou forte, de perna esquerda, para abrir o placar. Paulo Victor chegou a tocar na bola, mas não foi suficiente para evitar o gol.

Três minutos depois, o Grêmio quase empatou. Diogo Barbosa avançou pela esquerda e cruzou. A bola desviou em Marcos Rocha e sobrou para Thaciano. O camisa 20 subiu sozinho, mas cabeceou muito mal, sem problemas para Weverton.

No restante do jogo, o Tricolor até tentou o ataque, mas esbarrou no bom sistema defensivo do Palmeiras. Aos 39 minutos, veio o gol que definiu o título. Rony puxou contra-ataque e tocou para William. Ele encontrou Gabriel Menino, que driblou Matheus Henrique e chutou cruzado, rasteiro, para fazer 2 a 0 em falha de Paulo Victor.


Ex-zagueiro do Paraná Clube é preso em flagrante após roubar loja no Pinheirinho; vídeo

Um ex-zagueiro do Paraná Clube, Paulo Cesar de Oliveira, de 48 anos, foi preso em flagrante suspeito de roubar uma loja de celulares no bairro Pinheirinho, em Curitiba, no inicio da tarde desta quinta-feira (23). Paulão, como é conhecido, atuou no tricolor durante o inicio da década de 1990.

A dona do comércio, que não será identificada, explicou que Paulão foi até o local perguntar sobre um celular. “Ele falou que era para a filha dele e eu afirmei que não tinha. Neste momento, ele foi embora”, iniciou.

Um dia depois deste primeiro atendimento, o ex-zagueiro voltou à loja durante por volta do meio dia desta quinta. O objetivo dele, segundo a dona, era verificar outro celular, mas com características parecidas com aquele que foi pedido ontem. “Então, eu peguei um aparelho e ele insistiu para ver outro. Portanto quando fui abrir a vitrine para pegar outro celular, ele puxou os dois da minha mão e saiu correndo”, disse.

Prisão

A mulher, mesmo assustada, reagiu e foi atrás do ex-zagueiro do Paraná Clube. Ela destacou a ajuda que recebeu da população que estava no local a pega-lo. “Foi a minha reação. As pessoas me ajudaram porque ele estava com um comparsa em um Voyage dourado. No fim, ele foi preso”, disse ela lamentando a ação do ex-jogador.

“É uma pena que isto tenha acontecido. Ele foi educado e falou bem. Portanto, não há como imaginar que ele seria um bandido e, muito menos, um ex-jogador de futebol. Ele poderia estar fazendo o bem, mostrando o seu dom para outras pessoas, mas não. No fim, ele está no crime, prejudicando outras pessoas que ganham o seu dinheiro honestamente. Eu estou revoltada”, afirmou.

A polícia irá indicia-lo por roubo agravado, falsidade ideológica e falsa identidade.

Vídeo

O próprio preso afirmou que era um ex-jogador e zagueiro do Paraná Clube na delegacia e os policiais confirmaram a informação.

Na chegada à Central de Flagrantes, o repórter Marcelo Borges perguntou a ele sobre o que aconteceu. O ex-zagueiro optou por ficar em silêncio. Veja!

Informações Banda B.