Os 50 maiores sintomas de Curitibanice

Um clássico aqui do Busão são os sintomas de Curitibanice.

 

1. Roubei honestamente a canequinha do Submarino no Bar do Alemão.

2. Ensinei o que é penal

3. Fiz esquenta no Bar do Torto

4. Quase fui atropelado por um Biarticulado

5. Tomei tubão

6. Peguei o Inter II no sentido errado

7. Joguei boliche no Shopping Curitiba

8. Fui ao Parque Tupã ou Morenos Park no Pinheirão

9. “Professor Galdino, Professor Galdino, 45021”

10. Coloquei a mão no chafariz do Shopping Estação

11. Dormi no terminal esperando o madrugueiro

12. Comi cachorro quente prensado com frango, catupiry, etc…

13. Bebi no Largo da Ordem

14. Fui à feirinha do Largo da Ordem
15. Não tenho sotaque

16. Tomei caldo de cana com limão

17. Tomei quentão com gemada na feira de inverno na Praça Osório

18. Conheci a Família Folha

19. Tomei gengibirra e comi cuque

20. Vou ao shopping quando está chovendo.

21. Fui ao James Bar

22. Passei o carnaval em Matinhos. E não contei pra ninguém

23. Já comi um pastel numa lanchonete de japonês

24. Vi o ônibus de turismo de 2 andares, mas nunca andei nele.

25. Dublei a mulherzinha do biarticulado

26. Ensinei alguém a falar LEITE QUENTE e não LEITI QUENTI

27. Ensinei alguém a comer pinhão

28. Reclamo de Curitiba, mas amo muito essa cidade.

29. Tirei uma foto no Jardim Botânico

30. Repeti BORBOLETA 13

31. Não aguento mais o Palácio Avenida

32. Almocei em Santa Felicidade no Dia das Mães

33. Não socializo no ônibus

34. Tenho parente “no norte”

35. Fiz churras no Parque Barigui

36. Finjo que estou dormindo no ônibus quando aparece um conhecido

37. Ainda não conheço a maioria dos pontos turísticos da cidade

38. Comi um X-Montanha

39. Parei na XV pra ver os palhaços

40. Fui à Boca Maldita para ouvir o que os velhinhos conversam

41. Fui à Festa da Uva

42. Entrei em uma loja qualquer só para me esquentar

43. Ensinei que piá e menino são a mesma coisa

44. Senti vergonha alheia do Oil Man

45. Falo do tempo para puxar assunto. “Tá frio hoje, né?!”

46. Já fiquei esmagado no biarticulado em pleno horário de pico

47. Li o Curitibinha

48. Entro no elevador e não dou bom dia para ninguém

49. Sentei no banco de trás do ônibus porque é mais quentinho

50. Defendo Curitiba mais do que a pátria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trufas frescas estrelam festival no Marcondes Cozinha Autoral

Ingredientes de alto padrão costumam ser ponto de destaque em restaurantes de alta gastronomia. Insumos raros, preparados com excelência de forma criativa são celebrados nas maiores cozinhas do mundo. E um dos itens mais celebrados, a trufa, estrela um festival completo no Marcondes Cozinha Autoral. Ao invés de usar pastas e cremes de trufa, mais comuns de encontrar, a casa tem um menu completo que leva trufas frescas vindas direto da Itália. O menu sai a R$ 159 por pessoa e começa a ser servido a partir desse sábado (05/11), por tempo limitado.

Iniciando a sequência, o couvert tem Pão feito no vapor com manteiga trufada, e a entrada conta com Bocado de pasta e sálvia, umamassa grano duro com molho cremoso de sálvia. Como prato principal, o cliente pode escolher entre quatro opções. Uma delas é o Mignon ao molho de mostarda apresentado com risoto milanês e finalizado com trufas frescas. Já o Entrecot tem nhoque ao molho de vinho Barolo e finalizado com as trufas.

Uma terceira pedida é o Fettuccine artesanal ao molho pesto e espuma de parmesão, que leva as trufas frescas na finalização. Já a quarta escolha apresenta uma Polenta cremosa com ragu de ossobuco, finalizados com as trufas frescas. Na sobremesa, a sequência leva Zabaglione com sorvete de café.

As trufas frescas têm procedência garantida pela ÉlEat Tartufi, uma das fornecedoras de destaque na região de Piemonte, no norte italiano. As trufas, de aroma marcante, são raras, crescendo na comuna de Alba. São colhidas à noite para garantir o frescor característico. O Festival de Trufas Frescas do Marcondes Cozinha Autoral acontece por tempo limitado. O menu com couvert, entrada, prato principal e sobremesa sai a R$ 159,90 por pessoa. A casa abre de segunda a sábado para jantar, às 18h30, e para almoço de sábado, das 11h30 às 15h30. O Marcondes funciona na R. Recife, 220 – Cabral. Mais informações no perfil oficial do restaurante no Instagram (@marcondesrestaurante). Reservas por WhatsApp (41) 3205-4982.

Happy Hour no ST 444 Batel: de terça a domingo, restaurante italiano-mediterrâneo oferece opções exclusivas de porções

O St 444 Batel, empreendimento gastronômico que atua no segmento italiano-mediterrâneo, está lançando um menu de porções exclusivas para o Happy Hour, que acontece de terça a domingo, das 16h às 20h, para preencher as noites curitibanas com muito sabor.

O novo cardápio com porções exclusivas para o horário de Happy Hour mantém os ingredientes característicos da gastronomia mediterrânea mas com um toque de refinado sem perder a facilidade que as porções precisam no momento do consumo.

As opções formam um menu completamente irresistível. Para os apaixonados por crocância, o restaurante oferece frutos do mar – mais especificamente a lula, camarão e iscas de peixe – empanados na farinha panko acompanhados de molho especial da casa, além da versão do requintado polvo à grega, regado a azeite de oliva e condimentado com sal grosso, páprica picante e acompanhado de pequenas fatias de pão.

Para os fãs dos clássicos, uma boa pedida pode ser as batatas rústicas que vêm acompanhadas com molho de páprica picante. Aos que preferem a maciez e suculência marcante das carnes bovinas, têm a opção de degustar a fraldinha na mostarda e/ou o entrecôte – também conhecido como bife ancho –, este último acrescido de farofa crocante e chimichurri. No horário de Happy Hour, os pratos presentes no menu comum não estarão disponíveis.

Para acrescentar uma dose de personalidade brasileira à refeição, o chopp Pilsen de 300ml chega – bem gelado – à mesa por apenas R$10; os valores variam de R$29 a R$49 por porção.

SERVIÇO

Happy Hour no ST 444 Batel

Onde: Alameda Presidente Taunay, 444 – Curitiba – PR

Quando: de terça a domingo, das 16h às 20h

Como: (41) 3044-0444

Instagram: @st444batel

Fotos: Rafael Ribeiro.