ONG de Curitiba lança edital para empréstimo gratuito de instrumentos musicais

Estudantes universitários apaixonados por música, mas que não dispõem de recursos para comprar um instrumento, poderão exercer sua arte através de um empréstimo gratuito de instrumentos musicais. Isso porque a ONG Optimus, de Curitiba, lançou um edital para emprestar, sem nenhum custo, pelo prazo de 1 ano e meio, dois violões clássicos e 1 violino a universitários matriculados em instituições de ensino superior, tanto pública quanto particulares.

Além de preencherem a ficha de inscrição presente no edital (acesse clicando aqui), os interessados devem apresentar também uma carta de recomendação do professor da instituição de ensino, além de uma carta de motivação, explicando sua trajetória pessoal, planejamento profissional e a necessidade do empréstimo do instrumento.

As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de setembro de 2021, pelo e-mail secretaria@optimus.art.br. Os contemplados serão selecionados após uma análise criteriosa da diretoria da Optimus, levando-se em conta o perfil de cada candidato, como ele se apresenta, como justifica sua necessidade econômica, além da recomendação dos docentes.

Tanto o violino quanto os violões que serão cedidos foram viabilizados por patrocínio do Rotary Club Curitiba Norte, Curitiba Guabirotuba e Curitiba Oeste, e selecionados no Concurso Astor Piazzolla de Luteria, realizado no primeiro semestre de 2021. Os instrumentos são de autoria dos luthiers Fernando Rodrigues (violão), Josielly Fomin (violino) e Adriano Giesteira (violão), todos egressos do Curso de Luteria da UFPR.

Para o violinista e secretário da Optimus, Aloísio Schmid, a educação musical envolve a aprendizagem de teoria e prática, com desenvolvimento de habilidades cognitivas, motoras e expressivas. Já os instrumentistas, por sua vez dependem de um objeto muito particular.

“Meu professor de violino dizia que a gente não estuda o instrumento, mas se estuda nele. Muito justo. Mas para se estudar no instrumento, ele tem de valer a pena, as centenas de horas investidas! E violões e violinos à altura de um nível superior, de uma carreira profissional têm um custo muitas vezes inacessível a quem ainda não tem renda, e em geral nem são oferecidos no comércio. A beleza e a elaboração do instrumento complementam sua estética e criam vínculo afetivo no musicista e na sua plateia. Existe toda uma atmosfera ao redor do instrumento”, opina.

Sobre a Optimus

Criada em 2020, a Optimus – Organização Patrimônio de Instrumentos Musicais Para Uso Solidário – é uma associação sem fins lucrativos cujo objetivo é promover a arte e cidadania através do acesso de estudantes de música e músicos iniciantes na carreira a instrumentos musicais. Além do empréstimo dos instrumentos, a entidade também apoia a restauração de instrumentos musicais e a pesquisa em Luteria – área de conhecimento responsável por construir e cuidar da manutenção de instrumentos musicais. O luthier, como é chamado, projeta o instrumento, escolhe a matéria-prima, busca fornecedores e determina a técnica a ser utilizada.

Mais informações podem ser obtidas pelo site https://optimus.art.br/.

Informações Banda B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.