sexta-feira, fevereiro 23, 2024
spot_img
InícioParanáOito em cada dez vagas de empregos foram geradaspelos pequenos negócios paranaenses...

Oito em cada dez vagas de empregos foram geradaspelos pequenos negócios paranaenses em 2023 | ASN Paraná


Entre janeiro e dezembro de 2023, as empresas paranaenses registraram saldo positivo de 87.599 novos postos de trabalhos. Neste contexto, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por 84,7% do montante, com 74.277, seguidas por empresas de médio e grande porte, com 11.344. A Administração Pública teve retração, com 424 vagas a menos.

As informações estão presentes no levantamento do Sebrae, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Desde 2020, os pequenos negócios lideram a geração de vagas no Estado. No ano passado, o setor de Serviços foi a principal fonte impulsionadora para as micro e pequenas empresas, com saldo de 38.444, seguido por Comércio, com 15.418; Construção, com 10.073; Indústria e Transformação, com 8.489.

Em 2022, o saldo positivo foi de 118.149 novas vagas, com os pequenos negócios sendo responsáveis por 96.795 delas, equivalente a 81,9%.

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, lembra que os resultados obtidos pelos empreendedores de micro e pequenas empresas têm se mantido nos últimos anos e, por isso, é fundamental a instituição e parceiros seguirem trabalhando por avanços para o segmento.

“O impacto é muito grande. Emprego e renda significam desenvolvimento sustentável. É preciso continuar o trabalho permanente do Sebrae, governos e instituições empresariais pelo avanço permanente no ambiente de negócios, para fortalecer a gestão, levar inovação e acesso ao crédito, gerar mais oportunidades e crescimento pela força do empreendedorismo”, pontua.

Em 2023, o Sebrae atendeu mais de 590 mil micro e pequenas empresas no Paraná.

Brasil

As micro e pequenas empresas foram as protagonistas na geração de novos postos de trabalho no Brasil e, como no Paraná, responsáveis por oito em cada dez empregos criados em 2023.

No acumulado do ano, o Brasil alcançou um saldo de 1,48 milhão de novas contratações, o que resultou no menor patamar de desemprego registrado desde 2014. Desse total, as MPE criaram 1,18 milhão de empregos (80,1%) e as médias e grandes empresas (MGE) responderam por 209,99 mil vagas, o equivalente a 14,2% do total.

Para o presidente do Sebrae, Décio Lima, o estudo comprova a importância fundamental que os pequenos negócios têm para a economia e para a população brasileira.

“As pequenas empresas são o principal motor da nossa economia e responsáveis pela sobrevivência de 86,5 milhões de brasileiros, o que equivale a aproximadamente 40% da população do País”, comenta.

Serviços continuam em alta

Em nível nacional, no acumulado do ano, o setor de Serviços liderou a criação de empregos. Entre as MPE, foram 631 mil novas vagas; já entre as MGE, o saldo foi de 181,87 mil novos empregos. Outros setores, como Comércio (263,25 mil) e Construção (180,52 mil), se destacaram entre as micro e pequenas empresas, sendo que nenhum dos setores ficou com saldo negativo entre janeiro e dezembro. Entre as médias e grandes, os outros destaques foram para a Indústria da Transformação (23,5 mil vagas) e o Comércio (13,23 mil).



Leia a matéria no site do Sebrae

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão