Oil Man Designer

Oil Man Designer
Resolvemos fazer essa postagem, devido a tradição do nosso querido Oil Man fazer montagens com ele mesmo e seus companheiros e postá-las em seu Facebook.
Então, pensei: “Por que não fazer um compilado das super montagens do Oil Man aqui?”, eis que aí estão! 😛

Oil Man Designer

“SuperOILman”

306067_4789464977822_274125491_n

“Peixe não deslizou no óleo, expliquem essa ateus!”

406637_4160829342324_1284803239_n

“Partiu rolê na Batel com o Lupicínio-Meião!”

521659_4789601861244_1729403188_n

“Felicidade contagia!”

603408_10200362523968991_1725813684_n

“Rolê no Botânico”.

935232_10200134157139963_81589114_n

“Bons tempos de Sistema X.”

995471_10200471060842345_385739353_n

“Época de estágio na NASA, depois URBS e enfim Associação dos Homens-Óleo.”

998061_10200358687273076_573473924_n

“Essa foi pro FACE!”

1001863_10200336014466270_927551958_n

“Festa de 15 anos!”

1006265_10200394403925970_295079311_n

“#CHATIADO”

1013264_10200371541594426_139811439_n

“Teu recalque bate e volta!”

Essa é uma das profissões dessa LENDA curitibana, além de ser designer, ele é cantor também! Você sabia?

E pra você que ficou curioso(a) para conferir de fato essas fotos, procure pelo Oil Man no Facebook! 😉

0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mudança de clima: como manter as plantas saudáveis com a chegada do outono

Nos últimos anos, a prática de cultivar plantas ornamentais em casa ganhou muitos adeptos, principalmente durante o período de isolamento social. Com a chegada do outono, que tem início em 21 de março, quem convive com flores e plantas em casa, mas não tem muita habilidade, precisa estar atento as necessidades de cada espécie para adaptação na mudança climática que traz um tempo mais seco e gelado nos próximos meses.

Para compor ou manter as espécies vivas e saudáveis mesmo com as temperaturas mais baixas, é fundamental, além de escolher plantas que se adaptam bem a espaços internos, prestar atenção a cuidados especiais com a terra. “Existem sim algumas espécies que são mais adaptáveis as temperaturas mais frias, porém independentemente do clima, é importante corrigir o solo duas vezes por ano, especialmente antes das mudanças mais bruscas de clima, realizando adubação para que as plantas estejam fortalecidas”, Elizeu de Almeida, florista da Esalflores, uma das maiores redes de floriculturas do país.  

Plantas que não demandam muita luz e nem uma frequência grande de regas são ótimas opções para o período de outono. “Há diversos gêneros de flores e plantas que se ajustam bem a menor incidência de luz e clima menos quente”, comenta o florista. “Mas o mais importante mesmo durante o outono é sempre checar a umidade da terra e estabelecer a quantidade de regas a partir daí”, acrescenta. Uma boa sugestão é a planta conhecida como Pacová. “Ideal para casas e apartamentos, ela precisa de claridade mas sem luz direta e pode ser regada apenas umas duas vezes por semana no outono.”, indica o florista. O Lírio da Paz também é uma opção a ser considerada. “Se adapta bem a sombra e não exige mais do que regas esporádicas de acordo com a umidade da terra”, detalha o especialista. Outra sugestão são as marantas. “Perfeitas para serem cultivadas em locais com sombra, elas podem ser submetidas a luz do sol apenas no período da manhã com regas de pouca água, dia sim e dia não”, complementa.

As orquídeas também ficam muito bem em ambientes internos com claridade. “Nas épocas mais frias, as orquídeas devem ser molhadas a cada 15 dias, encharcando e deixando escorrer. Importante lembrar de não expô-las diretamente ao sol quando não houver flores e adubar com substrato específico uma vez ao mês”, detalha o florista. Há ainda a Tulipa, opção conhecida das estações mais geladas. “Além de se adaptar bem ao interior das casas, elas podem ser cultivadas acrescentando uma ou duas pedrinhas de gelo na terra todos os dias”, esclarece. O profissional ainda lembra que é sempre importante estar atento ao aspecto da planta e observar a reação dela às condições do ambiente. “Aos poucos é possível perceber qual a frequência ideal de regas e o local perfeito para a planta dentro da residência, fazendo com que a manutenção da planta se torne ainda mais fácil, mesmo com a variação climática”, completa Elizeu.

Angra Fest reúne gigantes do metal em Curitiba

Eletrizante! Assim será o Angra Fest. Idealizado pela banda Angra, o festival roda o país há alguns anos e traz uma mistura de música, cultura rock e atitude. Esta será a sua estreia em Curitiba com grandes nomes do metal nacional. Com realização da Prime e Top Link, a edição curitibana acontece no próximo dia 25 de março na Arena White Hall Jockey Eventos (R: Dino Bertoldi,740) e terá um line-up pesado, formado pelos anfitriões Angra e, também por Matanza Ritual, Viper e os curitibanos do Electric Mob. Os portões abrem às 15horas.

Angra

Formado em 1991, o grupo conta atualmente com os músicos Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria). Conhecida por estar entre os maiores nomes do heavy metal brasileiro no mundo, lançaram aclamados álbuns e construíram uma gloriosa carreira. No momento, o grupo se encontra realizando shows em comemoração aos 30 anos de banda, tocando os grandes sucessos e gravando um novo registro de estúdio que será lançado ainda em 2023.

Matanza Ritual 

Formada por um time de estrelas do rock nacional do porte de Jimmy London (vocal), Antônio Araújo (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Amílcar Christofáro (bateria), o Matanza Ritual fez shows no Brasil todo durante ano de 2022. No Angra Fest, o Ritual contará com o baixista Juninho (Ratos de Porão) substituindo Felipe Andreoli. Sobre o grupo, o vocalista Jimmy London enfatiza: “O Ritual nasceu porque a necessidade de expurgar nossos demônios nunca morre. Cada show é um exorcismo dos perrengues que passamos no dia-a-dia, e a gente usa a arte para vomitar tudo de ruim e sair suado, feliz e cansado”. Ele ainda complementa: “Nossa ideia não é formar uma banda, nem mesmo um projeto. Queremos criar uma celebração, reviver aquele “ritual insano” que acontecia nos shows do Matanza, e pra isso convocamos os melhores dentre os melhores músicos do país para serem os monges da loucura toda”, diz.


Viper

O VIPER nasceu em 1985 e dois anos depois lançou ‘Soldiers of Sunrise’, um marco na história do rock brasileiro. A história do grupo é impressionante pois os integrantes com média de 16 anos contavam com uma qualidade musical acima do esperado para idade e para a época. Considerada uma das grandes bandas de heavy metal nacional eles lançaram recentemente o single “Under The Sun”, primeira canção inédita em 15 anos. Atualmente, a formação do grupo é composta por Leandro Caçoilo (vocal), Felipe Machado (guitarra), Pit Passarel (baixo), Guilherme Martin (bateria) e Kiko Shred (guitarra).

Electric Mob

O grupo paranaense, que promete um grande show no Angra Fest,acaba de lançar seu mais novo álbum. “2 Make U Cry & Dance” chega ao mercado por meio da gravadora italiana Frontiers Music com a árdua tarefa de suceder o empolgante “Discharge” (2020), responsável por alçar os curitibanos ao posto de destaque do hard rock mundial. Logo em seu primeiro álbum, o Electric Mob conseguiu alguns feitos notáveis, como conquistar o respeito da crítica especializada, tocar em rádios daEuropa e dos Estados Unidos, entrar na parada Billboard/BDS Indicator Chart e atingir números realmente expressivos nas plataformas de streaming.

Mas ao que parece, o peso e a responsabilidade de corresponder às altas expectativas – do público, da mídia, da gravadora e até deles mesmos -, não afetou nem um pouco o quarteto formado por Renan Zonta (vocal), Ben Hur Auwarter (guitarra), Yuri Elero (baixo) e André Leister (bateria). “2 Make U Cry & Dance” é mais do que uma evolução natural de “Discharge”, é um salto adiante.

Ingressos
Os ingressos estão disponíveis e custam a partir de R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm, de acordo com o setor. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, pessoas com deficiência (PCD) e de câncer. Clientes Clube Gazeta possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. INGRESSO SOCIAL – doares de 1kg de alimento não-perecível possuem 50% de desconto sobre o valor da inteira. A entrega será feita na entrada do evento. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.  Os ingressos podem ser adquiridos através da www.blueticket.com.br . É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do evento.SERVIÇO:
ANGRA FEST – Angra, Matanza Ritual, Viper e Electric Mob
LOCAL:
Arena White Hall Jockey Eventos (R: Dino Bertoldi, 740 – Tarumã)
Quando: 25 de março de 2023 (Sábado)
Horários:
abertura do evento: 15h / Início das atrações: 16h
Valores: custam a partir de a partir de R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm, de acordo com o setor. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, pessoas com deficiência (PCD) e de câncer. Clientes Clube Gazeta possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado.  INGRESSO SOCIAL – doares de 1kg de alimento não-perecível possuem 50% de desconto sobre o valor da inteira. A entrega será feita na entrada do evento. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
Forma de pagamento: dinheiro, crédito e Pix
Pontos de Venda:
www.blueticket.com.br
Censura: de 16 a 18anos podem acessar o evento acompanhados por um responsável maior de 18 anos. Jovens de 14 a 16 anos podem acessar o evento com responsável legal. Jovens abaixo de 14 anos só acessam o evento com os pais.
Informações para o público: @maisumadaprime

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com