Obras da Sanepar no Litoral reforçam sistema de abastecimento para temporada

A Sanepar finaliza nos próximos dias obras no Litoral que vão melhorar o abastecimento de água durante o verão 2021/2022. Nesta semana, será concluída a interligação da nova adutora ao sistema de abastecimento de Morretes. Com extensão de 6,2 quilômetros, a nova tubulação irá levar água tratada da Estação Iporanga até a região central da cidade, substituindo a antiga adutora. A estação de tratamento também teve a implantação de um desarenador, que contribui para manter a produção de água e evitar interrupções no sistema nos dias de turbidez elevada do rio. 

Em Guaratuba, a Sanepar concluirá no dia 15 obras que reforçam o abastecimento de água na Região do Mirim, que em períodos de maior consumo, como ocorre na temporada, pode ficar desabastecido por baixa pressão. Para reverter essa situação, a Sanepar está instalando um equipamento chamado booster, que tem uma bomba que aumenta a pressão da água, e também está assentando 900 metros de tubulação de grande diâmetro (DN 250) que vai levar água exclusivamente para o Mirim.

Outra medida em Guaratuba foi a substituição de 600 metros de rede na saída da estação de tratamento por uma tubulação de ferro dúctil, mais resistente, a fim de evitar rompimentos na temporada.

MAIOR RESERVAÇÃO – A Sanepar reforçou a capacidade de reservação de água nos últimos anos e fez melhoria em reservatórios do Litoral. A atual capacidade de reservação em Matinhos, Morretes, Pontal do Paraná, Guaratuba e Guaraqueçaba é em torno de 39 bilhões de litros de água. Durante a temporada, entrarão em operação cinco reservatórios modulares, do tipo contêiner, com capacidade de 70 mil litros cada um. Essas unidades atenderão as áreas mais distantes dos centros de distribuição de água. Os equipamentos são móveis e possuem conjunto motobomba, que pressuriza melhor a rede, e podem ser reabastecidos por caminhão-pipa.

Além disso, a Companhia contratou 15 caminhões-pipa que ficarão disponíveis para reforços emergenciais no Litoral. Também serão instalados 29 geradores de energia que podem manter a operação do abastecimento mesmo que haja queda no fornecimento de energia.

AÇÕES SOCIAIS E DE MEIO AMBIENTE – A Sanepar voltará a disponibilizar serviços de cadeiras anfíbias e passarelas de acessibilidade nas praias, beneficiando pessoas com restrições motoras. Outras ações socioambientais desenvolvidas pela Sanepar serão as duchas ecológicas, atividades lúdicas para crianças e a limpeza das praias. Essas atividades são desenvolvidas em parceria com o Governo do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fim de semana ensolarado termina com 31 atendimentos ao mar; adolescente de 15 anos morreu

O fim de semana ensolarado, com temperaturas próximas dos 30°C, levou muita gente ao Litoral do Paraná. Assim, o número de incidentes no mar também foi alto, segundo balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (29). De acordo com os dados, foram 31 atendimentos, com uma morte na cidade de Guaratuba.

A vítima fatal era moradora de Curitiba e estava com a família no Balneário Nereidas. O Corpo de Bombeiros alerta que a área não era atendida por guarda-vidas.

Em Pontal do Paraná, uma adolescente de 13 anos foi socorrida em estado grave após se afogar. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional do Litoral.

Segundo o tenente Malaquias, do Corpo de Bombeiros, é fundamental procurar por lugares seguros ao entrar ao mar. “No Litoral do Paraná temos diversas correntes de retorno, então se ele não conhecer a área e ficar preso ao fundo, a probabilidade de afogamento é grande”, descreve.

Os atendimentos do fim de semana aconteceram em Morretes (2), Pontal do Paraná (7), Matinhos (11), Guaratuba (9) e Ilha do Mel (2).

Informações Banda B

Antonina segue Paranaguá e anuncia não realização do Carnaval 2022

A prefeitura de Antonina – no litoral do Paraná – seguiu Paranaguá e também anunciou a não realização do Carnaval 2022. No município, eram esperadas cerca de 60 mil pessoas para participar do evento, mas, por conta da pandemia de Covid-19, foi anunciado o cancelamento. A postagem foi feita por meio das redes sociais.

Mais cedo, Marcelo Roque, prefeito de Paranaguá, anunciou por meio das redes sociais nesta segunda-feira (29) a não realização do Carnaval em 2022. No Facebook, o prefeito disse que o retorno precisa ser gradual e é o “momento de reflexão e cuidado”.

Com a decisão da prefeitura, Paranaguá se tornou o primeiro município do litoral do estado a anunciar que não realizará o evento no ano que vem por conta da pandemia.


As prefeituras de Matinhos e Guaratuba, também no litoral do Paraná, ainda não se manifestaram no sentido de cancelar o carnaval de 2022.


Cancelamentos em São Paulo


Ao menos, 70 cidades do interior de São Paulo já cancelaram os eventos de Carnaval com medo de uma quarta onde de Covid-19.


Ômicron


Uma nova variante vem preocupando cientistas do mundo inteiro, a ômicron. Ela foi descoberta na África do Sul e apareceu já em alguns países.