No Maracanã, Flamengo e Athletico duelam pelo Brasileirão

O Flamengo recebe o Athletico-PR neste domingo (4) no estádio do Maracanã em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, que começa às 16h, será mais um capítulo de uma rivalidade que cresceu no ano de 2019.

Rivalidade crescente

Em julho do último ano, o time do Paraná eliminou os cariocas nas quartas de final da Copa do Brasil em pleno Maracanã, triunfo que abriu caminho para o título. Porém, em fevereiro de 2020 foi a vez de o Rubro-negro dar o troco. O Flamengo fez 3 a 0 no Furacão e conquistou o título da Supercopa do Brasil.

Além disso, o sorteio dos confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil desse ano colocou novamente frente a frente as duas equipes. O primeiro jogo será na Arena em Curitiba no final de outubro. E, no início de novembro no Maracanã, o Flamengo decide quem permanece vivo na competição.

Partida que vale muito

O jogo de logo mais pelo Brasileiro vale muito para as duas equipes. Vencendo a partida, o Flamengo, atual sexto lugar (com 18 pontos), pode encostar nas primeiras posições. Para o Athletico o jogo vale a sequência da campanha de recuperação do time no torneio. Se conseguir a terceira vitória seguida, o time chegará aos 17 pontos e ficará perto do G6 (zona de classificação à Libertadores de 2021).

Além da vitória de goleada de 4 a 0 sobre o Independiente del Valle (Equador), que classificou o Rubro-negro para as oitavas da Libertadores, a semana foi de outras boas notícias para os cariocas. Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Léo Pereira, Gustavo Henrique, Thuler, Arão, Renê, Gabriel Batista, Pepê e Gomes completaram, na sexta-feira, dez dias de quarentena. Assim, segundo o protocolo médico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), estão liberados para o jogo desde que estejam assintomáticos. Assim, uma provável escalação do Flamengo para o confronto desta tarde é: Hugo; Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Ramon; Thiago Maia, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro.

Assim como o Flamengo, o Athletico também garantiu passagem para as oitavas da competição continental. A classificação veio com o empate em 0 a 0 com o Jorge Wilstermann (Bolívia).

Diante de uma verdadeira maratona de jogos, o técnico Eduardo Barros não descarta a possibilidade de colocar uma equipe alternativa, o que faz com que a provável escalação seja: Santos; Erick, Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner; Jaime Alvarado, Christian, Jorginho e Ravanelli; Fabinho e Kayzer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Athletico perde no Maracanã para o Flamengo e está fora da Copa do Brasil

Athletico perdeu no Maracanã para o Flamengo, nesta quarta-feira (4), por 3 a 2, com um placar agregado de 4 a 2. Os gols foram marcados por Pedro (duas vezes) e Michael para o Mengão e no lado do Furacão, Erick e Bissoli descontaram. Esta é a quinta derrota seguida do Athletico entre Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil. Com o resultado Furacão é eliminado nas oitavas de final da Copa nacional e o Flamengo segue para as quartas de final da competição.

O jogo

Nos minutos iniciais, o Athletico começou a partida se segurando e sofrendo a pressão do Flamengo. Gerson e Everton Ribeiro trouxeram as primeiras ameaças à meta do goleiro Santos, que executou as defesas. Apesar da filosofia de jogo de Paulo Autuori passar pela posse de bola, o Furacão não conseguiu se manter com o domínio das jogadas.

Na construção da jogada, o lateral Matheuzinho, que subiu pela direita e encontrou Pedro dentro da área, surgiu o gol do Flamengo. O atacante recebeu na grande área, com cinco marcadores athleticanos em volta, fez o giro e mandou no ângulo do gol.

Aos 34 minutos, praticamente uma repetição da primeira jogada, Matheuzinho subiu pela direita, Everton Ribeiro distribuiu, Pedro recebeu dentro da área e tocou para dentro da meta.

Após a saída de Lucho, Ravanelli participou da primeira jogada que deu origem ao lance com Erick, o jogador invadiu a grande área e arriscou, mandando no ângulo e fazendo um golaço, o seu primeiro na temporada de 2020.

Na descida para o intervalo, Paulo Autuori conversou com o elenco que voltou um pouco mais esperto na partida. Sem alterações, o time conseguiu buscar mais jogadas e aumentou a posse de bola, mas sem trazer perigo a meta do goleiro Hugo Souza.

Desta forma, quem não faz leva, e nessa busca Thiago Maia conseguiu buscar o ângulo direito de Santos e marcou, mas após revisão do VAR, o lance foi impugnado porque Isla estava à frente da linha. Mas três minutos depois, com facilidade, o Flamengo chegou até a grande área e no rebote do goleiro Santos, Michael apareceu livre só para completar para a meta, ampliando a vitória para 3 a 1.

Informações Banda B.

Flamengo e Athletico-PR decidem vaga para as quartas da Copa do Brasil

Flamengo e Athletico-PR lutam para avançar às quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (4), no Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília). O Rubro-Negro carioca depende apenas de um empate para assegurar a vaga na próxima fase, já que venceu o jogo de ida das oitavas de final por 1 a 0, em Curitiba (PR).  Já para os paranaenses. somente a vitória interessa para continuarem na busca do bicampeonato. O jogo será transmitido ao vivo na Rádio Nacional, com narração de Rodrigo Campos, comentários de Mário Silva, reportagem de André Marques e plantão de Luiz Ferreira. 

No último final de semana ambas as equipes foram derrotadas na Série A do Campeonato Brasileiro. Apesar de o Flamengo ser o vice-líder,  com 35 pontos, o domingo (1°) foi doloroso para os cariocas. Após sair na frente com gol do atacante Pedro, o time da Gávea foi superado pelo São Paulo, no Maracanã, por 4 a 1. A derrota interrompeu uma sequência de invencibilidade de 12 jogos, levando em consideração confrontos pela Copa Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil. Neste período, os cariocas somaram nove vitórias e três empates.,

Também no domingo (1°), o Furacão sofreu revés fora de casa, contra o Sport de Recife por 1 a 0. Com a derrota, o Athletico-PR caiu para vice lanterna do Brasileirão, com 16 pontos. Domingo amargo para o time paranaense com um jejum de dez embates consecutivos sem vitórias: foram sete derrotas e três empates. Quem ainda não sabe o que é vencer é o diretor técnico Paulo Autuori,  que também acumula a função de treinador.  Desde que ele retornou ao clube paranaense ainda não venceu. Em três jogos, sofreu três derrotas.

A partida vai reeditar as quartas de final do ano passado. Na ocasião, após dois empates por 1 a 1, o Athletico-PR bateu o Flamengo nos pênaltis por 3 a 1 no Maracanã. Em seguida, o Furacão cresceu na competição e superou o Grêmio, na semifinal, e depois o Internacional na final, conquistando o primeiro título da Copa do Brasil na história do clube.

Confira aqui a tabela de classificação da Copa do Brasil.