Natal holandês: confira receitas de torta e doce tradicionais da celebração

O Natal também é um período muito especial para a cultura holandesa. Conhecida como Sinterklaas (Festa de São Nicolau), a celebração nos Países Baixos inicia no mês de novembro, dura semanas e termina na Pakjesavond, dia 5 de dezembro, com a noite dos presentes, que marca o final de ano holandês. O auge é a presença do Sint, que, vestido de vermelho e com seu cavalo branco chamado de Amerigo, visita as criancinhas comportadas para deixar um presente.

No Dia de São Nicolau, as crianças menores ganham presentes e os adultos preparam o tradicional pepernoten para a ceia. Também conhecida como kruidnoten, a iguaria consiste em pequenas bolachas feitas com um pouco de pimenta, servidas no período anterior e durante as celebrações de Sinterklaas na Holanda – assim como em outros lugares onde a festa típica é realizada, como nas colônias holandesas de Castro e Carambeí, no Paraná. 

A denominação Pepernoten pode ser traduzida como “noz apimentada”; a palavra “peper” significa pimenta, pois algumas receitas acrescentam esse ingrediente, mas a maioria usa principalmente especiarias conhecidas como “speculaaskruiden”. Os pepernoten têm o tamanho de  uma noz (‘noot’ significa noz em neerlandês).

Com o passar do tempo, a receita foi ganhando adaptações, de acordo com os gostos e ingredientes utilizados por cada família, e hoje, os imigrantes do país já fazem a bolacha no Natal brasileiro. O coordenador de negócios do Moinho da Herança Holandesa, da Unium, Cleonir Vitório Ongaratto, acredita que manter as tradições é algo essencial. “Não podemos esquecer das origens e dos povos que desbravaram e desenvolveram essa região dos Campos Gerais”, destaca.

A Unium, juntamente com as Tortas Wolf, separou uma receita de Torta Holandesa, que, apesar do nome, foi criada por uma brasileira em 1990. Ela batizou a sobremesa em homenagem aos seus patrões holandeses.

Pepernoten

Ingredientes:

  • 2 xícaras de farinha de trigo Herança Holandesa 
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 2 colheres (chá) de canela em pó
  • 1 colher (chá) de cravo em pó
  • 1/2 colher (chá) de gengibre em pó
  • 1 colher (chá) de pimenta branca
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 xícara de açúcar mascavo
  • 50 g de schenkstroop – pode ser substituído por mel
  • 1 colher (chá) de sal

Modo de preparo:

Numa tigela, misture a farinha, o fermento e as especiarias. Em uma panela, derreta a manteiga com o açúcar mascavo, o mel e o sal, e mexa até que a manteiga esteja derretida e bem incorporada. Junte a mistura de farinha com a manteiga derretida e mexa bem até formar uma massa macia. Embale a massa em filme plástico e deixe na geladeira por 2 horas. Preaqueça o forno em 180°C. Faça rolos com a massa de 1,5 cm de espessura e fatie, produzindo os mini cookies. Distribua-os numa forma forrada com papel manteiga e leve ao forno por aproximadamente 15 minutos, posicionando a forma no meio do forno. Tire do forno e deixe-os esfriar sobre uma grade.

Torta Holandesa

Ingredientes

  • 150 g de biscoito de maisena
  • 100 g de manteiga sem sal
  • 1 xícara (chá) de açúcar refinado
  • 200 g de manteiga sem sal
  • 500 ml de creme de leite gelado
  • 170 g de chocolate meio amargo derretido
  • 200 g de creme de leite

Modo de preparo

Triture o biscoito no processador (ou liquidificador) e misture com a manteiga, formando uma farofinha. Forre uma fôrma de aro removível com a farofinha, pressionando bem. Coloque-a no forno (180° C) por cerca de 10 minutos. Retire do forno e espere a massa esfriar.

Recheio

Na batedeira, misture bem o açúcar com a manteiga. Adicione o creme de leite e a essência de baunilha e volte a bater. Para a cobertura, misture o chocolate meio amargo derretido com o creme de leite. Na montagem, depois de pré aquecer a massa e deixar esfriar, coloque os biscoitos redondos ao redor da forma. Adicione o recheio e leve à geladeira por 4 horas. Retire da geladeira e despeje a cobertura por cima. Volte à geladeira por mais 6 horas.

Sobre a Unium

Marca institucional das indústrias das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, a Unium representa os projetos em que as cooperativas paranaenses atuam em parceria. Todas as marcas reunidas pela Unium, inclusive a Alegra, são reconhecidas pela qualidade e excelência.

A Unium também conta com três marcas de lácteos: Naturalle – de produtos livres de aditivos -, Colônia Holandesa e Colaso. No setor de grãos, a Unium conta com a marca Herança Holandesa – farinha de trigo produzida em uma unidade totalmente adequada à ISO 22000, o que a qualifica com elevados padrões de exigência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criada de forma colaborativa, cerveja Sankofa celebra ancestralidade africana

Não é tabu voltar atrás e buscar o que esqueceu”. Esse provérbio ganês é uma das origens da palavra Sankofa, que dá nome à cerveja criada pelo BOCK, grupo de afinidade dos funcionários da Ambev, responsável por fomentar discussões e ações práticas voltadas para questões étnico-raciais, em conjunto com a cervejaria IMPLICANTES.

“Criada de forma colaborativa no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT), esse projeto foi muito importante para todos, pois tivemos pessoas pretas liderando as ações de suas áreas. Foi lindo demais sentir que cada pessoa teve o sentimento de dono e tomou o projeto para si. Todos sempre com brilho nos olhos e paixão! O resultado é uma cerveja feita com muito amor, ancestralidade e transformação”, explica Charleston Agrícola, mestre-cervejeiro da Ambev.

A Sankofa nasceu para celebrar a luta antirracista e trazer a ancestralidade africana para o foco e já está disponível para compra em todo Brasil. Seu aroma é um leve caramelo com um toque frutado. De corpo leve e refrescante e amargor moderado, sua produção contou com a atuação de pessoas pretas em cada etapa de seu processo de formulação, desde a concepção até a produção.

“Sakofa é potência, é sobre voltar e pegar o que se perdeu, pois é conhecendo o passado que podemos desenvolver um futuro melhor. Ela é o resultado do trabalho de um time incrível”, comenta Rozilene Sá, mestre-cervejeira da Ambev e integrante do BOCK, e quem liderou as ações da criação da nova cerveja.

Fundada pelos irmãos Diego e Daniel Dias a partir do interesse dos dois por cerveja artesanal e da pouca representatividade negra no setor, a IMPLICANTES age com ações práticas na promoção de iniciativas de auxílio e fortalecimento de populações negras. “Sankofa é o primeiro projeto da IMPLICANTES com a Ambev e ela abre caminhos para que nosso povo ande junto e represente o mercado cervejeiro conosco”, conta Diego Dias.

A Sankofa está disponível para venda no Empório da Cerveja e todo o lucro será revertido para a ONG Abraço Campeão, que desenvolve o potencial dos jovens da comunidade do Complexo do Alemão por meio de artes marciais, educação e desenvolvimento pessoal, para que sejam protagonistas da sua história e autores do seu próprio futuro. 

Ficha técnica:
Nome: Sankofa
Estilo: International Dark Lager
Teor Alcoólico: 4,7%
IBU: 15
Característica: Cerveja de Cor Marrom, Espuma bege. Excelente formação de Espuma e persistente.

Porks prepara lançamento de 4ª unidade em Santa Catarina, dessa vez em Criciúma

Dezenas de preparos com carne suína, desenvolvidos com excelência, e muito chope artesanal, tudo isso comercializado com preços acessíveis (entre R$ 10 e R$ 22), que cabem em todos os bolsos. Em breve, Santa Catarina vai ganhar uma nova e saborosa opção gastronômica, que vai democratizar o consumo de carne suína:  o Porks – Porco & Chope. A rede, que conta atualmente com quarenta e cinco unidades, próprias e franqueadas, espalhadas pelo Brasil, escolheu o município de Criciúma para sediar sua 4ª loja no Estado.

“A carne suína voltou a ser uma tendência em todo o mundo. No Porks oferecemos preparos desenvolvidos com receitas exclusivas e muita excelência sem deixar de lado os preços acessíveis. Com essa fórmula democrática, estamos conquistando nosso espaço no mercado nacional. Agora, queremos expandir nossa atuação no mercado jovem catarinense, e temos certeza de que iremos continuar surpreendendo o público que valoriza a gastronomia bem-feita e com sabores regionais, tudo isso potencializado por um ambiente leve e aconchegante”, comenta José Araújo Netto, fundador da rede Porks – Porco & Chope.

Seguindo modelos internacionais, o Porks aposta em uma operação enxuta e descolada, sem garçons, e com preparos que podem ser consumidos nas mesas ou de pé, até mesmo, na rua. “Nosso modelo de negócio prioriza a experiência única, com muita agilidade no atendimento”, comenta Netto. Para isso, a casa trabalha com preparos deliciosos, que exploram toda versatilidade da carne de porco, e de fácil consumo. No menu, petiscos e sanduíches incríveis, desenvolvidos a partir de receitas exclusivas criadas pela rede.

Entre os destaques do cardápio estão o Porks Bacon Burger, preparado com burger de costelinha de porco, creme de cheddar e tiras de bacon crocante; o Pernil Municipal, um sanduíche de pernil de porco marinado por 12h, coberto por queijo mozzarella e cheiro verde; e o Pork Burrito, novidade da casa, feito com burrito mexicano recheado com pernil desfiado, cheddar, sour cream, cebola caramelizada e chips de batata.

Para quem curte ótimos petiscos, a casa trabalha com uma série de opções criativas e com sabores inconfundíveis. Entre os destaques estão a Porkspóca, pururuca de porco crocante temperada com sal de lemon pepper; o Torresmo de Tira, tradicional torresminho servido em tiras crocantes; o Bei com Melado, tiras de bacon crocante cobertas por melado de cana de açúcar; entre outras opções. Propondo uma harmonização completa, a rede trabalha com uma grande variedade de chopes artesanais e mais de dez opções de drinks.

A nova unidade Porks na cidade de Criciúma está localizada na Av. Imigrantes Poloneses (nº 308). A inauguração oficial está prevista para a segunda quinzena de fevereiro. Mais informações no perfil oficial da unidade no Instagram (@porks_criciuma).

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com