Museu do Holocausto lança material digital e gratuito sobre perseguição à comunidade LGBTQIA+

Há 10 anos, o Museu do Holocausto de Curitiba, pioneiro do gênero no país, vem se consolidando enquanto referência nacional e internacional no combate à intolerância. O projeto utiliza os legados da Shoá como ferramenta educativa para a transmissão de valores como democracia, pluralidade, equidade, diversidade, liberdade, resistência e resiliência.

Em junho de 2021, em razão das ações em torno da Revolta de Stonewall e o mês do Orgulho LGBTQIA+, o Museu do Holocausto promoveu o evento online “ALÉM DO SILÊNCIO: existências LGBTQIA+, memórias e narrativas de vida”.

A partir do evento, acaba de lançar, com foco em pessoas interessadas na criação de um espaço de formulação coletiva para discussões urgentes sobre LGBTQIAfobia e resistência atualmente, o material educativo de mesmo nome, que reúne e amplia as discussões e conteúdos gerados então.

Para acessar e fazer o download da pulibação: https://bit.ly/3zZ1gfu

Apoiam a iniciativa: Museu da Diversidade Sexual, Coletivo Cássia, Grupo Dignidade, Aliança Nacional LGBTI+, Puta Peita, World Congress of GLBT Jews, MOV.LGBTQIA+, Hineni (Fisesp), Gaavah (Coletivo Judaico LGBTQIA+ do IBI), Judeus pela Democracia, Casa do Povo, Arquivo Lésbico Brasileiro, Núcleo de Estudos de Gênero da UFPR (NEG), Coletivo Liberte (UFPR) e CAOP Direitos Humanos (Ministério Público do Paraná).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.