Museu do Holocausto de Curitiba lança material sobre circo e resistência ao nazismo

Quem nunca ouviu a famosa expressão “respeitável público”? “Desrespeitável público: o circo como possibilidade de resistência durante o Holocausto” é um material educativo transdisciplinar desenvolvido pelo Museu do Holocausto de Curitiba com apoio do Circonteúdo, o portal da diversidade circense. Concretizado após três longos anos de pesquisa interna, buscou, em diversas fontes, atingir respostas satisfatórias e criar possíveis conexões entre o circo e a resistência ao nazismo.

Neste projeto, estão reunidas histórias extraordinárias, algumas de emaranhados familiares como os Lorch, os Strassburger e os Blumenfeld. Destacam-se trajetórias de artistas, trupes mambembes e donos de circo que lidaram com os altos escalões nazistas e que inclusive salvaram a vida de judeus – estes receberam, posteriormente, o título de “Justos entre as Nações”. Além de imenso material iconográfico, a iniciativa aborda o contexto do circo na Alemanha do entreguerras, as relações com o nazismo e aspectos da reconstrução e da resiliência. Há ainda sugestões de filmes e atividades pedagógicas para estudantes de diferentes idades.

 
O material é gratuito e está disponível para download no link: https://bit.ly/3c1ANUR


Circo e Holocausto

 
Durante séculos, os circos europeus foram dirigidos por grupos minoritários, com artistas de todo o mundo e de inúmeras origens: ciganos de vários grupos, judeus, yeniches e pessoas com deficiências, por exemplo. Como tal, a essência transnacional dos circos funcionava como uma porta estreita para a aceitação da alteridade, ou seja, perceber o outro como uma pessoa singular e subjetiva. Por outro lado, o nazismo via a redenção da Alemanha por meio da regeneração completa e purificação racial do que chamavam de “raça ariana”, cuja missão seria comandar a futura marcha da humanidade. Por isso, seria preciso estar livre da influência do que chamavam de “raças inferiores” e de grupos considerados inimigos ou degenerados.


A premissa desse material pedagógico é que haveria, em tese, um profundo choque de valores entre o circo tradicional e o regime nazista. Desde o início da pesquisa, fugindo de uma noção simplista de que a relação entre circo e resistência seja óbvia, destacamos a palavra possibilidade. A ideia central era mostrar como o circo e seu modo de vida (e não somente pessoas que por acaso fossem artistas circenses) abriram um potencial (que se concretizou em alguns casos) para promover uma contestação e resistência ao regime nazista.


Hipóteses a serem confirmadas sugeriam uma resposta à uniformidade étnica e cultural a partir do cosmopolitismo do circo, o papel social marginalizado dos artistas e o caráter itinerante como forma de estabelecer contatos. Tudo isso com o objetivo de expor não apenas a relação dúbia do nazismo com o circo, mas de compreender possíveis atos de resistência e estratégias de segurança conectados aos princípios e virtudes universais que a atividade circense carrega há gerações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ventura distribui 2 mil álbuns da Copa do Mundo por meio da promoção Compre e Ganhe

Há pouco menos de dois meses para a realização da Copa do Mundo, muita gente ainda pretende completar o álbum que traz as figurinhas das seleções classificadas para o Mundial de Futebol 2022. Para dar uma mãozinha para quem deseja entrar na brincadeira de colecionar figurinhas nesta Copa, o Ventura Shopping lança nesta semana mais uma edição da campanha ‘Compre e Ganhe’, incentivando desta forma as pessoas a entrarem no clima esportivo.

O Shopping que concentra o primeiro espaço da Panini na Capital a trazer produtos exclusivos da marca e o único que ficará aberto até o final da Copa, em 18 de dezembro, disponibiliza ao público, a partir desta segunda-feira (26), dois mil álbuns de figurinhas.

Para garantir o exemplar é fácil. O cliente deve adquirir qualquer produto em qualquer valor na loja da Panini do Ventura Shopping. A compra vale um de capa simples. Para isso, é basta cadastrar a Nota Fiscal da promoção no Aplicativo Podi e fazer a retirada do álbum no balcão de informações do shopping. A promoção (regras disponíveis no aplicativo Podi) permite 01 álbum por CPF e é exclusiva para a loja da Panini do Ventura. A ação será válida até quando durar o estoque dos álbuns.

Karaokê Ventura

A Panini permanecerá com a Loja do Ventura aberta até o final da Copa do Mundo às vésperas do Natal. Será um dos poucos pontos da cidade que atenderão o público neste período. Para isso, o Ventura Shopping mantém uma extensa programação para realizar interatividade entre os visitantes do empreendimento neste período.

Além da promoção ‘Compre e Ganhe’ desta semana, por exemplo, o Ventura também lança na próxima sexta-feira (30/09) o projeto ‘Karaokê Ventura’. A ideia é incentivar clientes a vivenciar momentos descontraídos com familiares e amigos mostrando seu talento. São mais de 11 mil músicas disponibilizadas. A atividade inicia às 19h na praça de alimentação do Ventura e será gratuita.

Serviço:

Promoção ‘Compre e Ganhe’ Ventura Shopping

Compras realizadas na loja da Panini valem troca por álbum de figurinhas da Copa do Mundo – limitado a 01 por CPF.  

Ação exclusiva para a Loja da Panini do Ventura Shopping e acontece até quando durar o estoque de 2 mil exemplares disponíveis.

O aplicativo está disponível na Apple Store e PlayStore

Acesse: http://onelink.to/vfa7ts

Sucesso de público: espaço pet no Ecoville reabre com evento especial

Uma das iniciativas urbanas mais elogiadas da cidade nos últimos tempos irá reabrir em grande estilo: o Espaço Pet criado pela Favretto Painéis, uma praça de recreação aberta ao público e a animais de estimação localizada na esquina da Rua Paulo Gorski com a Dep. Heitor Alencar Furtado, será reaberta ao público depois de um período de manutenção. A ação acontece neste próximo sábado, dia 24 de setembro, com novos equipamentos para os pets, brindes e uma feira de adoção.

O espaço foi inaugurado no início do mês de julho e em pouco mais de dois meses de funcionamento conquistou a simpatia de moradores e visitantes da região. A iniciativa faz parte de um projeto da Favretto Painéis de revitalização de espaços alugados pela empresa: a partir de um cuidadoso estudo paisagístico próprio, os locais selecionados são transformados em praças recreativas abertas ao público, com temáticas específicas.

Localizado próximo ao Park Shopping Barigui, o Espaço Pet foi a primeira iniciativa da empresa pensada exclusivamente para contemplar animais de estimação e seus donos, uma prática cada vez mais comum em países europeus e que vem se popularizando no Brasil. O número de frequentadores do espaço superou as projeções iniciais da Favretto que, pensando em tornar a praça ainda mais atrativa para os visitantes, decidiu fechar o espaço por duas semanas a fim de ampliar a infraestrutura do local.

De acordo com Enrique Favretto, gerente de marketing da Favretto Painéis, a ideia é tornar o espaço um ponto de encontro conhecido por amantes de pet de toda a cidade: “O sucesso tem sido enorme, nós estamos realmente felizes em como nosso projeto foi abraçado pelo público. Estamos ouvindo os feedbacks de moradores da região e visitantes. Queremos que o Espaço Pet da Favretto Painéis se torne um ponto de encontro de amantes de animais de todos os cantos da cidade”, conta.

Evento de reabertura

O espaço será reaberto ao público neste próximo sábado, dia 24 de setembro, com atrações especiais. Além da manutenção paisagística do local, foram instalados novos equipamentos e espaços de proteção para garantir a segurança dos animais e de seus donos. Haverá também a distribuição de brindes e uma feira de adoção com animais abandonados em parceria com a ONG Curitibana “U.AU!”.

O evento acontece das 10h às 14h, e estará aberto ao público gratuitamente. A entrega de brindes é limitada e estará sujeita à disponibilidade.

Serviço:

Espaço Pet Favretto – Reabertura

Quando: sábado, 24 de setembro, das 10h às 14h

Localização: Rua Paulo Gorski, esquina com a Rua Dep. Heitor Alencar Furtado, nas proximidades do Park Shopping Barigui – Ecoville – Curitiba

Entrada gratuita

Sobre a Favretto Painéis

A Favretto Painéis se confunde com a história da chegada da família Favretto em Curitiba, a partir de 1970. A empresa nasce em 1977 e já no primeiro ano de atuação obtém resultados grandiosos. Em mais de 45 anos no mercado de painéis, a empresa se reformula a cada ano para proporcionar o que há de mais moderno no mercado para seus clientes. Atualmente, com mais de 2 mil pontos de visualizações, a marca é referência no mercado de comunicação visual.