Metal Sinfônico: A combinação do peso e da graciosidade

Quando ouvimos falar de gêneros musicais mais extremos, como o metal, é comum associarmos a eles sons mais pesados, como guitarras distorcidas e até mesmo vozes guturais. Contudo, o estilo é muito mais abrangente, e pode também envolver elementos da música erudita, instrumentos de orquestra e canto lírico. Esta combinação já está muito consolidada e conquistou o coração de milhões de fãs.

O chamado “metal sinfônico” surgiu na Europa, na década de 1990, e não demorou para emplacar. Bandas como After Forever e Nightwish, são alguns dos grandes nomes que adicionaram às guitarras elementos como corais, violoncelos, violinos e flautas. Além de ser um grande sucesso entre os metalheads, também conquistou muita gente que não estava acostumada ao gênero, pela leveza e beleza que esses elementos trazem.

Outro aspecto importante do metal sinfônico são os chamados cantores operísticos – que usam técnicas de ópera. Ainda que não seja exatamente uma obrigação, muitas das bandas contam com vocalistas especializados em canto lírico.

A banda Nightwish, por exemplo, com Tarja Turunen e Floor Jansen (ex e atual vocalistas, respectivamente), conta com cantoras com técnicas que vão do erudito ao popular. Musicistas como elas costumam conquistar até mesmo os mais adversos ao heavy metal.

O Brasil também conta com vários artistas adeptos a esse vertente, como, por exemplo, a cantora e professora de canto paraense Vanessa Rafaelly, radicada em Curitiba, que vem se tornando uma referência no metal sinfônico nacional. Cantando em bandas de metal desde os anos 1990, sua carreira é um exemplo da fusão entre gêneros musicais. Também atuou como solista na Orquestra Filarmônica Primavera da Amazônia por 15 anos. Além disso, possui educação formal em canto, e leva esse conhecimento não só para os palcos, mas também para suas aulas.

Assim como Floor Jansen, Vanessa é soprano, a extensão vocal mais aguda da música clássica, sendo capaz de produzir notas altíssimas. Um dos trabalhos atuais de Vanessa é justamente uma banda tributo ao Nightwish, a Seyren, em que pode demonstrar todas as suas técnicas dentro das canções do grupo finlandês.

Sendo cantoras com um escopo enorme, não é tão raro ver vocalistas de metal sinfônico usando técnicas mais extremas, como guturais. Vanessa também domina e ensina essa técnica.

Vanessa Rafaelly mantém o seu trabalho como Voice Coach e professora de canto no Studio Voz Paraná.  A escola de canto oferece condições especiais para aulas presenciais e a distância, com metodologia inovadora para todos os níveis e idades. Nelas, são desenvolvidos temas pertinentes como afinação, respiração, apoio, fisiologia e saúde vocal.

CONTATO

Studio Voz Paraná: (41) 992321405 (telefone e whatsapp).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Aberta seleção de músicas para o 16º Fejacan

Estão abertas até o dia 12 de outubro as inscrições para a 16ª edição do Fejacan – Festival Jacarezinhense da Canção. O evento promovido pelo Sesc PR será realizado em Jacarezinho (PR), nos dias 24 e 25 de novembro, no Sesc Jacarezinho.

Cantores, intérpretes, instrumentistas e compositores de todo o Brasil, maiores de 18 anos, podem submeter para análise até três músicas, de caráter popular ou erudito, em língua portuguesa ou em idiomas indígenas, e que não tenham sido apresentadas no Fejacan em edições anteriores.

Os trabalhos inscritos serão avaliados em conceito, qualidade e execução das obras, formato, linguagem, relevância artística, singularidade e inovação por uma comissão que selecionará até 26 músicas inéditas para apresentação no palco do evento.

Os trabalhos selecionados receberão remuneração de acordo com o número de músicas que foram selecionadas e com a distância da cidade de residência do artista até Jacarezinho. Os valores das remunerações variam de R$ 2.400 a R$ 5.950.

De acordo com os organizadores do evento, o Fejacan é uma oportunidade de apresentação e divulgação de artistas, de intercâmbio entre artistas e produtores, de apreciação musical pelo público.

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pelo site do Sesc PR, por meio de formulário on-line, até o dia 12 de outubro.

Clique aqui para acessar.  <https://www.sescpr.com.br/edital/edital-de-selecao-fejacan-2022/>

Teatro Guaíra recebe neste sábado o cantor uruguaio Jorge Drexler 

Um dos grandes nomes da música latino-americana, o cantor e compositor uruguaio Jorge Drexler desembarca em Curitiba com o show do novo disco “Tinta y Tempo”, que será apresentado neste sábado, 17 de setembro, no Teatro Guaíra, às 21 horas. O álbum que foi criado no confinamento da pandemia traz dez novas músicas sobre formas de rearmar, em todos os âmbitos: dos relacionamentos ao amor próprio. Drexler comemora a receptividade que está recebendo com este novo trabalho, que está sendo bastante aguardado pelo público. Com realização local da Orth Produções, os ingressos para a apresentação em Curitiba estão à venda pelo Disk Ingressos.

Na apresentação os fãs da capital paranaense poderão conferir canções inéditas como Tinta y tiempo, ¡Oh, algoritmo! (parceria com a israelense Noga Erez) e “Amor al arte”, que são muito esperadas depois de 5 anos, além dos sucessos dos álbuns anteriores.

 “Tinta y Tempo”, lançado em abril, é seu décimo quarto álbum de estúdio e chega no 30º aniversário do lançamento de seu primeiro disco. O anterior foi “Salvavidas de Hielo”, que estreou em 2017. Três décadas de canções que continuam a somar ao imaginário do uruguaio, que se destaca especialmente pela conexão com o público em seus shows pelo mundo.

Sobre Drexler

Drexler, que é um dos grandes nomes da música latino-americana, teve seu reconhecimento internacional depois de ganhar o Oscar pela trilha sonora do filme Diários de Motocicleta, do diretor brasileiro Walter Salles, em 2005. A canção “Al Otro Lado del Río”, do álbum “Eco²”, foi a primeira música em espanhol a vencer o Oscar de Melhor Canção Original. Em 2014, contou com a parceria do consagrado cantor brasileiro, Caetano Veloso, no seu disco, “Bailar en la Cueva”, gravado na Bolívia. Com este trabalho ganhou dois Grammy Latinos (nas categorias Gravação do Ano e Melhor Álbum de Cantor-Compositor), e foi indicado ao Grammy Awards (categoria do Melhor Disco de Rock Latino, Urbano ou Alternativo), sendo um álbum mais festivo e dançante. Com 14 discos lançados durante sua carreira, além de músico, ele é médico especializado em otorrinolaringologia.

Serviço: Jorge Drexler apresenta “Tinta y Tempo” no Guairão

Data: 17 de setembro de 2022

Horário: Abertura do Teatro às 20h e Início do Show às 21h.

Local: Teatro Guaíra (R. Amintas de Barros, S/N – Centro, Curitiba – PR).

Classificação etária: Livre