sexta-feira, fevereiro 23, 2024
spot_img
InícioBuzzãoEntretenimentoListening Bars: conheça a tendência do entretenimento noturno vinda diretamente do Japão

Listening Bars: conheça a tendência do entretenimento noturno vinda diretamente do Japão

Uma experiência sonora imersiva e única: essa é a premissa que norteia o “Listening Bar”, tendência do entretenimento noturno que aos poucos ganha espaço em solo brasileiro com bares exclusivos que elevam a apreciação musical a um nível superior, convidando o ouvinte a desfrutar cada nota musical de forma única. Discos de vinil, aparelhos de som de primeira, decoração intimista e um ambiente acusticamente planejado caracterizam os locais dedicados aos audiófilos, ou entusiastas de som de alta qualidade.

A onda dos “bares de audição” teve início no Japão pós segunda guerra, na década de 1920, com os chamados Jazz Kissa, bares que protagonizavam a música em sua mais pura forma ao invés de só utilizá-la como som ambiente. O país, inclusive, ainda abriga um dos mais conceituados Listenings Bars do mundo: o Bar Martha. Com mais de 100 anos desde o surgimento, o conceito, agora modernizado, se transformou em casas noturnas com seleção musical criteriosa e sistemas de som que garantem uma reprodução sonora de alta fidelidade dos mais diversos gêneros musicais. Aliados à iluminação confortável e coquetelaria de ponta, os Listening Bars oferecem uma experiência completa, unindo o analógico ao moderno.

“O universo dos discos de vinil sempre fez parte do estilo de vida dos sócios, como um hobby. Nossa ideia foi transformar esse hobby em uma experiência inovadora e multissensorial, com uma atmosfera envolvente que reúne música, bons drinks e boas companhias em um só lugar”, comenta Thiago Corrêa, sócio do Honey Vox Hi-Fi, casa noturna recentemente inaugurada em Curitiba (PR), que segue o formato “Listening Bar”.

O primeiro “bar de audição” da capital paranaense, que abriu as portas no último mês de dezembro, já se transformou em um dos locais “must-go” da cidade para os amantes de som analógico. “Nossa casa conta com uma coletânea gigantesca de vinis dos mais diversos estilos musicais. Além disso, damos a oportunidade aos clientes de trazerem seus próprios discos, para que nossos DJs toquem na casa”, destaca Thiago. “Em um mundo cada vez mais digital, o resgate de antigas tradições, como os discos de vinil ou LPs, são uma interessante viagem ao passado, tornando a experiência dos Listening Bars ainda mais diferenciada”, complementa o empresário.

A tendência, também conhecida como Bar Hi-Fi (do termo em inglês High Fidelity, que se refere ao sistema de reprodução de áudio em alta resolução), pode ser conferida de perto em São Paulo (SP), que ganhou bares como Domo, Elevado Conselheiro e Matiz.

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão