Linha Verde ganha Ligeirão que interliga 18 linhas e integra transporte de Norte a Sul

Curitiba ganha, neste sábado (17/7), mais uma importante linha de ônibus, o Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho, que vai fazer a ligação inédita entre o Norte e o Sul da cidade pela Linha Verde (BR-476). A nova linha tem capacidade para atender até oito mil pessoas por dia. 

O novo Ligeirão vai permitir a integração de 18 linhas pelas estações-tubo, sem contar as conexões que podem ser feitas no Terminal do Pinheirinho, o maior da cidade.

O prefeito Rafael Greca inaugurou, nesta sexta-feira (16/7), a nova linha e as duas novas estações-tubo que fazem parte do itinerário, a Vila Olímpica e Fagundes Varela. A entrega foi possível com a conclusão de mais um trecho de obras da Linha Verde Norte.

“Essa nova linha tem 29 quilômetros e vai permitir a integração com o Circular Sul ocupando a canaleta central da nossa Linha Verde” disse o prefeito.

Greca estava acompanhado do vice-prefeito, Eduardo Pimentel, do secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, e da secretária municipal da Comunicação, Cinthia Genguini.

A linha Fagundes Varela/Pinheirinho, que vai circular com ônibus na cor vermelha, é a 255ª da cidade e terá, entre ida e volta, 29 quilômetros de extensão, ligando o Bairro Alto ao Pinheirinho. Somente nos horários de pico, a linha deve atender 1,5 mil passageiros por dia.

“Trata-se de uma linha aguardada há muito tempo pela população e que essa gestão, com o avanço das obras da Linha Verde, está entregando. O projeto traz mais mobilidade, qualidade no transporte e integração entre os bairros da cidade e também com a região metropolitana”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs).

Na primeira fase, a linha Fagundes Varela/Pinheirinho terá nove estações de parada, número que será ampliado no futuro com o avanço das obras da Linha Verde Norte para a implantação das estações Solar e Atuba e a instalação de outras estações no sentido sul da cidade.

A linha permitirá integração com diversas outras da cidade que passam pelas mesmas estações, incluindo ainda ônibus metropolitanos que vão até Fazenda Rio Grande e Colombo.

“O novo Ligeirão tende a crescer muito nos próximos anos, principalmente com a implantação das demais estações-tubo no norte da Linha Verde, que ampliarão a integração com a Região Metropolitana, com os municípios de Colombo e Pinhais”, diz o presidente da Urbs.

Linha Verde ganha Ligeirão que liga a cidade de Norte a Sul. Curitiba, 16/07/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

Com uma frota inicial de três veículos – um biarticulado e dois articulados –, a Fagundes Varela/Pinheirinho vai circular com intervalo médio de 20 minutos. A viagem completa leva uma hora (30 minutos em cada sentido). 

O secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, destacou que o avanço das intervenções na Linha Verde com a conclusão do trecho concretizam os esforços para finalizar a via que corta Curitiba de norte a sul.

“Herdamos essa grande e complexa obra. O resultado do trabalho intenso está aí, com o término do lote 3.1. Logo iremos também concluir a trincheira da Rua Fúlvio José Alice, que ligará Bairro Alto e Bacacheri sob a Linha Verde. E, dia a dia, avançamos com o serviço entre o Conjunto Solar e o Atuba, que pretendemos entregar no próximo ano”, apontou Rodrigo Rodrigues.

Também acompanharam a entrega das estações-tubo nesta sexta-feira (16/7), o diretor de Pavimentação, Lívio Petterle Neto, o superintendente de Implantação de Obras Urbanas, Marcelo de Souza Bremer, e a engenheira e fiscal das obras dos Lotes 3.1 e 4.1, Manuela Marqueño.
 

Linhas integradas

As integrações, de acordo com cada estação de parada da Fagundes Varela/Pinheirinho, são:

  • Estação Fagundes Varela (linhas 211 Colina Verde e 374 Hugo Lange);
  • Estação Vila Olímpica (sem integração); 
  • Estação PUC (050 Interbairros V, 471 V.São Paulo, 472 Uberaba, 475 Canal Belém, 477 V.Macedo via Guabirotuba)
  • Estação Mal.Floriano Peixoto (550 Pinheirinho/C.Gomes, 502 Circular Sul sentido horário, 602 Circular Sul sentido anti-horário e F02 Ctba/Fazenda);
  • Estação Fanny (550 Pinheirinho/C.Gomes, 621 Fanny, 616 Portão Santa Bernadethe/L.Verde e B42 Maracanã/Linha Verde)
  • Estação Santa Bernadethe (550 Pinheirinho/C.Gomes e 616 Portão/Sta.Bernadethe/L. Verde),
  • Estação Xaxim (550 Pinheirinho/C.Gomes, 629 Alto Boqueirão e 657 Xaxim/Capão Raso)
  • Estação São Pedro (550 Pinheirinho/C.Gomes, 624 V.São Pedro e 625 Gramados);
  • Terminal Pinheirinho (todas as linhas do terminal).

Como vai funcionar

A nova estação-tubo Fagundes Varela, que entra em operação com a nova linha, terá embarque e desembarque pelo sentido Atuba.

As duas linhas que integram no local, Colina Verde e Hugo Lange, tiveram algumas mudanças no itinerário por conta da entrada em operação da nova estação-tubo e alterações semafóricas e viárias na Linha Verde, implantadas pela Setran.

Na estação Fagundes Varela, linhas terão embarques em portas distintas, conforme o sentido. Colina Verde: sentido Cabral (porta 6) e sentido Bairro Alto (porta 8). Hugo Lange: sentido Centro (porta 6) e sentido Terminal do Bairro Alto (porta 8).

Fagundes Varela/Pinheirinho é o segundo Ligeirão da Linha Verde

Esse é o segundo Ligeirão a operar na Linha Verde. A linha 550 Pinheirinho/Carlos Gomes já integra a parte sul da Linha Verde ao Centro da cidade.

A Linha Verde, que está sendo implantada no trecho urbano da antiga BR-116 (atualmente 476) é o 6º eixo de transporte e de integração viária de Curitiba. Ao todo serão 22 quilômetros de extensão de uma via urbana ao longo do eixo ligando a cidade do Sul ao Norte, desde o Pinheirinho ao Atuba, com estrutura de transporte e urbanização, beneficiando 22 bairros em uma área de abrangência onde vivem perto de 300 mil pessoas.

Mais Ligeirão

A linha Fagundes Varela/Pinheirinho é o segundo Ligeirão inaugurado desde 2018 na capital.

Naquele ano entrou em operação o Ligeirão Santa Cândida/Praça do Japão, cujo trajeto agora está sendo ampliado até o Pinheirinho. Ele também fará a ligação entre o Norte e o Sul da cidade. Para tanto, ao longo do trecho, 26 estações-tubo serão remodeladas e desalinhadas para possibilitar ultrapassagens, o que tornará a viagem mais rápida em cerca de 16 minutos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Angra Fest reúne gigantes do metal em Curitiba

Eletrizante! Assim será o Angra Fest. Idealizado pela banda Angra, o festival roda o país há alguns anos e traz uma mistura de música, cultura rock e atitude. Esta será a sua estreia em Curitiba com grandes nomes do metal nacional. Com realização da Prime e Top Link, a edição curitibana acontece no próximo dia 25 de março na Arena White Hall Jockey Eventos (R: Dino Bertoldi,740) e terá um line-up pesado, formado pelos anfitriões Angra e, também por Matanza Ritual, Viper e os curitibanos do Electric Mob. Os portões abrem às 15horas.

Angra

Formado em 1991, o grupo conta atualmente com os músicos Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria). Conhecida por estar entre os maiores nomes do heavy metal brasileiro no mundo, lançaram aclamados álbuns e construíram uma gloriosa carreira. No momento, o grupo se encontra realizando shows em comemoração aos 30 anos de banda, tocando os grandes sucessos e gravando um novo registro de estúdio que será lançado ainda em 2023.

Matanza Ritual 

Formada por um time de estrelas do rock nacional do porte de Jimmy London (vocal), Antônio Araújo (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Amílcar Christofáro (bateria), o Matanza Ritual fez shows no Brasil todo durante ano de 2022. No Angra Fest, o Ritual contará com o baixista Juninho (Ratos de Porão) substituindo Felipe Andreoli. Sobre o grupo, o vocalista Jimmy London enfatiza: “O Ritual nasceu porque a necessidade de expurgar nossos demônios nunca morre. Cada show é um exorcismo dos perrengues que passamos no dia-a-dia, e a gente usa a arte para vomitar tudo de ruim e sair suado, feliz e cansado”. Ele ainda complementa: “Nossa ideia não é formar uma banda, nem mesmo um projeto. Queremos criar uma celebração, reviver aquele “ritual insano” que acontecia nos shows do Matanza, e pra isso convocamos os melhores dentre os melhores músicos do país para serem os monges da loucura toda”, diz.


Viper

O VIPER nasceu em 1985 e dois anos depois lançou ‘Soldiers of Sunrise’, um marco na história do rock brasileiro. A história do grupo é impressionante pois os integrantes com média de 16 anos contavam com uma qualidade musical acima do esperado para idade e para a época. Considerada uma das grandes bandas de heavy metal nacional eles lançaram recentemente o single “Under The Sun”, primeira canção inédita em 15 anos. Atualmente, a formação do grupo é composta por Leandro Caçoilo (vocal), Felipe Machado (guitarra), Pit Passarel (baixo), Guilherme Martin (bateria) e Kiko Shred (guitarra).

Electric Mob

O grupo paranaense, que promete um grande show no Angra Fest,acaba de lançar seu mais novo álbum. “2 Make U Cry & Dance” chega ao mercado por meio da gravadora italiana Frontiers Music com a árdua tarefa de suceder o empolgante “Discharge” (2020), responsável por alçar os curitibanos ao posto de destaque do hard rock mundial. Logo em seu primeiro álbum, o Electric Mob conseguiu alguns feitos notáveis, como conquistar o respeito da crítica especializada, tocar em rádios daEuropa e dos Estados Unidos, entrar na parada Billboard/BDS Indicator Chart e atingir números realmente expressivos nas plataformas de streaming.

Mas ao que parece, o peso e a responsabilidade de corresponder às altas expectativas – do público, da mídia, da gravadora e até deles mesmos -, não afetou nem um pouco o quarteto formado por Renan Zonta (vocal), Ben Hur Auwarter (guitarra), Yuri Elero (baixo) e André Leister (bateria). “2 Make U Cry & Dance” é mais do que uma evolução natural de “Discharge”, é um salto adiante.

Ingressos
Os ingressos estão disponíveis e custam a partir de R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm, de acordo com o setor. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, pessoas com deficiência (PCD) e de câncer. Clientes Clube Gazeta possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. INGRESSO SOCIAL – doares de 1kg de alimento não-perecível possuem 50% de desconto sobre o valor da inteira. A entrega será feita na entrada do evento. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.  Os ingressos podem ser adquiridos através da www.blueticket.com.br . É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do evento.SERVIÇO:
ANGRA FEST – Angra, Matanza Ritual, Viper e Electric Mob
LOCAL:
Arena White Hall Jockey Eventos (R: Dino Bertoldi, 740 – Tarumã)
Quando: 25 de março de 2023 (Sábado)
Horários:
abertura do evento: 15h / Início das atrações: 16h
Valores: custam a partir de a partir de R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm, de acordo com o setor. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, pessoas com deficiência (PCD) e de câncer. Clientes Clube Gazeta possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado.  INGRESSO SOCIAL – doares de 1kg de alimento não-perecível possuem 50% de desconto sobre o valor da inteira. A entrega será feita na entrada do evento. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
Forma de pagamento: dinheiro, crédito e Pix
Pontos de Venda:
www.blueticket.com.br
Censura: de 16 a 18anos podem acessar o evento acompanhados por um responsável maior de 18 anos. Jovens de 14 a 16 anos podem acessar o evento com responsável legal. Jovens abaixo de 14 anos só acessam o evento com os pais.
Informações para o público: @maisumadaprime

Curitiba recebe evento nacional de St. Patrick’s Day com chope verde e shows gratuitos

Uma das datas mais tradicionais do calendário cervejeiro está chegando: o St. Patrick’s Day, também conhecido como feriado de São Patrício, celebração que homenageia o padroeiro da Irlanda. Durante a festa, bares e restaurantes decoram seus ambientes com muitos itens na cor verde e comercializam comidas e bebidas tradicionais em terras irlandesas, entre elas a cerveja. No Brasil, o St. Patrick’s Day vem conquistando cada vez mais adeptos.

Pensando nisso, entre os dias 17 e 19 de março, a rede Porks – Porco & Chope, principal casa de chope e carne suína do Brasil, vai promover a 2ª edição do festival nacional de St. Patrick’s Porks em todas as suas unidades espalhadas pelo país. Ao todo, a casa pretende comercializar mais de 100 mil litros de seu famoso chope Pilsen Verde. “O Saint Patick’s Day é uma das datas mais esperadas no universo cervejeiro. Com o festival, queremos levar o chope verde para todo o país”, comenta José Araújo Neto, fundador da rede Porks. Além disso, quem for à caráter vai ganhar um copo de chope grátis.

Além disso, o evento vai ser palco de mais de 80 shows ao vivo, com bandas de rock e blues, sem cobrança de couvert artístico ou entrada, em 29 cidades brasileiras: Curitiba (PR), São José dos Pinhais (PR), Araucária (PR), Fazenda Rio Grande (PR), Cascavel (PR), Maringá (PR), Ponta Grossa (PR), Londrina (PR), Florianópolis (SC), Itajaí (SC), Chapecó (SC), Santa Maria (RS), São Paulo (SP), Santos (SP), Piracicaba (SP), Praia Grande (SP), Ribeirão Preto (SP), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Sinop (MT), Goiânia (GO), Rio Verde (GO), Brasília (DF), Águas Claras (DF), Gama (DF), Samambaia (DF), Recife (PE), Teresina (PI) e João Pessoa (PB).

No cardápio, o público deliciar com diversos hambúrgueres e petiscos que levam a carne suína como protagonista. Entre os destaques estão o Porks Bacon Burger, preparado com burger de costelinha de porco, creme de cheddar e tiras de bacon crocante; o Pernil Municipal, um sanduíche de pernil de porco marinado por 12h, coberto por queijo mozzarella e cheiro verde; o Torresmo de Tira, tradicional torresminho servido em tiras crocantes; e o Bei com Melado, tiras de bacon crocante cobertas por melado de cana de açúcar.

O St. Patrick’s Porks vai acontecer em todas as unidades da rede Porks – Porco & Chope do Brasil, entre os dias 17 e 19 de março, com venda de chope Pilsen Verde e música ao vivo sem cobrança de couvert artístico. Mais informações no Instagram oficial da rede (@porks_brasil).

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com