Lançamento de livro e apresentações gratuitas  marcam o encerramento do projeto LEVANTE!

No próximo dia 16 de dezembro, o lançamento do livro “levante! coreografia expandida em bando” e duas apresentações marcam a última ação do projeto LEVANTE!. O espetáculo acontece às 16h e 20h na sala do Grupo de Teatro da UFPR, com entrada franca e distribuição gratuita da publicação.

Com 80 páginas, o livro contempla uma dramaturgia de fotos da peça, acompanhadas por textos de Renata Roel, Fernando de Proença, Viviane Mortean, Milla Jung, Diego Marchioro e Francisco Mallmann sobre a experiência de circulação do projeto por cinco cidades do interior do Paraná. 

Além da versão impressa, o evento também marca o lançamento do e-book e de cinco mini-documentários em vídeo com registros das cidades visitadas. Neste mesmo dia, ainda será divulgado o novo site do projeto, onde os materiais ficarão disponíveis.

Entre 25 e 29 de julho, a peça passou por Pato Branco, Campo Mourão, Maringá, Londrina e Paranavaí. Junto com as apresentações, foram oferecidas oficinas gratuitas, conduzidas por Viviane Mortean e Milla Jung. A publicação será distribuída gratuitamente para bibliotecas e secretarias de cultura dessas cidades.

LEVANTE!

A peça LEVANTE!, concebida por Renata Roel e Fernando de Proença, pretende levantar questões sobre a construção da cena e de vínculos em processos convivais. No LEVANTE!, os artistas empilham cadeiras, montam e desmontam a cena enquanto ela acontece – fazem analogias ao micro e ao macro do corpo em relação ao espaço. É sobre empilhar, atravessar, derrubar, escapar, sentar e levantar. Pulsam no risco do que pode desabar a qualquer momento e na urgência de deslocar-se com quem está junto. 

Valendo-se da etimologia da palavra LEVANTE!, além de ser referência direta à imagem de um corpo “em pé”, caracteriza-se pela capacidade das pessoas se organizarem para levantar outro sistema econômico, social e político. 

Na fricção entre dança e teatro, Renata e Fernando propõem dispositivos que aproximem e promovam deslocamentos na relação entre artista e espectador. Estar junto é a grande transgressão e partilhar do espaço em pequenos e grandes deslocamentos é intencional para que haja encontro no meio do caminho. 

Serviço:

Lançamento do livro ˜levante! coreografia expandida em bando” e apresentações de LEVANTE! Instalação coreográfica 

Dia 16 de dezembro (sexta), às 16h e 20h

Sala do Grupo de Teatro da UFPR (Prédio histórico – Praça Santos Andrade, 50)

Entrada franca

Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes no local.

FICHA TÉCNICA:

Concepção e Performance: Renata Roel e Fernando de Proença | Colaboração e Acompanhamento Artístico: Cinthia Kunifas e Sofia Neuparth | Dramaturgia: Cândida Monte | Texto em off: Para o Pior Avante de  Samuel Beckett/ | Edição Sonora: Vadeco Schettini | Iluminação: Wagner Corrêa | Consultoria de Figurino: Amabilis de Jesus | Registro Fotográfico: Lídia Ueta | Designer gráfico: Adriana Alegria | Teaser e Registro de Vídeo: Lídia Ueta e Ulisses Sato | Oficinas: Milla Jung e Viviane Morten | Autores da Publicação: Renata Roel; Fernando de Proença; Francisco Mallmann; Diego Marchioro; Milla Jung e Viviane Morten | Assessoria de Imprensa: Paula Melech | Direção de Produção: Diego Marchioro | Assistência de Produção: Augusto Ribeiro | Produtoras locais: Tamara Alff; Isabela Schwab; Rachel Coelho; Luciana Guedes; Renata Ichisato  | Site: Julia Brasil – Pommelet | Redes Sociais: Viktória Hugo Von Holleben  | Realização: Renata Roel e Rumo de Cultura 

|Projeto Contemplado pelo prêmio Funarte Klauss Vianna – 2014|

Apoio: Copel | Projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura | PROFICE da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura | Governo do Estado do Paraná. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exposição celebra a lineart de artista curitibano no Nex

A força da simplicidade nas linhas desenhadas sobre o canvas cria espetáculos visuais na nova exposição artística de Manoel Felipe Doria. A mostra “infinito a infinito” reúne obras do artista, arquiteto e ilustrador, focadas na técnica lineart, e ganharão as paredes do Nex – Casa de Pedra a partir de 26 de janeiro (quinta-feira). Nesta data, acontece o coquetel de lançamento, a partir das 19h30, com bate-papo com o artista. A exposição ficará aberta até 26 de abril.

Graduado em Arquitetura e Urbanismo e sócio do escritório Doria+Arquitetos, Manoel Felipe Doria carrega sua expressão artística tanto na vida profissional como na pessoal, que permitem o uso de seus desenhos em interesses diversos. Com a lineart, técnica focada no uso de linhas, encontrou uma forma de trabalhar as camadas simbólicas da sua percepção sobre a linearidade da vida por meio do traçado ágil e intuitivo, uma expressão que define sua particularidade. Como artista já desenvolveu outros trabalhos variados, que vão do EP musical, “Olhos Nus” (2015) e o material ilustrativo da Bienal Internacional do Cairo (2018) até produções encomendadas para galerias particulares, como o caso da obra “O Mural” (2022).

Em “infinito a infinito”, Doria explora a ideia do movimento que direciona uma narrativa através do espaço ocupado por linhas. “É surpreendente a possibilidade de representar tudo o que é complexo através de uma simples linha”, conta. A técnica aplicada pelo artista pretende revelar sua expressão mais íntima concentrada no essencial.

O título da exposição reflete a característica dessa tipologia de traçado: “linhas paralelas possuem muito em comum, mesmo que jamais se cruzem. Por outro lado, qualquer outro par de linhas retas se encontram somente uma vez e depois se afastam no infinito”, reflete o artista sobre a visão de seus trabalhos. As obras carregam a magnitude da linha, seus movimentos e suas infinitas possibilidades de uso. A curadoria é de Monica Hirano e a produção de Altieres Fim Biela.

A exposição “infinito a infinito”, de Manoel Felipe Doria, será inaugurada no dia 26 de janeiro (quinta-feira), a partir das 19h30, com coquetel e bate-papo com o artista. O Nex – Casa de Pedra fica na Alameda Presidente Taunay (nº 130), no bairro Batel. A exposição pode ser visitada até 26 de abril. Mais informações no perfil oficial do Nex no Instagram (@nexcoworking).

Outono disponibiliza single inédito “Brighter Than The Sun”

A banda OUTONO lançou na primeira sexta-feira 13 deste ano o seu segundo single, “Brighter Than The Sun”, uma peça que confirma sua identidade musical com versos densos e aspectos sonoros surpreendentes. A canção está disponível em todas as principais plataformas de streaming.

Confira o single “Brighter than the Sun”: https://open.spotify.com/track/0sYm0gx6rXwQvBDlZtvGJg

A letra de “Brighter Than The Sun” cria um cenário fantástico ao colocar como protagonistas o primeiro casal do mundo, surgidos do barro, Adão e Eva, como fossem vampiros imortais, que até hoje acompanham as coisas que aconteceram na terra nesta jornada pela eternidade. Segundo o vocalista e baixista Guto Diaz, autor da narrativa,  a letra é “como se fosse a jornada deste casal, que assume diversas identidades”. Em parte da letra, cito que ela é Madalena e ele, o Cristo crucificado. Outra hora, ela é a condessa Bathory, se banhando no sangue dele mesmo. Eles têm este pacto de sangue que os une desde o início dos tempos”.

A OUTONO, que porta consigo um espectro musical bastante rico, é formada, além de Guto Diaz, por Fabiano Cavassin (guitarra) e Wlad Zechner (bateria). Estreando em 2022 com o single “Shades Before Dawn”, o grupo surgiu no cenário como a continuação do trabalho anteriormente desenvolvido pelo The Secret Society, com o álbum Rites of Fire e shows memoráveis – no Brasil e América Latina – ao lado de grandes nomes do rock e do metal mundial, como Dee Snider, Europe, The Sisters of Mercy, Deathstars e Uli Jon Roth, entre outros.

Apostando em climas tétricos e arranjos minimalistas, o OUTONO leva a obra criada por Guto e Fabiano para novos e ramificados caminhos musicais. O primeiro single, “Shades Before Dawn”, foi a declaração de um novo começo e “Brighter Than The Sun”,  a ratificação que o OUTONO é um nome que veio para ficar. Siga o grupo nas redes sociais para acompanhar todas as atividades @outono_band.

Fotos: Dani Duraes

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com