Jovem de 22 anos morre no hospital após ser baleado em confusão no Largo da Ordem

Um jovem de 22 anos morreu após ser baleado na confusão que aconteceu na noite de sábado (11), no Largo da Ordem, em Curitiba. Além de Mateus Silva Noga, que morreu no hospital neste domingo, também ficaram feridas uma adolescente de 14 anos e uma mulher de 31. No dia da confusão, as duas estavam conscientes no local. No domingo também houve confusão com pessoas aglomeradas no mesmo local, mas ninguém ficou ferido.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Mateus. Outra pessoa comentou que a família está com poucas condições e que amigos farão uma vaquinha para pagar as custas do velório.

Reprodução

Noite de confusão generalizada

O sargento Cordeiro do Siate disse à Banda B que estava atendendo a adolescente quando, em seguida, chegou mais uma mulher ferida para ser atendida.

“A gente foi acionado para atender uma menor de 14 anos e a primeira informação que tivemos era de era uma vítima de agressão e quando chegamos no local percebemos que ela tinha ferimentos por arma de fogo. No momento, que estávamos atendendo chegou uma segunda vítima, uma mulher e uma terceira vítima que era um rapaz.”

Contou.

A noite de sábado foi marcada por confusão generalizada no Largo da Ordem e as mulheres não estavam na confusão e acabaram sendo atingidas, segundo Cordeiro.

“Durante o tumulto, a Guarda Municipal acabou desferindo alguns disparos de arma não letal. Houve uma briga lá e acabou que as duas moças que estavam passando no local foram atingidas. Elas não estavam na confusão. Estavam no lugar errado na hora errada.”

Explicou.

As duas estavam passeando no Largo. A adolescente estava com a mãe.

“Elas tiveram a coincidência de estar no mesmo lugar. A menina estava passeando com a mãe ali no local. A gente tem atendido muitas ocorrências ali no local, no Cavalo Babão”.

Falou.

Outro lado

A Banda B entrou em contato com a Guarda Municipal de Curitiba, que emitiu nota sobre o ocorrido:

“A Guarda Municipal de Curitiba lamenta o falecimento de um jovem de 22 anos ferido por arma de fogo após uma confusão generalizada registrada na Rua Trajano Reis, no fim da noite deste sábado (11).

Uma equipe da GM foi acionada para conter uma briga envolvendo diversas pessoas na Trajano Reis. De acordo com relato dos guardas que atenderam a ocorrência, no local estavam aproximadamente 300 pessoas, grande parte consumindo bebida alcoólica e sem respeito ao distanciamento e ao uso de máscara. Ao chegar ao local, várias garrafas de vidro foram arremessadas contra os profissionais, que reagiram à injusta agressão.

Outras duas pessoas ficaram feridas: uma adolescente de 14 anos e uma mulher de 31. Os guardas prestaram socorro e acionaram o Siate.

Tão logo teve conhecimento do ocorrido, a Corregedoria da Guarda Municipal deu início à investigação para apurar fatos e responsabilidades. O procedimento vai apurar eventuais irregularidades, com as devidas providências previstas em regimento interno da corporação e demais legislações inerentes à matéria”, diz a nota.

Informações Banda B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shopping inaugura pista de patinação no gelo em Curitiba

Verão com pista de patinação no gelo em Curitiba! O Jockey Plaza Shopping inaugura o Vikings no Gelo, a maior pista de patinação no gelo já instalada na capital

Os interessados podem escolher entre patins e trenó. O ingressos estão à venda na bilheteria do local a partir de R$ 28 de acordo com a modalidade escolhida.

A pista de patinação é direcionada para todos acima de 5 anos, mas o espaço oferece opções para todas as idades.  Os pequenos de 2 a 5 anos podem aproveitar o passeio de trenó, guiado pelos instrutores que os leva num divertido circuito pela pista de gelo.

Além disso, a partir do dia 5 de fevereiro a pista irá receber shows de patinação toda sexta-feira às 19h com duração de 10 minutos.

O espaço ainda conta com aulas de patinação aos sábados. Os interessados devem fazer a inscrição com antecedência através do e-mail marketing@jockeyplaza.com.br ou WhatsApp (41) 3216-1642.

Serviço:

Endereço:Jockey Plaza Shopping – Rua Konrad Adenauer, 370, no Tarumã

Data: até dia 21 de março – de segunda a sexta, das 11h às 23h; sábados, das 10h às 23h; domingos e feriados, das 11h às 22h.

Ingressos: 30 minutos: R$ 48; 1 hora: R$ 60; Trenó 5 minutos: R$ 28; Tempo adicional: R$ 35, com duração de 30 minutos – válido antes da retirada do kit de segurança.

Vacinação infantil ganha velocidade em Curitiba, cidade com maior número de crianças

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, acompanhou o início simbólico da vacinação de crianças contra a Covid-19 em Curitiba, nesta terça-feira (18). O evento foi na Unidade de Saúde Mãe Curitibana, no bairro São Francisco, e contou com a participação do prefeito Rafael Greca, do vice-prefeito Eduardo Pimentel e da secretária municipal da Saúde interina, Beatriz Battistella Nadas. São 164.821 crianças na Capital.

“É muito importante que a Capital esteja envolvida na mobilização e na missão de levar a informação positiva da necessidade da vacina para os pais e para nossas crianças”, disse Beto Preto, que deu a largada para a vacinação infantil no Paraná no último sábado (15), em Londrina, no Norte. 

O pequeno Miguel, de 10 anos, foi um dos vacinados. A mãe, Márcia Stankiwich, ressaltou a importância de não acreditar em notícias falsas e vacinar as crianças.

“Não devemos acreditar em fake news, notícias de fontes não confiáveis e duvidar das pesquisas feitas para as vacinas. Para mim, para o Miguel e toda a família, essa vacinação é um momento importante e muito esperado, para que tudo volte ao normal, principalmente na questão pedagógica”, disse Márcia.

Neste momento, Curitiba está vacinando crianças de 9 a 11 anos com comorbidades e deficiência permanente. A orientação é que a imunização seja realizada de forma escalonada, iniciando pelos grupos prioritários. A Capital também já imunizou crianças de 5 a 11 anos acamadas, institucionalizadas e indígenas.

“É uma imensa alegria podermos imunizar quase 165 mil crianças. Estamos vencendo a pandemia em um grande esforço para superar também a variante Ômicron”, disse Greca. “Vacina é vida e a vida para as crianças é o patrimônio mais valioso para uma cidade”.

CAMPANHA – A estimativa do Ministério da Saúde é que o Estado tenha 1.075.294 crianças de 5 a 11 anos. Na sexta-feira (14) a Secretaria da Saúde recebeu 65.500 doses no primeiro lote para este público e menos de quatro horas depois, já descentralizou os imunizantes para as 22 Regionais de Saúde.

Nesta segunda-feira (17) mais um lote com o mesmo quantitativo de vacinas foi enviado ao Paraná e deve ser descentralizado na tarde desta terça-feira (18). A expectativa é que a vacinação infantil com a primeira dose se estenda até abril.

Foto: Gilson Abreu/AEN

“Devemos aplicar a primeira dose até começo de abril e em meados de março já iniciar a aplicação da segunda dose”, explicou Beto Preto. “Vamos ter que trabalhar desta maneira, chegando doses, automaticamente já são fracionadas para que os municípios tenham acesso e continuem sua vacinação”.