Inglês ajuda famosos a conquistarem espaços internacionais

Any Gabrielly, Anitta, Maisa Silva, Gisele Bündchen, Wagner Moura e Rodrigo Santoro são alguns exemplos de celebridades que passaram de um inglês de centavos para uma fluência de milhões. Os famosos romperam as barreiras do idioma para apostar na carreira internacional, evidenciando, ainda mais, que aprender inglês abre portas para educação, mercado de trabalho e conectividade. 

Eles dominam as passarelas, os palcos internacionais e as telas, alcançando público em diversas partes do mundo. Anitta, por exemplo, no dia 20 de novembro, se tornou a primeira brasileira a vencer a premiação norte-americana American Music Awards, levando o troféu de melhor artista feminina latina. O prêmio confirma e consolida o sucesso internacional da artista em 2022. 

Conceder uma entrevista – seja como os famosos o fazem ou mesmo para uma seleção de emprego –, preparar uma apresentação ou viajar para o exterior são motivos para aprender outro idioma e alcançar sucesso. Fazer uma mentoria para estudar inglês, por exemplo, é uma alternativa, principalmente para quem tem pouco tempo.

No ramo dos negócios, estudar inglês corporativo é uma opção de aprendizagem direcionada e especializada para quem deseja expandir horizontes com a habilidade da comunicação, incrementar o currículo e aproveitar os benefícios na carreira. 

Artistas brasileiros de diversos nichos aprenderam inglês de maneiras diferentes, mas o alcance da fluência foi primordial para que todos obtivessem o sonhado reconhecimento internacional.

Anitta

As maneiras de começar a dominar o idioma são inúmeras. Anitta, por exemplo, explica em algumas entrevistas o que fez para aprender a língua inglesa. A fluência da cantora não veio a partir de um método milagroso, mas sim de estudo aliado a entretenimento e constância, aspectos considerados chaves, conforme portais de especialistas e professores de inglês. 

Anitta, com certa frequência, vira assunto entre professores de inglês, que analisam suas participações e desenvoltura com a língua em programas de entrevistas. Os conteúdos dos perfis em redes sociais e comentários dos seguidores costumam questionar e explicar o que a artista fez para aprender o idioma de maneira eficaz. 

Apesar das dificuldades, a artista sempre foi incentivada pela família a aprender inglês. Anitta estudou dos 10 aos 17 anos de idade em uma escola de idiomas. Ela conta ainda que, embora não gostasse muito de ter que aprender uma nova língua na adolescência, logo percebeu que isso seria útil em algum momento. 

Any Gabrielly


A cantora Any Gabrielly, que saiu do grupo internacional Now United, anunciou recentemente sua carreira solo e tem encantado o público. No canal do Youtube “Central de Fãs Any Gabrielly”, a brasileira conta que sempre teve muita facilidade com línguas de modo geral e, o inglês, foi o primeiro idioma ao qual se dedicou.

Desde criança, a artista assistia filmes e desenhos em inglês com legendas, além de sempre estar sintonizada em músicas internacionais e suas letras. Para além da diversão no contato com a língua, ela enfatiza a importância dos estudos. 

Em seu canal, Any dá algumas dicas para quem quer expandir as possibilidades pessoais e profissionais por meio da fluência. As recomendações incluem a prática das quatro habilidades de linguagem, com exercícios de escuta, pronúncia, leitura e escrita.

Gisele Bündchen

A über modelo brasileira Gisele Bündchen, que já foi a mais bem paga do mundo, diz ter aprendido inglês ouvindo músicas. Ela se mudou para os Estados Unidos aos 16 anos para seguir carreira e precisou se virar sozinha, sem saber falar o idioma. 

Em entrevista ao apresentador Jimmy Fallon, a modelo contou algumas de suas aventuras, como errar endereços de testes, dificuldade para conversar com as pessoas e o famoso “acenar com a cabeça e torcer para que ninguém tenha feito uma pergunta”, por não compreender a língua. 

A cantora Mariah Carey e o grupo vocal Boyz II Men foram seus professores, por meio de fitas cassetes que a modelo levava consigo, prestando atenção em cada trecho das músicas. Com o tempo e a convivência de perto com a língua, a profissional foi de um inglês truncado para o domínio. 

Rodrigo Santoro

O inglês foi fundamental na carreira internacional do ator brasileiro Rodrigo Santoro. Além da famosa franquia “300”, interpretando o imperador Xerxes, em seu currículo estão papéis em Hollywood como a participação na série “Lost”, em 2006; no filme “O Golpista do Ano” (2009), junto a Ewan McGregor; no remake de “Bem-Hur” (2016), em que interpretou Jesus; e na série “Westworld”, da HBO. Recentemente, ele atuou no longa “Power” (2020) da Netflix.

Santoro afirma em entrevistas, no entanto, que não aprendeu inglês quando era pequeno, mas sim depois dos 20 anos. Com uma evolução nítida, que foi da dificuldade total com o idioma até a fluência na língua, ele conta que, até hoje, sente um pouco de incômodo para se expressar em inglês, mesmo após tantos papéis importantes.

Wagner Moura

O ator Wagner Moura também é bastante conhecido fora do Brasil. Para interpretar seus papéis internacionais, ele se desafiou a aprender os idiomas necessários em tempo recorde. 

Primeiro, para viver um dos personagens principais do filme Elysium (2013), o ator embarcou para os Estados Unidos com o intuito de estudar inglês. Anos depois, ao ser chamado para interpretar Pablo Escobar, na série Narco, ele foi para a Colômbia aprender espanhol em Medellín, a terra do famoso traficante.

O ator confessou tempos depois, em entrevistas, que não falava uma palavra de espanhol antes de ser convidado para o papel. Ainda assim, conseguiu se sair bem, sendo indicado, inclusive, ao Globo de Ouro de melhor ator. 

Maisa Silva

Os motivos que levam os famosos a aprenderem inglês são diversos. Eles podem se deparar com a necessidade de falar o idioma porque começaram a carreira internacional ou porque, desde cedo, já contavam com essa perspectiva. 

A iniciativa de estudar a língua inglesa ainda criança tem sido comum entre os artistas mais novos, já cientes da influência e relevância do idioma no mundo. Maisa Silva é um exemplo. Ela ficou conhecida quando ainda se apresentava em programas e quadros infantis na televisão.

Desde os 14 anos a garota prodígio é fluente em inglês. Atualmente, a artista tem um canal no Youtube em que faz entrevistas, inclusive internacionais. Alguns nomes que já passaram pelos encontros são Selena Gomez, Gal Gadot, o elenco da série “La Casa de Papel” e Millie Bobby Brown.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outono disponibiliza single inédito “Brighter Than The Sun”

A banda OUTONO lançou na primeira sexta-feira 13 deste ano o seu segundo single, “Brighter Than The Sun”, uma peça que confirma sua identidade musical com versos densos e aspectos sonoros surpreendentes. A canção está disponível em todas as principais plataformas de streaming.

Confira o single “Brighter than the Sun”: https://open.spotify.com/track/0sYm0gx6rXwQvBDlZtvGJg

A letra de “Brighter Than The Sun” cria um cenário fantástico ao colocar como protagonistas o primeiro casal do mundo, surgidos do barro, Adão e Eva, como fossem vampiros imortais, que até hoje acompanham as coisas que aconteceram na terra nesta jornada pela eternidade. Segundo o vocalista e baixista Guto Diaz, autor da narrativa,  a letra é “como se fosse a jornada deste casal, que assume diversas identidades”. Em parte da letra, cito que ela é Madalena e ele, o Cristo crucificado. Outra hora, ela é a condessa Bathory, se banhando no sangue dele mesmo. Eles têm este pacto de sangue que os une desde o início dos tempos”.

A OUTONO, que porta consigo um espectro musical bastante rico, é formada, além de Guto Diaz, por Fabiano Cavassin (guitarra) e Wlad Zechner (bateria). Estreando em 2022 com o single “Shades Before Dawn”, o grupo surgiu no cenário como a continuação do trabalho anteriormente desenvolvido pelo The Secret Society, com o álbum Rites of Fire e shows memoráveis – no Brasil e América Latina – ao lado de grandes nomes do rock e do metal mundial, como Dee Snider, Europe, The Sisters of Mercy, Deathstars e Uli Jon Roth, entre outros.

Apostando em climas tétricos e arranjos minimalistas, o OUTONO leva a obra criada por Guto e Fabiano para novos e ramificados caminhos musicais. O primeiro single, “Shades Before Dawn”, foi a declaração de um novo começo e “Brighter Than The Sun”,  a ratificação que o OUTONO é um nome que veio para ficar. Siga o grupo nas redes sociais para acompanhar todas as atividades @outono_band.

Fotos: Dani Duraes

Venha soltar sua voz na Maratona Musical da Cena Hum! Matrículas abertas!

Quem fica em Curitiba durante o mês de janeiro tem a opção de passar as férias de uma maneira bem mais criativa e divertida. Entre os dias 23 de janeiro e 05 de fevereiro, a Cena Hum Academia Multiares oferece a sua já tradicional Maratona Musical, um workshop que mistura canto, dança e teatro.

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 19 às 22 horas, e nos sábados à tarde. São voltadas para adultos, adolescente e crianças com idade mínima de nove anos, com ou sem experiência artística. É um jeito diferente de ter contato com as diversas formas de manifestações artísticas e também de trabalhar a timidez e desenvolver habilidades sociais, fazendo novas amizades.

A edição de 2023 terá como tema “Quando eu soltar a minha voz”, onde serão trabalhadas músicas do cantor e compositor brasileiro Gonzaguinha. Nascido no Rio de Janeiro e filho de Luiz Gonzaga, ele é um dos principais nomes da MPB, sendo responsável por sucessos como “O Que é o Que é”, “Lindo Lago do Amor”, “Sangrando”, “É”, “Explode Coração”, entre outras canções.

Ao final da Maratona, nos dias 04 e 05 de fevereiro, o resultado do trabalho poderá ser apreciado pelo público através de duas apresentações realizadas pelos participantes no Teatro Cena Hum, localizado junto à Cena Hum Academia Multiartes, no bairro São Francisco.

As matrículas para o curso já estão abertas. Para mais informações: whatsapp (41) 99943-9396.

Serviço:

Maratona Musical – “Quando eu soltar a minha voz”

De 23de janeiro a 05 de fevereiro de 2023 – Matrículas abertas

Faixa etária: a partir de 09 anos de idade

Horários: segunda à sexta, no período da noite, e nos sábados à tarde.

Onde: Cena Hum Academia Multiartes (Rua. Senados Xavier da Silva, 166, São Francisco, Curitiba-PR)

Apresentações: 04 e 05 de fevereiro

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com